Arquivo diário: 07/09/2010

Mundial de basquete – Oitavas de final – Dia 4

Não foi dessa vez que o Brasil conseguiu passar pela Argentina, mantendo a escrita de não vencê-los há 14 anos em uma competição importante.

fiba.com

No primeiro jogo do dia, a Lituânia teve dificuldades, mas conseguiu passar pela China. Os chineses começaram o jogo pressionando os europeus com uma defesa forte e com muita velocidade na transição, fechando o primeiro quarto vencendo por cinco pontos. No segundo período, a seleção chinesa conseguiu manter a dianteira no placar até a metade do tempo, mas logo não resistiu  às ofensivas da Lituânia, chegando ao intervalo à frente por cinco pontos. Retornando, os lituanos mostraram sua força ofensiva e foram para o último período vencendo por 13 pontos. Eles só precisaram segurar o placar para garantir a classificação para a próxima fase com a vitória de 78 a 67. Pela Lituânia, o destaque foi Linas Kleiza, com 30 pontos, oito rebotes e duas assistências, e, pela China, Wei Liu anotou 21 tentos.

fiba.com

No último jogo das oitavas de final, o Brasil lutou mas não conseguiu vencer a Argentina, com uma noite iluminada de Luis Scola. No primeiro quarto, as equipes revezaram-se 12 vezes na liderança, e estiveram empatadas seis vezes; retrato do enorme equilíbrio, tanto que o quarto acabou empatado em 25 pontos. Brasileiros e Argentinos não conseguiam se distanciar no placar, mas a equipe verde e amarela conseguiu ir para o intervalo vencdo por dois pontos graças à grande atuação de Marcelinho Huertas. Na volta, o Brasil chegou a abrir sete pontos de vantagem, mas com erros de marcação permitiu a reação argentina, que levou o jogo para o último quarto com um empate em 66 tentos. No período final, mais uma vez o Brasil conseguiu abrir vantagem, com duas cestas de três de Leandrinho Barbosa. E novamente a Argentina empatou. A seleção brasileira, então, se desconcentrou, permitindo que os argentinos passassem à frente do placar. No último minuto, Leandrinho desperdiçou um ataque que colocaria o Brasil na cola da Argentina. E mesmo com todos os esforços, Scola acertou dois lances livres ao fim do jogo para a selar a vitória por 89 a 93. No lado dos  “hermanos”, Scola anotou 37 pontos e nove rebotes, e Carlos Delfino conseguiu 20 tentos. Pelo time brasileiro, Huertas fez 32 pontos e Barbosa 20. O Spurs Tiago Splitter alcançou dez pontos e cinco rebotes na partida.

Confira os resultados do terceiro dia:

Lituânia 78 x 67 China
Brasil 89 x 93 Argentina

Anúncios

Mundial de basquete – Oitavas de final – Dia 3

O terceiro dia de disputas das oitavas de final do mundial confirmou os favoritos na próxima fase da competição.

fiba.com

Os EUA tiveram sua vitória mais tranquila e pela maior vantagem, massacrando a fraca seleção de Angola. Os angolanos entraram com vontade para surpreender, chegando a estar na frente do placar, mas logo sucumbiram ao ataque americano, que fechou o primeiro quarto vencendo por 20 pontos. Com essa tranquilidade, o “Coach K” aproveitou para testar novas formações, e no segundo período conseguiu mais sete pontos de vantagem. No retorno do intervalo, os americanos fecharam o terceiro período colocando mais oito de vantagem. No quarto final, o time angolano ficou assistindo o show americano de enterradas, e o treino de luxo dos EUA acabou em 121 a 66. O principal pontuador da partida foi o angolano Joaquim Gomes, com 21 pontos. Chauncey Billups, com 19 pontos, foi o cestinha americano. Kevin Durant, Rudy Gay e Eric Gordon também se destacaram, com 17 tentos cada.

fiba.com

No último jogo do dia, a Rússia teve um pouco de dificuldades no início, mas no final impôs seu jogo e passou pela Nova Zelândia. No primeiro quarto, os neozelandeses surpreenderam, e com os erros russos conseguiram fechar à frente no placar. No segundo quarto, a seleção russa conseguiu melhorar suas tentativas ofensivas, e foi para o intervalo à frente no placar por apenas quatro pontos. Apenas no retorno do intervalo que a Rússia mostrou sua força, fechando o terceiro período à frente por 11 pontos. Assim, no período final, só precisaram segurar o ímpeto da equipe neozelandesa e fechar a vitória em 78 a 56. No lado russo os destaques foram Andrey Vorontsevich, que anotou 18 pontos e 11 rebotes, e Timofey Mozgov, que contribuiu com 14 e sete. Pelo lado neozelandês, Kirk Penney fez 21 tentos.

Confira os resultados do terceiro dia:

EUA 121 x 66 Angola
Rússia 78 x 56 Nova Zelândia