Arquivo diário: 01/06/2010

Chegaram as finais

Depois de passados  sete meses de temporada, finalmente chegou a hora que todo mundo aguardava: as finais. Tudo bem que para os torcedores do San Antonio Spurs não será a final que esperávamos, mas além de fãs do Spurs, somos também amantes do basquete e não há como negar que existe um certo charme que envolve as finais entre Lakers e Celtics.

Rivalidade desde os primórdios da NBA

Estes são, talvez, os times mais tradicionais da liga, os que mais veneram títulos e já se enfrentaram diversas vezes na decisão da NBA. Não há como não lembrar dos confrontos entre Larry Bird e Magic Johnson nos anos 80. Ou então, para os ainda mais saudosistas, os duelos de Bill Russel contra Wilt Chamberlain, nos anos 60.

Desta vez, teremos uma repetição das finais de 2008, em que a franquia de Boston faturou o título. A base das equipes são praticamente as mesmas. De um lado Kobe, Gasol, Odom e Fisher, e de outro Garnett, Ray Allen, Pierce e Rondo. A grande diferença é Ron Artest, já que há dois anos atrás o titular foi Radmanovic.

Fazer qualquer tipo de previsão nesta série seria um absurdo, puro chute. Parece clichê dizer isso, mas tudo pode acontecer. Lembrando que o sistema de disputa muda nas finais. Agora o Lakers jogará as duas primeiras em casa, depois serão três jogos consecutivos em Boston e depois a série volta para os jogos 6 e 7 em Los Angeles.

Ou seja, a série pode acabar em 4 a 1 para o Celtics, caso eles vençam uma das primeiras duas partidas em Los Angeles e depois confirmem o mando de quadra nas três partidas em Boston. Ou então, pode acabar 4 a 2, se o Lakers vencer as duas em casa e depois arrancar pelo menos uma vitória fora.

Meu palpite fica pelo lado de torcedor mesmo: 4 a 1 Celtics. Como bom torcedor do Spurs, torcer pelo Lakers está fora de cogitação.