Arquivo diário: 09/04/2010

Com vocês, a melhor jogadora do mundo

Vou deixar o San Antonio Spurs um pouco de lado na coluna de hoje para falar sobre a WNBA, que começa no próximo mês.

Se alguma atleta da WNBA pudesse um dia ser comparada a Michael Jordan, essa seria Diana Taurasi.

Ela é rápida, inteligente, defende, ataca, arremessa com uma qualidade incrível… é, sem dúvidas, uma jogadora completa, como se fosse o Kobe Bryant na NBA atual.

Decidi dedicar este espaço a Diana Taurasi por um único motivo. Hoje, li a notícia de que ela anotou 37 pontos na semifinal da Euroliga de basquete – um número raro para uma mulher. Além dos 37 tentos, a ala adicionou outros 12 rebotes e seis assistências.

Logicamente sua equipe, o Spartak Moscou, venceu. E venceu um time forte e rico: o UMMC Ekaterinburg.

Vale lembrar aqui nesse texto que as jogadoras da WNBA também atuam na Europa, já que a temporada norte-americana é mais curta e os salários deixam a desejar.

Na WNBA, Diana Taurasi tem uma carreira privilegiada. Já ganhou o título duas vezes com a camisa do Phoenix Mercury – atual vencedor do torneio – e também conquistou o MVP [melhor jogadora] da temporada regular e dos playoffs. Além, é claro, de ser condecorada no basquete europeu pelo estelar Spartak Moscou.

Pelo selecionado norte-americano, Taurasi possui duas medalhas de ouro no currículo – em Atenas (2004) e Pequim (2008). Isso sem falar de sua brilhante carreira universitária por Connecticut.

Uma jogadora completa, com história na liga profissional estadunidense, no basquete internacional e por seu país. Será que é justo compará-la a Michael Jordan? Eu acho que sim…

Spurs (48-30) vs. Grizzlies (39-39) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs. Memphis Grizzlies – Temporada Regular

Data: 09/04/2010

Horário: 21:30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Situação do Jogo

Com a classificação garantida para sua 13ª participação consecutiva nos playoffs, o San Antonio Spurs vem para as quatro últimas partidas da temporada regular para tentar um melhor colocação na tabela. Hoje, o time enfrenta o Memphis Grizzlies, já eliminado. O Spurs não terá uma tarefa fácil nestes últimos jogos, já que jogará com adversários diretos, Denver Nuggets e Dallas Mavericks, e os eliminados Philadelphia 76ers e Grizzlies. O time texano pode ter a volta do armador Tony Parker ao time titular e do companheiro de posição George Hill às quadras, após lesão sofrida no jogo contra o Los Angeles Lakers. Pelo Memphis, o time não contará com o pivô espanhol Marc Gasol e o ala Ronnie Brewer.

Confrontos na temporada (2-1)

16/01/2010 – Spurs 86 @ 92 Grizzlies

Jogando fora de casa, o San Antonio Spurs sofreu sua segunda derrota seguida na época ao perder para o Memphis Grizzlies por 92 a 86. Zach Randolph, com 23 pontos e 15 rebotes, foi o grande destaque da partida pelo Memphis, e Tim Duncan, com 23 pontos, se destacou pelo Spurs.

29/01/2010 – Spurs 104 vs. 97 Grizzlies

O San Antonio Spurs alcançou uma boa vitória sobre o surpreendente Memphis Grizzlies e mostrou recuperação da sequência de derrotas, mesmo após a lesão de Tony Parker. Tim Duncan mais uma vez foi o cestinha do time, e contou ainda com a ajuda do jovem George Hill, que não sentiu a pressão de substituir Parker, e de Roger Mason Jr., com cestas de três em momentos importantes da partida.

06/03/2010 – Spurs 102 @ 92 Grizzlies

O Spurs alcançou sua quarta vitória consecutiva vencendo o Grizzlies fora de casa, mas sofreu uma dura perda. Parker quebrou o dedo numa disputa de bola ao final do primeiro quarto e só voltou da lesão duas partidas atrás.
.

PG – Tony Parker

SG – Manu Ginobili

SF – Richard Jefferson

PF – Tim Duncan

C – Antonio McDyess

Fique de olho – O argentino assinou sua renovação por três anos com um contrato de 39,8 milhões de dólares. Com essa boa notícia para a torcida, Ginobili vem para a partida de hoje mostrar o porque desse belo novo contrato. O ala é o grande responsável pela recuperação do time após o All-Star Game. Ele tem médias de 16.5 pontos, 3.8 rebotes e 4.9 assistências na atual temporada.
.

PG – Mike Conley

SG – O.J. Mayo

SF – Rudy Gay

PF – Zach Randolph

C – Hasheem Thabeet

Fique de olho – Em grande temporada, o ala Rudy Gay não conseguiu classificar o Grizzlies para a pós-temporada, mas vem com a mesma vontade de sempre para o confronto com o Spurs. Nesta temporada, Gay tem médias de 19.7 pontos e 5.9 rebotes.