Arquivo diário: 01/08/2010

Estatísticas do Spurs na Summer League de 2010

O San Antonio Spurs fez sua participação na Liga de Verão em Las Vegas dos dias 12 a 18 de julho, e, mesmo com os vários desfalques, fez uma boa e proveitosa participação no torneio. A equipe texana terminou invicta, vencendo as cinco partidas que disputou. Com esse desempenho, vamos então ver como foram os principais jogadores que estavam sendo observados pelo time.

Primeiro vamos listar as ausências da equipe. Pelos draftados, a 20ª escolha da primeira rodada, o ala-armador James Anderson, estava tratando de um estiramento no músculo posterior da coxa que o incomodava desde os trabalhos pré-Draft, e a 49ª escolha da segunda rodada, o ala-pivô inglês Ryan Richards, não jogou em Las Vegas por obrigações contratuais com seu time na Suíça, o BBC Monthey. Dos jogadores que têm contrato com o Spurs, o ala Malik Hairston foi retirado da equipe e agora assinou com o Montepaschi  Siena, da Itália, e o ala-pivô DeJuan Blair esteve com o time em Las Vegas, mas não jogou devido a uma lesão na panturrilha direita.

Agora, vamos analisar as estatísticas dos principais jogadores que participaram da Summer League pelo Spurs.

Alonzo Gee – Ala-armador/Ala

Foto Garrett Ellwood/NBAE/Getty Images

Gee assinou com o Spurs ao final da última temporada um vínculo não garantido após disputar 11 partidas com o Washington Wizards, e a Summer League foi a chance dele mostrar que merecia um contrato para o restante desta temporada. Ele teve média de 14,2 pontos, 5,2 rebotes, 1,8 assistências e 2,4 roubos de bola nos cinco jogos que disputou, todos como titular.

Sua melhor partida foi a segunda da equipe, contra o Atlanta Hawks, quando comandou a vitória anotando 24 pontos, quatro rebotes e quatro roubos de bola. Com a saída de Hairston, Gee tem uma ótima oportunidade de fechar para o restante da temporada.

Gary Neal – Ala-armador

Foto por Shep McAllister/Spurs.com

Foto por Shep McAllister/Spurs.com

Destaque do time nessa Summer League, Neal conseguiu com suas belas atuações um contrato com o time texano de três anos. Depois de não ser draftado em 2007, o ala-armador passou as últimas três temporadas jogando na Europa, passando sua última temporada no Benetton Treviso, da Itália, e no Unicaja Málaga, da Espanha. Gary teve médias de 16 pontos, 2,6 rebotes, 1,6 assistências e 1,4 roubos de bola nos cinco jogos no torneio de verão, sendo quatro como titular.

Sua melhor atuação foi contra o Memphis Grizzlies, na última partida do campeonato, quando anotou 25 pontos, acertando 56,25% dos arremessos de quadra (9-16) e 60% dos tiros de três pontos (6-10). Neal foi contratado pela sua principal característica, algo que faltou para a equipe do Spurs no ano passado, os arremessos de três.

Curtis Jerrells – Armador

Foto por Garrett Ellwood/NBAE/Getty Images

O armador, natural da capital do estado do Texas, Austin, participou da pré-temporada na ano passado e jogou nesta última época pelo Austin Toros, time de Spurs na D-League. Agora, o jovem teve mais uma chance de mostrar suas habilidades no torneio de verão. Jerrells conseguiu médias de 10,8 pontos, 4,4 assistências, 2,4 rebotes e dois roubos de bola em cinco partidas, sendo quatro como titular.

Seu melhor jogo foi o segundo contra o Hawks, em que anotou 20 pontos, quatro assistências e quatro roubos de bola. Jerrells teve mais espaço para mostrar seu jogo com a lesão de seu principal concorrente na posição, mas ainda assim deve passar mais um ano na D-League.

Garrett Temple – Armador/Ala-armador

Foto por AP Photo

Temple tinha a grande chance de mostrar que pode ser um armador reserva produtivo, como mostrou nas 13 partidas que fez pelo time na última temporada, sendo cinco como titular, nas ausências por lesão de Tony Parker e George Hill. Mas a sua jornada neste verão terminou mais cedo devido a um entorse no tornozelo esquerdo logo na primeira partida, contra o Minnesota Timberwolves.

Em seu único jogo, Temple fez 11 pontos, dois roubos de bola, um rebote, uma assistência, um bloqueio e seis erros de ataque em 20 minutos. O armador, que também atua como ala-armador, agradou muito a comissão técnica e deve ter outra oportunidade para garantir um contrato na pré-temporada.

James Gist – Ala-pivô

Foto por Shep McAllister/Spurs.com

Gist foi draftado na 57ª escolha da segunda rodada em 2008 pela equipe texana, e passou as duas últimas temporadas jogando na Europa pelo Angelico Biella, da Itália, e pelo Lokomotiv Kuban, da Rússia, mas ainda sendo observado pelo Spurs. Em sua terceira Summer League, buscava uma chance na equipe, mas não foi bem e ainda sofreu uma lesão  no pulso no segundo jogo.

Em duas partidas, sendo todas como titular, o ala-pivô teve médias de 9 pontos, cinco rebotes, 1,5 roubos de bola, 1,5 bloqueios, uma assistência e quatro erros de ataque. Seu melhor jogo foi contra o Atlanta, anotando dez pontos, cinco rebotes e dois roubos de bola. Caso não consiga um convite para participar da pré-temproada, deve provavelmente passar mais uma temporada jogando na Europa.

Anúncios