“BatManu”, o Caçador de Morcegos

glauber-noticias.jpg picture by peskinha

Foto por Billy Calzada/Express-News

Ao final do primeiro quarto do jogo entre San Antonio Spurs e Sacramento Kings, aconteceu um dos momentos mais surreais da temporada. Em pleno dia do Halloween, um morcego apareceu enquanto Kevin Martin partia para uma bandeja. Os juízes pararam a partida e tentaram usar uma toalha para capturá-lo. O Coyote, mascote do Spurs, trouxe uma rede para tentar pegar o animal, e o técnico do Kings usou sua prancheta para isso. Mas o animal conseguiu fugir. O jogo recomeçou, e, na jogada seguinte, o morcego retornou, mas dessa vez ele não teve tanta sorte. Um companheiro de Manu Ginobili previu o que aconteceria do banco.

“Se isso chegar perto do Manu, ele vaia abtê-lo” disse um jogador veterano do Spurs para outro ao seu lado.

Segundos depois, antes de qualquer pessoa piscar, foi exatamente o que aconteceu. Ginobili, usando de suas habilidades sobre-humanas, com muita agilidade, coordenação e vista apurada, acertou um belíssimo “bloqueio”  com a mão esquerda no morcego, deixando-o caído no chão. A torcida entrou em êxtase.

“Eu não achei que foi grande coisa,” disse Ginobili. “Então toda a arena começou a gritar meu nome. É apenas um rato com asas”, completou.

“Foi incrível,” disse seu companheiro Tony Parker. “Ele sempre está fazendo esse tipo de coisas loucas”, finalizou.

“Eu acho que na Argentina, caça ao morcego faz parte da vida de todos,” disse o pivô do Kings, Spencer Hawes. “Alguém tinha de fazer isso, e não seria eu que faria”, completou.

Logo após a bela captura de Manu, ele levou o morcego a um assistente da arena. O técnico Gregg Popovich pediu para o preparador físico levar um saneante para o argentino limpar as mãos, já que a notícia de “Manu contrai raiva ao acertar morcego” não seria muito legal.

“A lenda surge,” disse Pop.

O ala argentino terminou com 13 pontos, três assistências e um “bloqueio”. Bem, o bloqueio não foi computado, já que tem que ser na bola. Pode-se computar então uma morte, já que o pobre morcego não resistiu ao tapão de Manu. Então, vamos respeitar um minuto de silêncio ao morcego… Para aqueles que não acreditaram no relato, vejam o vídeo abaixo:

Sobre Glauber da Rocha

Estudante de Direito e torcedor do San Antonio Spurs desde 2007

Publicado em 01/11/2009, em Notícias. Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s