Arquivo diário: 03/06/2009

As finais da NBA – Confrontos individuais

Muitos aspectos cercam essa esta final da NBA, que promete ser emocionante. Um dos mais importantes são os confrontos individuais, ou seja, os duelos entre cada jogador de uma posição das duas equipes. Então vamos as análises de cada função.

Armador

Derek Fisher x Rafer Alston

São dois jogadores que não passam de coadjuvantes em suas equipes. Seus papéis como armadores são limitados, pois no ataque a bola costumar ficar mais tempo na mão de outros atletas. Apesar das limitações, para mim Alston leva vantagem no duelo frente ao veterano Fisher, que não parece ter mais o mesmo folêgo de antes. O armador do Lakers está longe de seu auge, perdeu o poder defensivo e no ataque vem encontrando dificuldades até mesmo em sua principal arma, que é o arremesso de 3 pontos.

Ala-armador

Kobe Bryant x Courtney Lee

Neste confronto não há muito o que discutir. Kobe Bryant é o principal jogador do Lakers e  um dos principais atletas da NBA há alguns anos, e vence este duelo com facilidade. Embora o novato Lee tenha sido uma grata surpresa neste ano, mostrando ser um bom defensor, além de não decepcionar quando acionado no ataque.

Ala

Trevor Ariza x Hedo Turkoglu

Um confronto difícil, entre dois atletas de estilos diferentes. Enquanto Turkoglu chama a atenção pela técnica apurada e arremessos precisos, Ariza se destaca pela explosão física e versatilidade. Minha escolha fica com o ala do Orlando Magic, pelo fato de ser mais completo, ser mais participativo e importante no time, principalmente na armação de jogadas, sendo um dos principais passadores da equipe.

Ala-pivô

Pau Gasol x Rashard Lewis

Este talvez seja o confronto mais difícil de eleger um vencedor. Quando duelarem em quadra, acredito que as duas partes levarão vantagem no setor ofensivo. Gasol pela altura e pelo jogo de garrafão e Lewis pela maior agilidade e qualidade no arremesso. Mas, minha preferência é o ala da equipe de Orlando, pelo fato que Gasol deve, em diversos momentos, atuar como pivô; ele baterá de frente com Howard e acabará em desvantagem.

Pivô

Adrew Bynum x Dwight Howard

Aqui também não há muito o que discutir. Howard é o principal pivô da liga na atualidade, enquanto Bynum parece não estar em sua melhor forma após a lesão. Os dois atletas são muito fortes físicamentes e atuam principalmente na parte defensiva de suas equipes, porém o pivô do Magic mostrou que também pode dominar o jogo ofensivo melhor que seu rival.

6º homem

Lamar Odom x Michael Pietrus

Estes jogadores dificilmente irão duelar em quadra por serem de posições distintas. Porém, ambos se assemelham no aspecto de serem os principais reversas de suas equipes, muitas vezes jogando mais tempo que o titular. Odom geralmente entra para atuar como ala-pivô a maior parte do tempo, e seu foco em quadra é principalmente ofensivo, enquanto Pietrus atua como ala-armador com foco defensivo, ou seja, deve marcar Kobe Bryant a maior parte do tempo que estiver em quadra. Individualmente Odom parece ser melhor, mas, pela função dentro do coletivo, minha escolha é pelo francês, que mostrou-se exímio denfensor na série contra o Cavaliers, quando enfrentou Lebron James, mas também não decepcionou no ataque, anotando médias de 13,8 pontos.

Então, sob a minha visão, nos confrontos individuais o Orlando Magic leva vantagem, mas sabemos que não é apenas isto que decidirá o título. Em uma série como esta, a coletividade e principalmente o psicológico terão grande peso na decisão. Aquela equipe que conseguir ser mais equilibrada e melhor souber explorar as falhas do adversário se sagrará campeã da NBA.