Arquivo diário: 25/09/2010

Spurs chama quatro jogadores para os treinamentos da pré-temporada

https://i1.wp.com/i689.photobucket.com/albums/vv251/peskinha/barras/glauber-noticias.jpg

James Gist (Foto em wikipedia.org)

O San Antonio Spurs convidou quatro jogadores para os treinamentos com a equipe na pré-temporada: a escolha da segunda rodada do draft de 2008, James Gist, o neozelandês veterano Kirk Penney, Thomas Gardner e  Marcus Cousin, de acordo com fontes próximas à situação.

O Spurs tem 11 jogadores com contratos garantidos e três com contratos não garantidos da última temporada – Garrett Temple, Alonzo Gee e Curtis Jerrells – que participarão do treinamento. Será bem interessante observar esses treinos, pois será uma batalha dos sete jogadores por no máximo quatro vagas, já que o Spurs só é obrigado pela NBA a contratar mais dois jogadores, para começar a temporada regular com o mínimo de 13 atletas.

Kirk Penney (Foto em fiba.com)

Gist, que foi escolhido na 57ª posição no Draft de 2008, esteve com o Spurs nas últimas três Ligas de Verão, mas nunca assinou um contrato para os treinos da pré-temporada, o que permitiu ao San Antonio manter os direitos sobre ele até agora. Assim que Gist estiver no plantel dos treinos, o time texano perderá os direitos independentemente de quando ele for dispensado. O ala de 23 anos passou as duas primeiras temporadas como profissional na Europa, sendo a primeira na Itália com o Angelico Biella, onde teve médias de 13 pontos e seis rebotes, e a última pelo Lokomotiv Kuban, da Rússia, onde teve médias de 11.4 pontos, 4.2 rebotes e 1.2 bloqueios na Russian Superleague.

Thomas Gardner (Foto por Walter Saenen/FIBA Europe)

Penney, que fará 30 anos em novembro, é uma ala-armador com um ótimo arremesso que jogou pela seleção da Nova Zelândia no Mundial na Turquia, onde teve médias de 24.7 pontos e 45,8% de acerto nos arremessos, sendo o segundo cestinha do torneio, atrás apenas do argentino Luis Scola e ficando à frente de Kevin Durant. Em sua carreira, ele jogou seis partidas na NBA em dois contratos de dez dias, com o Miami Heat em 2003 e com o Los Angeles Clippers em 2004. Na última temporada, Penney iniciou jogando pelo New Zealand Breakers, da NBL, liga profissional de Austrália e Nova Zelândia, onde teve médias de 23.2 pontos, 5.2 rebotes e 44,4% nos arremessos de quadra, e terminou-a jogando pelo Sioux Falls Skyforce, com médias de 22.7 pontos e 4.4 rebotes e 57% nos arremessos de quadra.

Marcus Cousin (Foto em basket.co.il)

Gardner, que havia feito testes com o Spurs no mês passado, pode jogar nas posições 2 e 3, estreou na NBA na temporada 2007-2008, na qual disputou apenas quatro jogos pelo Chicago Bulls. Em 2008, transferiu-se para o Hawks, obtendo médias de 1,5 pontos e 0,4 rebotes em 6,1 minutos por partida – disputou 16 jogos na temporada 2008-2009. Desde então, o jogador de 25 anos estava no Antwep Giants, da Bélgica, obtendo média de 12.5 pontos na última temporada.

O pivô Marcus Cousin iniciou sua carreira profissional na Europa, após não ser draftado em 2009 e ser apenas convidado para participar da Liga de Verão com o Houston Rockets, iniciando a temporada no Mersin Buyuksehir Belediyesi, da Turquia, onde teve médias de 5.3 pontos e 2.4 rebotes, e terminando-a jogando pelo Altshuler Saham Galil Gilboa, de Israel, com médias de 2.7 pontos e dois rebotes.