Arquivo diário: 04/04/2010

Spurs (47-29) @ Lakers (55-22) – Vitória de playoff!

San Antonio Spurs100X81

Neste domingo de Páscoa, o San Antonio Spurs bateu o Los Angeles Lakers, time de melhor campanha da Conferência Oeste, por 100 a 81, mesmo jogando fora de casa. O jogo lembrou um duelo de playoffs; nervoso, cheio de desentendimentos, catimbado…

Ginobili levou a melhor no duelo contra Bryant. (Foto de Noah Graham/NBAE via Getty Images)

O time titular do Spurs foi o mesmo que Gregg Popovich escalou nas últimas partidas: George Hill, Manu Ginobili, Richard Jefferson, Antonio McDyess e Tim Duncan. No primeiro quarto, o que se viu foi um duelo equilibrado, mas com o Lakers sempre na dianteira do placar. Ao final, a parcial apontava 24 a 22 para o time da casa.

No segundo período, o banco de reservas do Spurs fez a diferença. O Lakers, sem poder contar com Andrew Bynum, lesionado, teve de escalar Lamar Odom como titular, perdendo seu reserva mais confiável. Ao final da primeira metade da partida, o Spurs liderava por 48 a 40; os reservas da equipe texana anotaram 13 pontos até aqui, contra nenhum dos angelinos.

Duncan voltou a ser importante para o time. (Foto de Noah Graham/NBAE via Getty Images)

Foi no segundo período, também, que aconteceram dois lances chave do duelo. O primeiro foi o desentendimento de Manu Ginobili e Ron Artest, pouco antes de uma reposição de bola a favor do Spurs. Dali em diante, os dois passaram a disputar cada lance com uma raça digna de pós-temporada. Além disso, foi neste quarto que o time texano perdeu o armador George Hill, que torceu o tornozelo ao tentar driblar Derek Fisher.

No terceiro período, o Lakers chegou a esboçar a reação algumas vezes, mas era sempre freado pelas boas atuações, principalmente, de Manu Ginobili e Tim Duncan. Ao final da parcial, o ala-pivô já tinha 19 pontos e 11 rebotes, enquanto o argentino já havia contribuído com 15 pontos.

No quarto quarto, mais uma preocupação para os torcedores do Spurs: McDyess reclamou de dores no joelho enquanto estava no banco de reservas. No período, o Lakers chegou a encostar e ficar a apenas dois pontos dos visitantes no marcador. Porém, Ginobili e Duncan comandaram uma bela corrida da equipe do meio para o final da parcial, abrindo grande vantagem e permitindo que Pop poupasse ainda seus titulares nos minutos finais.

Agora, o Spurs volta à quadra na terça, novamente fora de casa, desta vez contra o Sacramento Kings.

Confira abaixo os melhores momentos da partida:

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 32 pontos, cinco assistências e cinco rebotes

Tim Duncan – 24 pontos, 11 rebotes e quatro assistências

Richard Jefferson – 14 pontos, seis rebotes e três assistências

Los Angeles Lakers

Pau Gasol – 32 pontos, sete rebotes, seis assistências, três tocos e duas roubadas de bola

Kobe Bryant – 22 pontos, oito rebotes e seis assistências

Anúncios

Fim do sonho

Semana de fracasso para o Caja Laboral – equipe do brasileiro Tiago Splitter, cujos direitos, na NBA, pertencem ao San Antonio Spurs. A equipe reencontrou-se com a vitória na Liga ACB – o campeonato espanhol de basquete – mas deu adeus à disputa da Euroliga. Confira a seguir um pequeno resumo da semana do time:

Os jogos

28/03/2010 – Blancos de Rueda Valladolid 70 x 86 Caja Laboral

Após perder para o Barcelona no último dia 20, o Caja Laboral voltou a vencer na Liga ACB. Jogando fora de casa, a equipe fez um segundo tempo de partida mais consistente do que o adversário – foram seis pontos de vantagem no terceiro período e oito no quarto. Mirza Teletovic foi o destaque dos visitantes no jogo, anotando 21 pontos e seis rebotes. Splitter também foi bem: 18 pontos, quatro rebotes e duas roubadas de bola para o brasileiro. Pelo time da casa, quem fez boa partida foi Robert Battle, que anotou 14 pontos e sete rebotes.

