Arquivo diário: 17/03/2010

Spurs (40-25) @ Magic (47-21) – Temporada Regular

Robson Kobayashi

San Antonio Spurs @ Orlando Magic – Temporada Regular

Data: 17/03/2010

Horário: 21:00 (Horário de Brasília)

Local: Amway Arena Orlando, FL

Situação do Jogo

Os texanos vão até a terra de Mickey Mouse e do “super-homem” (Dwight Howard) para, dentro de quadra, enfrentar um adversário real, o Orlando Magic, líder da divisão Sudeste e já classificados para os playoffs. Os donos da casa sofreram derrota no último domingo diante do Charlote Bobcats. Já os comandados de Gregg Popovich saíram vitoriosos diante do calor de Miami na noite anterior. Desde o encerramento da Rodeo Road Trip, nosso time perdeu apenas dois de 11 embates.
.

San Antonio Spurs

PG – George Hill

SG – Manu Ginobili

SF – Richard Jefferson

PF – Tim Duncan/DeJuan Blair

C – Antonio McDyess

Fique de olho – O técnico do San Antonio Spurs pode poupar Duncan e dar mais minutos para o calouro mostrar serviço.
.

PG – Jameer Nelson

SG – Vince Carter

SF – Mickael Pietrus

PF – Rashard Lewis

C – Dwight Howard

Fique de olho – A estrela do time adversário tem médias de double-double com 18,7 pontos e 13,2 rebotes por partida.

Spurs (40-25) @ Heat (35-33) – Com facilidade, Spurs chega ao 40º triunfo na temporada

88X76

A vitória do San Antonio Spurs diante do Miami Heat contou com todos os ingredientes típicos de um time que mudou de atitude. Teve velocidade, boa defesa, bolas movimentadas com inteligência e atletas sabendo pontuar em momentos decisivos. Teve também costumeiro apagão, mas vale lembrar para o leitor mais jovem que esses lapsos sempre ocorreram com o Spurs desde que o Robinson jogava – ou seja, faz tempo que esse tipo de coisa acontece.

Será que agora essa dupla se acerta?

O jogo desta terça-feira parecia “barbada” desde o início. Logo de cara, San Antonio colocou ampla vantagem no marcador e fechou o primeiro quarto vencendo por 15 pontos de diferença: 29 a 14. No segundo período, o Miami conseguiu equilibrar um pouco, mas continuou sendo dominado pelo ritmo cadenciado dos texanos. No intervalo, o placar apontava 55 a 37 para os comandados de Gregg Popovich.

Na volta do descanso, pudemos acompanhar um terceiro período modorrento, no qual o Heat não teve êxito em se recuperar. Foi apenas no quarto derradeiro que a equipe do leste mostrou sua força. Comandado pelo astro Dwyane Wade, Miami foi tirando a vantagem pouco a pouco, se aproveitando dos inúmeros desperdícios de bola do adversário.

Manu foi genial mais uma vez!

Com seu jogo completamente anulado, San Antonio já se conformava com a possibilidade de perder a partida. Foi então que surgiu aquele que vem carregando a equipe às vitórias nos últimos jogos. Com uma bola de três espírita, Manu Ginobili recolocou uma vantagem confortável no marcador. Na sequência, outro petardo dos três pontos jogou a pá de cal no Heat e garantiu o triunfo para o Texas.

Foi a oitava vitória em nove jogos, a melhor marca do elenco nesta difícil temporada. Além de Ginobili, destaque para Richard Jefferson, que foi muito importante no último período e na partida, e também para Keith Bogans e George Hill, que foram eficientes em limitar Wade a um baixo aproveitamento nos arremessos e deixaram seus pontinhos no ataque.

Em mais um back-to-back nesta temporada (jogos em dias consecutivos), o San Antonio Spurs continua na Flórida e vai até a Amway Arena para encarar o poderoso Orlando Magic. O Heat, por sua vez, também tem o Magic como seu próximo adversário, embate esse que ocorre na quinta-feira.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Manu Ginobili – 22 pontos e cinco rebotes

George Hill – 16 pontos, cinco rebotes e quatro assistências

Richard Jefferson – 15 pontos e oito rebotes

Tim Duncan – 12 pontos e 11 rebotes

Miami Heat

Dwyane Wade – 28 pontos e cinco assistências

Jermaine O’Neal – 13 pontos e seis rebotes

Udonis Haslem – Dez pontos e 12 rebotes