Arquivo diário: 16/12/2009

Spurs (12-10) @ Warriors (7-17) – Temporada Regular

Robson Kobayashi

San Antonio Spurs @ Golden State Warriors – Temporada Regular

Data: 17/12/2009

Horário: 01:30 (Horário de Brasília)

Local: Oracle Arena – Oakland, CA

Situação do Jogo

O San Antonio Spurs finaliza a série de três jogos fora de casa contra o Golden State Warriors. O Spurs não teve muito tempo de repouso após tomar uma “surra” do Suns na noite anterior. Já o Golden State Warriors vem descansado para o jogo, mas vem de uma sequência de três derrotas (Chicago, Detroit e Philadelphia) – não é a toa que é um dos lanternas da competição.

Confrontos na temporada (1-0)

25/11/2009 – San Antonio Spurs 118 vs. 104 Golden State Warriors

O San Antonio Spurs conseguiu brecar o ataque de Monta Ellis. Mesmo sem Manu, que estava lesionado, Parker e Duncan comandaram a equipe para mais uma vitória fora de casa.

San Antonio Spurs

PG – Tony Parker

SG – Keith Bogans

SF – Richard Jefferson

PF – Tim Duncan

C – Antonio McDyess

Fique de olho – Tim Duncan vem mantendo um excelente jogo, no ataque e na defesa. No último confronto contra o Warriors, anotou 20 pontos e dez rebotes, além de distribuir seis assistências.

PG – Stephen Curry

SG –Monta Ellis

SF – Anthony Morrow

PF – Mikki Moore

C – Vladimir Radmanovic

Fique de olho – O ala é o cestinha do time adversário e tem que ser parado para evitar qualquer complicação. Ellis tem médias de 24 pontos,  cinco assistências e 4.3 rebotes por jogo.

Anúncios

Spurs BR recomenda!

Recomendo esse texto do Bola Presa sobre o atual panorama do San Antonio Spurs na NBA. Reflete bem e na maioria dos pontos o que eu penso sobre o presente e o futuro da equipe.

Quem procurar uma leitura leve e bem humorada dá uma clicada lá.

Spurs (12-10) @ Suns (17-8) – Phoenix invicto

104X116

O San Antonio Spurs não repetiu as boas atuações das últimas partidas e não conseguiu derrotar o único invicto em casa da NBA, o Phoenix Suns, que aumentou para nove vitórias sua marca. A equipe do Arizona contou com as grandes atuações de Steve Nash e Amaré Stoudemire e do reserva Goran Dragic, draftado pelo Spurs em 2008. Pelo time texano, Manu Ginobili e Richard Jefferson tiveram aproveitamento ruim nos arremessos de quadra, não continuando os bons jogos que fizeram.

Nash foi o grande comandante da vitória sobre o Spurs (Foto por Christian Petersen/Getty Images)

Ginobili fez uma partida ruim após boas atuações nas últimas três que disputou (Foto por Barry Gossage/NBAE via Getty Images)

O Phoenix começou dominando a partida, com o Spurs errando muitos arremessos, e com 17 pontos combinados de Nash e Stoudemire, o time mandante foi arrasador e venceu o primeiro quarto por 28 a 17. No segundo período, os reservas do San Antonio tentavam manter a equipe na luta pela vitória, mas um incrível Goran Dragic com cestas importantes de três pontos, e um aproveitamento do time de sete em 11 tentativas de fora, o Suns aumentou sua vantagem e foi ao intervalo vencendo em 67 a 52.

Retornando à partida, Tim Duncan e Roger Mason Jr. comandaram a reação do grupo texano, anotando juntos 18 pontos, fazendo um forte terceiro quarto, o que normalmente não está acontecendo, indo para o período derradeiro atrás do Suns por 89 a 84. O spurs começou muito forte no último tempo do jogo, chegando a ficar um ponto atrás após três minutos. Porém eles não conseguiram manter o ritmo e memso com mais 11 pontos de Duncan, que terminou com 34 sendo cestinha da partida, perderam para um de seus grandes rivais fora de casa por 116 a 104.

Veja os os melhores momentos da partida

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 34 pontos, 14 rebotes, 63,6% (14-22) nos arremessos de quadra e três bloqueios

Roger Mason Jr. – 19 pontos

Tony Parker – 15 pontos

DeJuan Blair – 12 pontos

Phoenix Suns

Amaré Stoudemire – 28 pontos, 14 rebotes e três roubos de bola

Steve Nash – 25 pontos, 13 assistências e seis erros de ataque

Goran Dragic – 18 pontos, 77,7% (7-9) nos arremessos de quadra e 80% (4-5) nos arremessos de três pontos

George Hill – 17 pontos

Channing Frye – 15 pontos e oito rebotes