30/03/2010 – Caja Laboral 66 x 53 CSKA Moscow

Depois de perder na Rússia os dois primeiros duelos da série, disputada em melhor de cinco partidas e válida pelas quartas de final da Euroliga, o Caja Laboral ganhou sobrevida na competição ao vencer o primeiro jogo disputado na Espanha. A equipe de Splitter teve uma atuação primorosa no período derradeiro, vencido por 24 a 12, para garantir a vitória. O brasileiro, aliás, foi o cestinha do embate com 15 pontos, e ainda contribuiu com sete rebotes e três roubadas de bola. Pelos russos, destaque para Victor Khryapa, que fez nove pontos, cinco rebotes, três assistências e três roubadas de bola.

01/04/2010 – Caja Laboral 70 x 74 CSKA Moscow

O Caja Laboral era eliminado da Euroliga jogando em plena Fernando Buesa Arena. Mesmo vencendo o segundo quarto por 27 a 8, a equipe da casa permitiu a reação do CSKA no último período, vencido pela equipe russa por 29 a 17. O Caja Laboral teve o cestinha da partida, Fernando San Emeterio, que anotou 23 pontos e nove rebotes. Splitter teve atuação discreta; foram dez pontos e duas roubadas de bola para o brasileiro. Pelo CSKA, o destaque foi J.R. Holden, com 18 pontos, quatro assistências e três rebotes.

Situação da equipe

Já que não conseguiu se classificar para o Final Four da Euroliga, o Caja Laboral concentra agora suas forças na Liga ACB. Com 21 vitórias e seis derrotas na competição, a equipe segue sua perseguição aos líderes Regal FC Barcelona (25-2) e Real Madrid (24-5). Já garantidos nas quartas de final, Splitter e companhia voltam à quadra pela competição logo mais, em casa, diante do C.B. Granada.

Não perca, na semana que vem, o resumo de mais uma semana da equipe espanhola aqui, no Spurs Brasil!

Spurs (46-29) @ Lakers (55-21) – Temporada regular

San Antonio Spurs @ Los Angeles Lakers – Temporada Regular

Data: 04/04/2010

Horário: 16:30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Situação do Jogo

Neste domingo de páscoa, o San Antonio Spurs entra em quadra garantido nos playoffs pela primeira vez nesta temporada. A equipe vai até Los Angeles para enfrentar o Lakers, líder da Conferência Oeste e dono da segunda melhor campanha da NBA, pela última vez nesta época. Em caso de derrota, o Spurs cairá para a oitava posição – colocação que os comandados de Gregg Popovich vão tentar evitar para fugir de um confronto contra a franquia angelina logo na primeira rodada da pós temporada. Um triunfo, porém, pode colocar Tim Duncan e companhia em sexto, caso ocorra uma improvável derrota do Thunder, que recebe hoje o Timberwolves.

Série na temporada (1-2)

12/01/2010 – Spurs 105 vs 85 Lakers

O Spurs se aproveitou dos desfalques do Lakers – Pau Gasol não jogou e Kobe Bryant deixou o duelo no terceiro período – para vencer o adversário jogando no AT&T Center. Duncan, com 25 pontos, 13 rebotes e quatro assistências, foi o grande nome do time texano no jogo.

08/02/2010 – Spurs 89 @ 101 Lakers

Mesmo sem contar com Kobe Bryant e Andrew Bynum, lesionados, o Lakers conseguiu bater o Spurs jogando em Los Angeles. Pau Gasol foi o grande nome do duelo, anotando 21 pontos, 19 rebotes e oito assistências. Pela equipe texana, destaque para Manu Ginobili, que marcou 21 pontos.

24/03/2010 – Spurs 83 vs 92 Lakers

No último duelo no AT&T Center, melhor para o Lakers, que contou com 24 pontos e seis assistências de Kobe Bryant para vencer. Do lado do Spurs, o destaque foi novamente Manu Ginobili, que também anotou 24 pontos.
.

San Antonio Spurs

PG – George Hill

SG – Manu Ginobili

SF – Richard Jefferson

PF – Tim Duncan

C – Antonio McDyess

Fique de olho – O ala-armador argentino, que voltou a ser titular com a lesão de Tony Parker, está imparável nas últimas rodadas. Na sexta-feira, contra o Orlando Magic, ele foi o principal responsável pela vitória do Spurs ao anotar 43 pontos, seis rebotes e cinco assistências. Além disso, ele foi o cestinha da equipe texana nos dois últimos duelos diante do Lakers.
.

PG – Derek Fisher

SG – Kobe Bryant

SF – Ron Artest

PF – Lamar Odom

C – Pau Gasol

Fique de olho – Depois de não conseguir atuar nos dois primeiros confrontos entre as equipes por conta de lesões, Kobe Bryant decidiu a última partida diante do Spurs em favor do Lakers. Hoje, uma boa marcação sobre o candidato a MVP será fundamental.