Arquivo diário: 10/07/2009

Balanço das perspectivas da última temporada

http://imgcash2.imageshack.us/Himg10/scaled.php?server=10&filename=glauberlimpodk9.jpg&xsize=640&ysize=480

Antes do início da temporada 2008/09, nós, integrantes da equipe do Spurs Brasil, colocamos no site um post com palpites sobre quais times e em que posição se classificariam nas conferências Leste e Oeste, e também apostamos em quem seriam os vencedores dos prêmios que são distribuídos ao final da temporada regular.

Então, faremos um balanço dos nossos palpites, pra ver quem mais acertou.

Conferência Leste – Classificação

1 – Cleveland Cavaliers
2 – Boston Celtics
3 – Orlando Magic
4 – Atlanta Hawks
5 – Miami Heat
6 – Philadelphia 76ers
7 – Chicago Bulls
8 – Detroit Pistons

Todos da equipe apostaram na classificação do Boston Celtics como primeiro da conferência, e apenas o Lucas Pastore colocou o Cleveland Cavaliers na segunda posição. Apenas eu acertei que o Orlando Magic, que chegou às finais, se classificaria em terceiro; os outros escritores do blog apostavam no time se classificando da quarta posição em diante. O Robson Koba foi único que acertou o Atlanta Hawks se classificando no quarto lugar da conferência. O Leonardo Sacco acertou colocando na quinta posição o Miami Heat. As decepções pelas nossas projeções ficam para o Detroit Pistons, que para a grande maioria seria o segundo e se classificou em oitavo, e para o Toronto Raptors, que nem conseguiu se classificar.

Conferência Oeste – Classificação

1 – Los Angeles Lakers
2 – Denver Nuggets
3 – San Antonio Spurs
4 – Portland TrailBlazers
5 – Houston Rockets
6 – Dallas Mavericks
7 – New Orleans Hornets
8 – Utah Jazz

Apenas o Koba não acertou seu palpite de quem seria o primeiro na classificação do Oeste, apostando no Houston Rockts.  Na segunda posição, a grande maioria esperava que o New Orlenas Hornets se classificasse, mas foi a grata surpresa do Denver Nuggets, o qual poucos apostaram que se classificaria, mas surpreendeu graças à grande troca no meio da temporada de Allen Iverson por Chauncey Billups. Surpreendendo-nos, o time de San Antonio se classificou em terceiro, mas logo caiu na primeira rodada, principalmente sentindo a falta de Manu Ginobili. O jovem time o Portland conseguiu a quarta posição, quando a maioria dos escritores do site acreditavam em sua classificação nas últimas posições. A surpresa negativa foi a não classificação do Phoenix Suns, que mesmo não estando em boa fase poderia ter conseguido avançar.

MVP – Lebron James

Metade dos colaboradores do Spurs Brasil apostaram no primeiro prêmio de melhor jogador da temporada para o ala do Cleveland Cavaliers, Lebron James. Lebron conseguiu levar seu time à primeira colocação da Conferência Oeste; talvez o ingrediente que faltava para o jogador conseguir o prêmio de MVP, pois os números sempre foram muito bons nas temporadas anteriores.

Sexto Homem – Jason Terry

Este prêmio ninguém nem chegou perto do vencedor. Alguns acreditaram que o ala-armador argentino Manu Ginobili pudesse repetir o feito da temporada 2007/08, mas, devido aos problemas com contusões, nem teve a oportunidade de participar da disputa. O armador do Dallas Mavericks, Jason Terry, se tornou a grande arma do time vinda do banco para por fogo no jogo com grandes cestas e boas jogadas.

MIP – Danny Granger

Para o prêmio de jogador que teve desempenho melhor que na temporada anterior, a maioria apostou no armador do Detroit Pistons, Rodney Stuckey, mas a grande temporada individual do ala do Indiana Pacers Danny Granger deu a ele esse prêmio.

DPOY – Dwight Howard

Apesar das apostas da equipe para o prêmio de melhor jogador defensivo ficarem entre o ala-pivô do Atlanta Hawks, Josh Smith, ou com o ala-pivô do Boston Celtics, Kevin Garnett, foi o dominante e gigante pivô do Orlando Magic Dwight Howard que recebeu a honraria.

ROY – Derrick Rose

Apenas o Leonardo e o Koba conseguiram acertar que a primeira escolha do Draft de 2008, o armador do Chicago Bulls Derrick Rose, receberia o prêmio de novato do ano. Outros nomes como do ala-pivô Michael Beasley, do Miami Heat, segunda escolha, e do armador do Memphis Grizzlies O.J. Mayo, terceira, também foram cogitados. Outro nome a ser lembrado é da primaira escolha do recrutamento de 2007, o pivô do Portland TrailBlazers Greg Oden, que fez sua temporada de estréia na categoria depois de ficar de fora por quase um ano após uma contusão séria no joelho, e continuou sofrendo com as lesões durante o ano.

COY – Mike Brown

A maioria apostou no técnico do Houston Rockets Rick Adelman, mas com uma grande ajuda do MVP Lebron James, o técnico do Cleveland Cavaliers Mike Brown recebeu o prêmio de melhor do ano.

Siga o Spurs Brasil também no Twitter. Clique aqui!

Participe da nossa comunidade oficial no Orkut. Clique aqui!

