Spurs (30-21) @ Nuggets (35-18) – Aí sim, fomos surpreendidos novamente!

111X92

Como diria o célebre Mário Jorge Lobo Zagallo, nós fomos surpreendidos ontem, e de forma positiva. Nem o mais otimista torcedor do San Antonio Spurs poderia acreditar que iríamos até Denver jogar contra um dos melhores times da NBA e ainda por cima ganharíamos. O que mais impressiona é que foi uma vitória fora de casa, e de respeito! 111 a 92. Coisas que ninguém é capaz de entender.

Carimba, Blair!

Com primeiro quarto equilibrado, San Antonio conseguiu ditar um bom ritmo de jogo. Mesmo sem o armador Tony Parker, a equipe foi efetiva, e esteve muito bem nos arremessos de quadra (53.2%). Apesar disso, a defesa mostrou seus problemas de sempre. Deixou o Denver pontuar com facilidade e infiltrar como quis. O resultado foi um final de primeiro período com alto placar de 32 a 29 para os texanos.

E esse é o Manu que todos querem ver...

No quarto seguinte, ambos apertaram suas defesas, o jogo ficou mais parado e San Antonio começou a ditar o ritmo da partida. Com isso, fomos para o intervalo vencendo por 54 a 45.

Acostumado a tomar viradas na temporada inteira, nem me importei com a vantagem aberta. Na volta do descanso, os comandados de Gregg Popovich estavam inteiros, com ataque inspirado e uma defesa que nos fez lembrar a saudosa época de Bruce Bowen. Quando o terceiro quarto acabou, a vantagem estava em 13 pontos, o suficiente para deixar qualquer torcedor satisfeito.

No entanto, como torcemos para o time que toma viradas homéricas, permaneci reticente. Só fui comemorar o triunfo quando faltavam apenas três minutos para o final do prélio. E foi um jogasso, diga-se de passagem. Todos jogaram bem. DeJuan Blair foi um monstro, George Hill mandou ver e Roger Mason mostrou que tem que ser melhor aproveitado. O basquete de Manu Ginobili está melhor a cada dia e Tim Duncan foi o mesmo de sempre: eficiente!

A próxima partida do Spurs é só na quarta-feira, contra o Indiana Pacers. O Nuggets, por sua vez, tem parada dura contra o Cleveland Cavaliers na próxima quinta.

Confira abaixo os melhores momentos da partida:


Destaques da Partida

San Antonio Spurs

George Hill – 17 pontos, seis rebotes e quatro assistências

DeJuan Blair – 17 pontos e nove rebotes

Tim Duncan – 16 pontos e sete rebotes

Manu Ginobili – 15 pontos, seis rebotes e seis assistências

Richard Jefferson – 14 pontos, quatro rebotes e quatro assistências

Roger Mason – 14 pontos e quatro assistências

Denver Nuggets

Nenê Hilário – 20 pontos e nove rebotes

Carmelo Anthony – 19 pontos e seis rebotes

Chauncey Billups – 17 pontos e sete assistências

Anúncios

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, já escreveu para o Spurs Brasil de 2008 a 2012, criou o Destino Riverwalk e agora volta à velha casa para dar seus pitacos sobre o San Antonio Spurs.

Publicado em 12/02/2010, em Resumo de Jogos e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Tenho q cantar derrotas mais vezes.. hauhuahuhauhuhaua

  2. Guilherme Markus

    é vdd

  3. Gabriel Fonseca

    INJUSTIÇA MVP DO JOGO DOS NOVATOS TINHA QUE SER PRO BLAIR! INJUSTIÇA

  1. Pingback: Spurs (48-31) @ Nuggets (52-27) – Temporada Regular « Spurs Brasil – O seu site de notícias sobre o San Antonio Spurs

Deixe uma resposta para Leo Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s