Spurs (1-0) vs Hornets (0-1) – Estreia fácil em casa

113X96

O San Antonio Spurs começou em marcha lenta, mas logo engrenou e venceu com tranquilidade o New Orleans Hornets na estreia da temporada regular. Da equipe texana, seis jogadores anotaram mais de dez pontos e nove atletas fizeram no mínimo nove. A partida também teve grandes atuações de Tony Parker, Manu Ginobili e do novato DeJaun Blair pelo Spurs, e pelo Hornets o maestro Chris Paul e o estreante Omeka Okafor se destacaram.

Manu Ginobili tenta voltar a sua antiga forma (Foto por Kin Man Hui/Express-News)

O time da casa começou a partida com Parker, Michael Finley, Richard Jefferson, Tim Duncan e Matt Bonner. O Spurs começou devagar a partida, e no primeiro tempo pedido pelo técnico Gregg Popovich, na metade do quarto, o Hornets liderava por 10 a 4, e o San Antonio tinha 22,2% dos arremessos convertidos. Após o tempo, a equipe texana conseguiu encaixar seu jogo, e em uma belíssima corrida de 15 a 3, fechou o primeiro quarto à frente, com 19 a 13.

DeJuan Blair fez grande estréia com duplo-duplo (Foto por Kin Man Hui/Express-News)

O San Antonio continuou forte no ataque e segurando na defesa o New Orleans, chegando à metade da segunda etapa à frente no placar em 36 a 20, com bela contribuição do banco de reservas; foram dez pontos de Manu Ginobili e nove de Antonio McDyess. O Spurs foi para o intervalo vencendo por 57 a 39, acertando 51,2% dos arremessos, contra apenas 38,1% do Hornets.

No retorno do intervalo, os texanos mantiveram a vantagem sobre a equipe visitante. Faltando três minutos para o fim do terceiro quarto, Parker partiu para a cesta e foi derrubado de costas na quadra por Hilton Armstrong. George Hill o substitiu pelo restante da partida, mas Parker não teve nenhuma lesão séria. O Spurs terminou na frente em 88 a 68.

No último período, o San Antonio foi com seus reservas Hill, Roger Mason Jr., Antonio McDyess e DeJuan Blair para terminar a partida. O técnico Gregg Popovich distribuiu bem os minutos entre os jogadores que fazem parte da rotação. O time da casa terminou com a vitória tranquila por 113 a 96.

Vejam os melhores momentos da partida:

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 17 pontos e seis assistências

Manu Ginobili – 16 pontos e quatro assistências

DeJuan Blair – 14 pontos, 11 rebotes (cinco ofensivos) e 70% (7-10) nos arremessos de quadra

Matt Bonner – 11 pontos

Michael Finley – 11 pontos

Roger Mason – Dez pontos

Tim Duncan – Nove pontos e 12 rebotes

New Orleans Hornets

Chris Paul – 26 pontos, nove assistências e 68,75% (11-16) nos arremessos de quadra

David West – 18 pontos, nove rebotes e três roubos de bola

Emeka Okafor – 18 pontos e dez rebotes

Sobre Glauber da Rocha

Estudante de Direito e torcedor do San Antonio Spurs desde 2007

Publicado em 29/10/2009, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. gostei de ver, pelos melhores momentos, o richard jeffersin em qse todos os contra-ataques, vai ser mais uma opçao de ataque para o spurs.

  1. Pingback: (0-0) Chicago Bulls x San Antonio Spurs (1-0) « Chicago Bulls Brasil

  2. Pingback: Spurs (24-15) @ Hornets (21-18) – Temporada Regular « Spurs Brasil – O seu site de notícias sobre o San Antonio Spurs

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s