Arquivo diário: 02/05/2010

Vitória no clássico

O Caja Laboral – equipe espanhola em que joga o pivô brasileiro Tiago Splitter, cujos direitos, na NBA, pertencem ao San Antonio Spurs – vive seu melhor momento na temporada depois da eliminação da Euroliga. Após duas importantes vitórias válidas pela Liga ACB – o campeonato espanhol de basquete – o time basco está perto de garantir o segundo lugar da competição. Confira a seguir um pequeno resumo das últimas partidas da equipe:

Os jogos

25/04/2010 – Caja Laboral 78 x 69 Suzuki Manresa

Jogando em casa e desfacado de Tiago Splitter, que estava com uma lombalgia, o Caja Laboral começou a partida abrindo grande vantagem. No início do último período, a diferença era de 17 pontos a favor dos mandantes. O Suzuki Manresa chegou a esboçar uma reação, mas era tarde demais. Sem o pivô brasileiro, quem brilhou pelo time basco foi Mirza Teletovic – foram 31 pontos (foi o cestinha da partida) e quatro rebotes. Pelos visitantes, destaque para Jordi Grimau e Larry Lewis, que anotaram 11 pontos cada.

01/05/2010 – Real Madrid 74 x 80 Caja Laboral

No confronto direto fora de casa, grande vitória do Caja Laboral! A equipe esteve na frente desde o primeiro quarto do jogo, e jamais perdeu o controle da partida. Para vencer, o time basco contou com grande atuação dos brasileiros: Marcelinho Huertas anotou 17 pontos, quatro rebotes, três assistências e duas roubadas de bola, e Tiago Splitter terminou a partida com 15 pontos, quatro rebotes e dois tocos. Pelo time da casa, o destaque foi Sergio Llull, cestinha do embate com 23 pontos.

Situação da equipe

A vitória do Caja Laboral (26-6) sobre o Real Madrid (25-7) isolou o time basco na segunda colocação da Liga ACB, atrás apenas do Regal FC Barcelona (30-3).  Faltam apenas três rodadas para o final da primeira fase do campeonato espanhol. O primeiro dos três compromissos do time de Splitter será no próximo domingo, em casa, diante do Lagun Aro GBC. Com isso, a De Olho Neles volta a ser publicada no dia 16. Não perca!

E mais…

Splitter foi eleito o MVP do mês de abril na Liga ACB. No período em questão, o pivô brasileiro manteve médias de 22,7 pontos e 9,7 rebotes por partida.

Veja o vídeo da ACBTV de Splitter no mês de Abril

Veja também um vídeo da ACBTv mostrando todo o arsenal de jogadas de Splitter

Palpites – Spurs X Suns – Semifinal de Conferência – Playoffs 2010

Dando continuidade ao nosso lado “palpiteiro”, daremos nossos pitacos dessa vez para a série contra o Phoenix Suns, válida pela semifinal da Conferência Oeste. Lembrando que, na primeira rodada, a equipe texana venceu o Dallas Mavericks por 4 a 2, e o time do Arizona superou o Portland Trail Blazers pelo mesmo placar.

Lucas Pastore

A série – É incrível! Passam-se as temporadas, as campanhas mudam, mas sempre San Antonio Spurs e Phoenix Suns acabam se encontrando nos playoffs. O time texano sabe como lidar com o adversário – ao meu ver, Tim Duncan e companhia já bateram o rival quando, do outro lado da quadra, encontraram uma equipe melhor do que encontrarão em 2010. Por isso, mesmo sem mando de quadra, vejo o Spurs como favorito.

O destaque – Tony Parker, Manu Ginobili e Tim Duncan estão longe de fazer suas temporadas mais consistentes e regulares. Quem, no elenco texano, evolui a cada ano é George Hill. Se, contra o Dallas, o jovem armador deitou e rolou, seu impacto contra o Suns – que não tem bons defensores de perímetro – deve ser ainda maior.

Palpite – Spurs em 5 jogos.

Bruno Pongas

A série – De todos os times do Suns que o Spurs já enfrentou, acho que esse é o mais perigoso. Portanto, peço cuidado…

Destaque – Só digo uma coisa… George Hill é o cara!

Palpite – Mais uma vez, Spurs em 6 jogos

Robson “Koba”

A série – Defesa é a chave do sucesso.  Para vencer é preciso estar bem preparado.

Destaque – Manu adora jogar contra o Phoenix. Olho nele!

Palpite – Spurs em 5 jogos

Victor Moraes

A série – Este é um cenário que já estamos acostumados a ver:  Spurs e Suns se enfrentando nos playoffs. Será um duelo difícil e que vai transpirar rivalidade. Podemos esperar o time de Phoenix sedento por vingança, e de outro lado o time de San Antonio tentando manter a supremacia sobre o rival.

O destaque – Destaco aqui um jogador adversário: Amar’e Stoudemire. Assim como Dirk Nowitzki, Amare é um jogador com muitos recusros ofensivos e praticamente imparável. E já é do conhecimento de todos que o Spurs tem dificuldades em parar os ala-pivôs adversários.

Palpite – Spurs em 6 jogos

Glauber da Rocha

A série – Novamente encontramos o Phoenix Suns à nossa frente em um playoff. Será uma grande série. O time do Arizona mudou bastante depois do último confronto, tendo um estilo mais consistente. Ainda assim, se o San Antonio Spurs souber como defender leva muito bem a série.

O destaque – O principal destaque dessa série com certeza é Amaré Stoudamire, que virá com sede de vingança. Mas ele sozinho não conseguirá vencer o Spurs. O trio do San Antonio deve liderar o time nesse difícil confronto.

Palpite – Spurs em 5 jogos