Arquivo diário: 30/11/2009

Duncan é nomeado jogador da semana

glauber-noticias.jpg picture by peskinha

Foto por Edward A. Ornelas/Express-News

O ala-pivô Tim Duncan foi nomeado hoje o jogador da semana na Conferência Oeste nos partidas disputadas entre segunda, 23 de novembro, e domingo, 29.

Duncan liderou o San Antonio Spurs a quatro vitórias seguidas na semana, anotando três duplo-duplos nesse jogos. Tim teve médias nesses confrontos de 21.8 pontos – com  58,3% de aproveitamento nos arremessos de quadra – 10 rebotes, 4 assistências e 2.5 bloqueios. Com os 21 pontos na vitória sobre o Houston Rockets por 92 a 84 em 27 de novembro, Duncan passou Terry Cummings (19460) pela 39ª colocação na lista de maiores cestinhas da história da NBA.

O ala Gerald Wallace do Charlotte Bobcats foi o escolhido na Conferência Leste como jogador da semana.

Vejam um resumo da semana de Duncan:

Nov. 23 vs. Milwaukee:
Conseguiu 24 pontos e 12 rebotes na vitória sobre o Bucks por 112 a 98.

Nov. 25 vs. Golden State:
Anotou 20 pontos, 10 rebotes, seis assistências e três bloqueios  na conquista sobre o Warriors em 118 a 104.

Nov. 27 @ Houston:
Fez 21 pontos, 12 rebotes e quatro bloqueios durante a vitória no clássico contra o Rockets por 92 a 84.

Nov. 29 vs. Philadelphia:
Marcou 22 pontos, seis rebotes, cinco assistências e três bloqueios na conquista em 97 a 89 em cima do 76ers.

Anúncios

Spurs (9-6) vs. 76ers (5-12) – Quinta vitória seguida

97X89

Em noite de homenagem ao almirante David Robison, o San Antonio Spurs venceu o Philadelphia 76ers por 97 a 89, jogando no AT&T Center, e chegou à sua quinta vitória consecutiva na NBA – a melhor sequência da equipe texana até aqui.

De Parker para Duncan! (Foto por D. Clarke Evans/NBAE via Getty Images)

A partida marcou o retorno do ala-armador Manu Ginobili, que perdeu os últimos jogos da equipe graças a uma lesão. O argentino começou a partida no banco de reservas; os titulares de Gregg Popovich, mais uma vez, foram Tony Parker, Keith Bogans, Richard Jefferson, Tim Duncan e Antonio McDyess. Roger Mason, lesionado, foi o desfalque da noite.

Parker tenta a bandeja; armador fez mais uma bela partida. (Foto em yahoo.com)

O jogo começou bastante parelho. A equipe do 76ers endurecia o jogo e não deixava os comandados de Gregg Popovich abrir vantagem. O placar do período demonstra seu equilíbrio; Spurs 26 a 25.

No segundo período, os treinadores começaram a lançar seus reservas em quadra e o melhor elenco texano passou a fazer diferença. Comandados por Tony Parker e Tim Duncan, os Spurs assumiram o controle da partida e desceram para os vestiários vencendo por 54 a 45.
.
Na volta do intervalo, a equipe texana continuou controlando a partida. Com a ajuda de Matt Bonner, certeiro em suas bolas de três pontos, o San Antonio Spurs abriu mais um pontinho, e entraria no último quarto vencendo por 80 a 70.
.
No período derradeiro, restou a Parker, Duncan e companhia minar qualquer tentativa de reação dos 76ers e alcançar a quinta vitória seguida na temporada.
.
A próxima partida do San Antonio Spurs será contra o Boston Celtics, na quinta-feira, no AT&T Center. Promessa de jogaço! Já o 76ers enfrenta o Mavericks, em Dallas, ainda hoje.
.
Veja os os melhores momentos da partida
.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 22 pontos, seis rebotes, cinco assistências e três bloqueios

Tony Parker – 16 pontos e oito assistências

Matt Bonner – 16 pontos e 66,6% (4-6) nos arremessos de três pontos

DeJuan Blair – 11 pontos, 10 rebotes e três bloqueios

Michael Finley – 11 pontos

Philadelphia 76ers

Andre Iguodala – 21 pontos, oito rebotes, sete assistências, cinco roubos de bola e três bloqueios

Willie Green – 17 pontos e três bloqueios

Thaddeus Young – 16 pontos

Samuel Dalembert – 14 pontos, 14 rebotes e três bloqueios

Almirante é homenageado e elogia Blair

Na foto, as maiores estrelas de todos os tempos em S.A: George Gervin (esq.), David Robinson e Tim Duncan (dir.) (Foto por Clarke Evans/NBAE via Getty Images)

Ontem foi dia de festa em San Antonio. Além da vitória – a quinta de forma consecutiva -, os torcedores puderam matar as saudades daquele que foi um dos maiores jogadores de todos os tempos da equipe: O Almirante David Robinson.

O ex-pivô ganhou uma homenagem da franquia por ter entrado para o Hall da Fama do basquete. No seu discurso, Robinsou aproveitou para parabenizar o elenco pela vitória diante do 76ers e também para elogiar o novato DeJuan Blair, que marcou ontem 11 pontos, dez rebotes e três tocos.

“DeJuan Blair provavelmente fez vocês esquecerem de mim”, brincou o Almirante diante de quase 18 mil espectadores. O novato vem surpreendendo até aqui na temporada – tanto que já conseguiu uma marca bem interessante na carreira. Ao anotar um double-double em sua estreia pela equipe (14 pontos e 11 rebotes diante do New Orleans Hornets), Blair se tornou apenas o terceiro jogador na história da franquia a debutar com dois dígitos duplos em uma partida. Antes dele, apenas Tim Duncan e David Robinson haviam conseguido tal feito.