Spurs (3) vs Mavericks (2) – Not yet…

81X103

Ainda não foi desta vez que o San Antonio Spurs fechou a série contra o Dallas Mavericks. A derrota de hoje não chega a preocupar tanto, mas exige mais cautela da equipe, que foi dominada pelo rival desde o início e não mostrou muito empenho. A impressão que ficou é que os jogadores entraram em quadra já pensando no jogo 6 da série, que será no AT&T Center.

Início de último quarto e a cena era esta. Que venha o jogo 6 (Foto por Glenn James/NBAE via Getty Images)

Repetindo as escalações das outras partidas, as equipes começaram o jogo com posturas distintas. Enquanto o Dallas Mavericks iniciou a todo vapor, o Spurs caminhava lento, aparentemente desinteressado. Não demorou para  que Dirk Nowitzki e companhia abrissem vantagem e vencessem o primeiro quarto por 27 a 21.

Butler foi o nome do jogo. (Foto por Ronald Martinez/Getty Images)

No segundo quarto, praticamente só Tony Parker jogou. Enquanto o armador aparecia em todos os cantos da quadra, abusava da velocidade, das infiltrações e sofria faltas, o restante de seus companheiros não engrenou e  errou muito, deixando o francês em situação difícil. O placar no intervalo era de 53 a 46.

A desvantagem não parecia tão grande para uma equipe que, alguns dias antes, virou uma partida que parecia perdida, com quase 15 pontos de diferença. Mas, desta vez, o Spurs não se empenhou para buscar o placar; pelo contrário. Com uma corrida de 10-0 nos dois primeiros minutos do segundo tempo, o time de Rick Carlisle acabou com qualquer esperança de reação.

Até mesmo Gregg Popovich, que costuma ficar inquieto e gritando o tempo todo com sua equipe, parecia pouco interessado na vitória hoje. Tanto que, a partir da segunda metade do quarto, tirou Manu Ginobili e Tim Duncan e colocou Roger Mason e Ian Mahinmi em quadra. Descanso para os astros já visando o jogo 6, em San Antonio.

Parker tentou, mas pouco pode fazer (Foto por Glenn James/Getty Images)

No último quarto,  foi a vez de Keith Bogans e Garrett Temple entrarem. Apesar de apenas os reservas estarem em quadra pelo Spurs, Rick Carlisle seguiu com seus titulares. Dirk Nowitzki, Jason Terry e Caron Butler continuaram em quadra até restar cerca de seis minutos para o fim.

Butler, aliás, esteve em noite inspirada. Depois da polêmica envolvendo o jogador no jogo 3, quando o atleta saiu de quadra ainda no segundo quarto e não voltou mais, dando lugar a J.J. Barea, o ala teve grande atuação e foi o líder do Mavs na partida.

Agora, a série volta para San Antonio, onde o jogo 6 acontece na próxima quinta-feira (29). O Spurs pode fechar a série em 4 a 2 em caso de vitória.

Veja os melhores momentos da partida

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 18 pontos e seis assistências

George Hill –12 pontos

Tim Duncan – 11 pontos e seis rebotes

Dallas Mavericks

Caron Butler – 35 pontos e 11 rebotes

Dirk Nowitzki – 15 pontos e nove rebotes

Jason Terry – 12 pontos

Jason Kidd – Dez pontos, sete rebotes e sete assistências

Shawn Marion – Dez pontos pontos e quatro rebotes

Sobre Victor Moraes

Formado em Jornalismo no ano de 2012 pela Universidade Metodista de São Paulo. Fanático por esportes, sobretudo o basquete, passou pela redação do Diário Lance!, trabalhou na Liga Nacional de Basquete e no extinto Basketeria. Se orgulha de fazer parte da equipe do Spurs Brasil desde a criação em 2007.

Publicado em 28/04/2010, em Playoffs 2010, Resumo de Jogos e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Vi o jgo e num gostei mto do que vi, tanto que no último quarto fui dormir pois estava 20 pontos de diferença e o time não estava rendendo :(
    Tim Duncan com apenas 11 pontos e o Parker foi o melhor do time tanto que marcou 18 mas,
    que o próximo jogo seja vitória e que o spurs feche a série contra o Dallas.

  2. foi tenso! o Dallas entro pra matar o jogo desde o começo!

    e o Duncan com mais um jogo apagado!

  3. Time tava morto ontem… pqp..

  4. Pessoal, não acharam uma estratégia pra lá de arriscada esta de apostar td no jogo 6?

    Falo em apostar “tudo” pq não há nenhuma garantia ou larga vantagem técnica que nos faça crer numa categórica vitória no AT&T Center.

    Na pior das hipóteses, um jogo 7. Jogo este que eventualmente teria um Dallas muito mais forte, e com confiança, que nós.

  5. Se foi estrategia nao sei mas desde o inicio eu ñ via akele “gas” nos jogadores. Axo q até o dallas já esperava por isso pois triunfou dentro de casa. Mas em San Antonio EU APOSTO ! ACABOOOOOO VAI DA SPURS 4 – 2 !!!!!!!!!!!!!!!!!! GO SPURS!!!!!!!!!!!!!!!

  6. Ou hoje tem o jogo no AT&T Center em San Antonio e eu creio que vai ser vitória, vou chegar em casa hoje e assistir o jogo, quero ver uma vitória mas,

    Que no jogo de terça não teve aquele gás na equipe, isso não teve mesmo….

    agora é GO SPURS GO

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.