Gooden não seguirá no Spurs

A esperança dos torcedores do San Antonio Spurs de contar com o ala Drew Gooden como um dos principais integrantes de seu banco de reservas na temporada 2009/10 terminou via internet. O jogador declarou em sua página oficial do Twitter, microblog que é febre mundial na grande rede, que não seguirá em San Antonio na próxima temporada. Gooden agradeceu o carinho dos fãs e afirmou também que passou ótimos dias com o Spurs, mas que agora trilhará seu caminho.

Após passagem apagada, Gooden deixará o Spurs

“Boa sorte na próxima temporada para todos os meus fãs em San Antonio. Vocês são os melhores torcedores que existem na NBA. Sentirei saudade de vocês. Paz”, escreveu o jogador, em tom de despedida, no Twitter.

O jogador chegou ao Spurs na temporada passada, após ser dispensado pelo Sacramento Kings. Apesar de toda a expectativa criada em torno de Gooden, ele foi mais um dos parceiros de Tim Duncan que não deu muito certo. Mesmo contando com o apoio do treinador Gregg Popovich, que na época preteriu o ala Pops Mensah-Bonsu para poder contar com Gooden, o jogador não emplacou e somou médias de 9,8 pontos e 4,4 rebotes em 19 jogos disputados na temporada regular – fez apenas um como titular.

A perda já era esperada, e o Spurs contará com os recém-chegados Antonio McDyess e Marcus Haislip, além do novato DeJuan Blair, para a posição de reserva de Tim Duncan, ala-pivô titular absoluto da equipe.

Siga o Spurs Brasil também no Twitter. Clique aqui!

Participe da nossa comunidade oficial no Orkut. Clique aqui!

Haislip confiante para sua segunda chance na NBA

Ofuscada pela contratação do veterano ala-pivô Antonio McDyess, a adição do também ala-pivô Marcus Haislip para o elenco do San Antonio Spurs é muito comemorada pelo jogador. Selecionado como 13ª escolha geral do recrutamento de 2002, que trouxa para a NBA nomes como o gigante chinês Yao Ming, Haislip não teve chances concretas nos dois anos nos quais atuou pelo Milwaukee Bucks, equipe que o trouxe para a liga, e acabou indo jogar na Europa, por onde ficou nos últimos quatro anos. De volta ao badalado basquete norte-americano, o ala-pivô se diz confiante para seu retorno.

Vindo da Espanha, Haislip quer chance no Spurs.

“Não trabalhei só para mim nos anos que joguei fora [dos Estados Unidos]. Aprendi muito sobre jogo coletivo jogando na Europa. Me sinto um jogador mais completo”, disse Haislip. “Gregg [Popovich, treinador do Spurs] me deu essa chance, e vou agarrá-la com tudo. Sei que a equipe possui ótimos jogadores para a posição, mas vou batalhar muito para entrar bem nessa rotação. A Europa me deixou mais versátil”.

De fato, o novo reforço do time texano terá que batalhar bastante para entrar na rotação da equipe com tempo considerável. Em sua posição, ala-pivô, está simplesmente o maior ídolo da História da franquia, Tim Duncan. Além dele, fazem parte da rotação o também recém-chegado McDyess, grande aposta da comissão técnica, e o novato DeJuan Blair, jogador no qual os diretores, torcedores e treinadores do Spurs depositam muita confiança. Caso seja deslocado para atuar na ala, Haislip deverá bater de frente com o maior reforço do time para a temporada, Richard Jefferson.

Siga o Spurs Brasil também no Twitter. Clique aqui!

Participe da nossa comunidade oficial no Orkut. Clique aqui!

San Antonio Spurs assina com Malik Hairston

Hairston é, novamente, um Spur! Fonte: nba.com

Hairston é, novamente, um Spur! Fonte: nba.com

A equipe do San Antonio Spurs anunciou nesta semana que assinou novo contrato com o ala-armador/ala Malik Hairston. Por política da franquia, os valores e os termos do contrato não foram divulgados.

Hairston foi selecionado pela equipe do Phoenix Suns no draft de 2008 na 48ª colocação geral. Em seguida, foi enviado ao San Antonio Spurs, em troca dos direitos do armador Goran Dragic, também draftado naquele ano. Ele participou dos campos de treinamento dos Spurs naquela temporada, e, em seis jogos de pré-época, obteve, em média, 5,3 pontos e 4,5 rebotes.

Na última temporada, Hairston dividiu seu tempo entre os Spurs e o Austin Toros, equipe da D-League filiada ao time texano. Em 15 jogos em San Antonio, ele obteve médias de 3,3 pontos e 1,9 rebotes em 10,3 minutos. Já com os Toros, disputou 30 partidas, obtendo médias de 22,9 pontos, 5,5 rebotes e 3,9 assistências em 41,3 minutos por jogo. Ele foi o terceiro maior pontuador de toda a D-League, e ainda foi nomeado para o time de Menção Honrosa da Liga de Desenvolvimento.

A notícia coloca em cheque a permanência do também ala Ime Udoka na equipe de San Antonio; vale lembrar que o jogador se tornou agente livre nessa offseason.

Siga o Spurs Brasil também no Twitter. Clique aqui!

Participe da nossa comunidade oficial no Orkut. Clique aqui!