Arquivo diário: 26/04/2010

Spurs (3) vs Mavericks (1) – Vaga mais perto

92X89

Na noite desse domingo, o San Antonio Spurs venceu o Dallas Mavericks por 92 a 89, jogando em casa, e abriu 3 a 1 de vantagem na série, válida pela primeira fase dos playoffs da NBA. A equipe está agora a uma vitória de avançar para as semifinais da Conferência Oeste.

Duncan fez uma raríssima má partida, acabando com quatro pontos (Chris Covatta/NBAE via Getty Images)

Mais uma vez, os titulares de Gregg Popovich foram George Hill, Manu Ginobili, Richard Jefferson, Antonio McDyess e Tim Duncan. Com o quinteto em quadra, o Spurs começou bem a partida, sempre mantendo a liderança no placar. Porém, Tim Duncan, o aniversariante da noite, começou mal o jogo, e passou toda a primeira parcial em branco. Mesmo assim, sua equipe fechou o quarto na frente: 20 a 17.

O segundo período, porém, foi o pior momento de San Antonio na partida. A equipe ficou perdida na quadra e viu o Mavericks dominar o jogo na parcial. Nem mesmo uma boa corrida no final do quarto foi capaz de minimizar o prejuízo; os visitantes desceram para os vestiários vencendo por 48 a 37. Na primeira metade do jogo, Tim Duncan tentou sete arremessos de quadra e dois lances livres, e errou todos.

Duncan fez uma raríssima má partida, acabando com quatro pontos (Chris Covatta/NBAE via Getty Images)

Com o ala-pivô em péssimo dia, Gregg Popovich deu uma chance para DeJuan Blair mostrar serviço no terceiro quarto. A estratégia deu certo; o novato marcou seus pontinhos, coletou importantes rebotes e cavou uma falta técnica de Dirk Nowitzki que colocou fogo no jogo. O alemão se irritou ao disputar um rebote com o adversário e empurrou-o. A partir daí, o clima de playoffs entrou na quadra.

No lance seguinte, Richard Jefferson fez falta flagrante no mesmo Nowitzki quando o ala-pivô tentou a jogada no garrafão do Spurs. O clima de inimizade pareceu fazer bem para a equipe de casa, que teve no terceiro período sua melhor parcial no jogo; ao marcar 29 pontos e levar apenas 11, o time de San Antonio entraria no último quarto vencendo por 66 a 59.

A parcial derradeira começou com mais um lance que colocou fogo no jogo: Eduardo Najera foi excluído da partida após fazer falta flagrante em Manu Ginobili. Blair, em sua última participação, faria a última falta flagrante da partida, em cima de Jason Kidd. Dessa vez, porém, o clima de inimizade beneficiou o Dallas Mavericks, que, aos poucos, foi cortando a vantagem do Spurs. Porém, George Hill, que fez excelente partida, assumiu o controle de sua equipe e acertou tudo que tentou no quarto. Jason Terry ainda teve a chance de empatar no final, mas errou seu arremesso de três pontos. Com isso, o Spurs venceu por 92 a 89.

A equipe de San Antonio viaja para Dallas, onde tentará fechar a série na terça-feira.

Veja os melhores momentos da partida

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

George Hill – 29 pontos, quatro rebotes e duas roubadas de bola

Manu Ginobili – 17 pontos, sete assistências, quatro rebotes e quatro roubadas de bola

Richard Jefferson – 15 pontos e quatro rebotes

Antonio McDyess – Dez pontos, oito rebotes e três assistências

Tony Parker – Dez pontos, cinco assistências e três rebotes

DeJuan Blair – Sete pontos e sete rebotes em 11:39 minutos

Dallas Mavericks

Dirk Nowitzki – 17 pontos, 11 rebotes e quatro assistências

Caron Butler – 17 pontos, seis rebotes e três assistências

Shawn Marion – 14 pontos e sete rebotes

Jason Terry – 13 pontos e seis rebotes

Jason Kidd – Dez pontos, sete rebotes, cinco assistências e duas roubadas de bola

Brendan Haywood – Dez pontos, quatro rebotes e três tocos

Anúncios