Na linha dos 3 – O que muda com McDyess

Após muita especulação durante a última semana, e após perder Rasheed Wallace para o Boston Celtics, o San Antonio Spurs chegou a um acordo com  o pivô Antonio McDyess. O contrato firmado tem duração de dois anos, e o jogador receberá 5,8 milhões por temporada. Mas o que isso muda na equipe? Qual será o impacto da chegada de McDyess ao Spurs?

https://i0.wp.com/www.ugplay.com/Random/antoniomcdyess.jpg

Todos os principais candidatos ao títulos se reforçaram: Lakers perdeu Trevor Ariza mas conta com a chegada de Ron Artest, o Cleveland Cavaliers trouxe Shaquille O’Neal sem perder nenhuma peça importante, o Boston Celtics assinou com Rasheed Wallace através da free agency e o Orlando Magic trouxe Vince Carter em uma troca com o New Jersey Nets. Dentro de uma NBA em que os favoritos ficaram ainda mais fortes, a chegada de um jogador do calibre de Dyess era extremamente necessária para manter a equipe na luta pelo anel. Apenas a chegada de Richard Jefferson poderia não ser o bastante, principalmente pela ausência de jogadores de qualidade para o garrafão. Agora, sem dúvida, a equipe do Texas volta a figurar na lista de favoritos.

O jogador, prestes a completar 35 anos, vem de uma sólida temporada em que anotou médias de quase dez ponots e dez rebotes em 30 minutos por jogo. Em San Antonio ele deverá atuar menos tempo, até mesmo para evitar o desgaste excessivo. A principal contribuição de McDyess será defensiva, principalmente nos rebotes, setor que a equipe deixou a desejar na última temporada. Ofensivamente, apesar de não chegar a ser genial, ele irá contribuir muito nos rebotes ofensivos e pontuando com arremessos próximos ao garrafão, sua principal arma.

Acredito que a dupla titular no garrafão deve continuar sendo Duncan e Bonner, com Dyess vindo do banco, como inclusive é sua preferência. Mas como muitos especialistas dizem, os reais titulares não são aqueles que iniciam e partida, e sim aqueles que terminam, e o veterano se encaixará nessa situação.

O recém-draftado DeJuan Blair e o francês Ian Mahinmi também deverão entrar na rotação de garrafão e ganhar alguns minutos, principalmente na desgastante temporada regular, onde os jogadores mais experientes deverão ser poupados em muitos momentos.

McDyess era um sonho antigo da diretoria texana e agora finalmente irá atuar com a camisa prata e preta. Os torcedores com certeza podem comemorar o reforço, pois irão ver em quadra um grande profissional, muito bom técnicamente e com muita garra em busca do primeiro título em seus 13 anos de NBA.

Anúncios

Sobre Victor Moraes

Formado em Jornalismo no ano de 2012 pela Universidade Metodista de São Paulo. Fanático por esportes, sobretudo o basquete, passou pela redação do Diário Lance!, trabalhou na Liga Nacional de Basquete e no extinto Basketeria. Se orgulha de fazer parte da equipe do Spurs Brasil desde a criação em 2007.

Publicado em 09/07/2009, em Artigos, Na linha dos 3. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s