Arquivo diário: 23/12/2009

Spurs (15-10) vs. Blazers (18-12) – Temporada Regular

San Antonio Spurs vs. Portland Trail Blazers – Temporada Regular

Data: 23/12/2009

Horário: 23:30 (Horário de Brasília)

Local: AT&T Center

Situação do Jogo

O San Antonio Spurs, atual sétimo colocado no Oeste, enfrenta nesta noite a equipe do Portland Trail Blazers em partida que vale a sexta posição da conferência. O time texano terá os desfalques de Michael Finley e Matt Bonner, enquanto o adversário coleciona contundidos: Greg Oden, Rudy Fernandez, Travis Outlaw e agora Joel Przybilla. A partida terá transmissão ao vivo pela ESPN.

Confrontos na temporada (0-1)

06/11/2009 – San Antonio Spurs 84 @ 96 Portland Trail Blazers

A derrota fora de casa foi a terceira da equipe em cinco jogos na temporada. Falhas no ataque e a fraca defesa foram os principais problemas. Neste jogo a equipe perdeu o armador Tony Parker, com uma torção no tornozelo, ainda no segundo quarto.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Keith Bogans

SF – Richard Jefferson

PF – Tim Duncan

C –  Antonio McDyess/DeJuan Blair

Fique de olho – McDyess chegou como reforço de peso para a equipe do Texas, mas não vem correspondendo às expectativas da torcida. Com médias apenas regulares de 5,5 pontos e 5,8 rebotes por partida, o pivô vem perdendo espaço na rotação, e na partida anterior perdeu a titularidade para o novato DeJuan Blair e ainda viu a boa atuação de Theo Ratliff. Dyess precisa mostrar serviço se quiser garantir seu espaço em San Antonio.

https://i2.wp.com/oregonianextra.com/olive-specials/meet-the-blazers/09-10/large/0910blazers-howard.jpg

PG – Steve Blake

SG – Brandon Roy

SF – Martell Webster

PF –LaMarcus Aldridge

C –  Juwan Howard

Fique de olho – Primeiro Greg Oden lesionado e fora de toda a temporada, e agora a lesão, aparentemente séria, de Joel Przybilla. Com isso,  o veterano  Juwan Howard, de 35 anos, deve assumir a titularidade na posição 5 da equipe. O jogador atuou em 21 partidas na temporada, todas como reserva, e anotou médias de 3,1 pontos e 2,3 rebotes em 12 minutos por jogo. Agora, Howard tem a chance de mostrar que ainda pode contribuir em uma equipe da NBA.