Arquivo diário: 12/05/2010

Ginobili espera não precisar de cirurgia no nariz

Foto por Kin Man Hui/Express-News

O ala-armador argentino Manu Ginobili disse ter esperanças de não necessitar realizar cirurgia em seu nariz quebrado. Ele jogou com uma bandagem no rosto depois de sofrer a fratura em um lance acidental com Dirk Nowitzki, durante o Jogo três da série da primeira rodada dos playoffs, contra o Dallas Mavericks.

“Eu vou  conversar com o médico,” disse Manu. “Eu acho que se o osso se recuperar do jeito que está agora, eu continuarei assim. Eu realmente não desejo passar por uma cirurgia completa que será bem grande, e então enfrentar três ou quatro semanas sem respirar (pelo nariz).”

Quanto à questão estética, Ginobili se mostra despreocupado.

“Eu não ligo sobre a estética agora. Eu sou casado e prestes a ter dois filhos. Se o meu nariz está torto ou maior, quem liga? Eu lido com isso há muitos anos. Eu não me importo.”

e mais…

O nome dos gêmeos

Os gêmeos de Ginobili e sua esposa, Many, que nascerão em alguns dias, chamarão Dante e Nicola.

“Nós queríamos nomes de origem italiana, já que meu sobrenome é italiano,” disse Ginobili.

Com a eliminação do Spurs nos playoffs, Ginobili está totalmente focado em sua imininte paternidade.

“Então, (domingo) à noite eu não estava pensando nos bebês muito. Eu estava um pouco frustrado e triste pelo fim da temporada. Agora eu sei que eu estarei apoiando minha esposa e ajudando-a, estando presente no momento singular mais importante da minha vida. Eu estou nervoso sobre isso. Nós esperamos bastante por esse momento, então isso é demais.”

Anúncios

Rumor: Parker no Knicks?

A temporada mal acabou e os rumores em torno do armador Tony Parker já surgem com tudo.

A notícia da vez é que o francês poderia ser negociado com o New York Knicks, que teria algumas moedas de troca interessantes a oferecer. Quem informa é o NY Daily News.

Fontes ligadas ao Spurs disseram que Parker estaria buscando um novo contrato com o máximo que a liga pode pagar – pouco mais de US$ 20 mi (vale lembrar que seu vínculo se encerra em 2011). Logicamente, os texanos não possuem esse dinheiro, o que facilitaria uma troca com o Knicks – que estará com uma folha salarial folgada na próxima época.

No entanto, algumas dúvidas ainda pairam no ar. Nova York aceitaria Richard Jefferson no negócio? Sabe-se que o treinador do Knicks, Mike D’Antoni, é um grande entusiasta do run and gun, esquema em que Parker e Jefferson cairiam como uma luva.

Resta saber quem o Knicks aceitaria ceder para contar com os texanos. Uma sign and trade com o David Lee mais o italiano Danilo Gallinari? Quem sabe…

Recentemente, o general manager do Spurs, R.C. Buford, cravou que Parker continua na equipe. É esperar para ver.