Arquivo diário: 12/09/2009

A Resposta?

O ala-armador Allen Iverson ficou famoso no mundo do basquete quando conduziu uma equipe do Philadeplhia 76ers aos playoffs. Ganhou o apelido de The Answer. Acumulou fãns, foi chamado de o novo Jordan… porém, após se transferir para o Denver Nuggets, não conseguiu mais ser o jogador que outrora foi.

Continuou pontuando bastante, mas passou a receber críticas por sua individualidade e pela insistência em ficar com a bola. Foi negociado com os Pistons, e o ostracismo continuou. Talvez até tenha piorado. Acabou varrido pelo Cleveland Cavaliers na primeira rodada dos playoffs de 2009.

Nessa offseason, após novelas em torno de seu novo time, Iverson assinou com uma das menores franquia da NBA – o Memphis Grizzlies. A equipe, que sempre teve como política investir em jogadores jovens – até porque, graças às más campanhas, sempre consegue boas escolhas de draft – investe em um veterano para tentar traçar novos caminhos.

Se eu fosse o GM do Grizzlies, não investiria em Iverson. O perímetro da equipe já tem dois talentosos jogadores – OJ Mayo e Rudy Gay – que também gostam de ter a bola. Com os dois, Iverson deve jogar por um bom tempo como armador, o que não julgo ideal para uma equipe.

E, se eu fosse o Iverson, também não escolheria essa franquia para jogar. Já ficou provado no Pistons que ele não rende bem como armador, o que terá de fazer por alguns minutos em Memphis. Talvez, no Bobcats, Iverson se encaixasse muito melhor.

De qualquer modo, vou torcer para o sucesso do craque; nada me deixa mais feliz do que assistir grandes jogadores no jogo que eu amo. A recuperação será difícil em uma franquia medíocre e que joga na divisão de equipes como Spurs, Mavericks, Hornets e Rockets. Mas veremos se Iverson será A Resposta para o Memphis.