Arquivo diário: 28/04/2009

O Leste está bem melhor

Não é de hoje que muitas pessoas – me incluo nessa lista – que debatem e acompanham a NBA afirmam que existe um vão de qualidade técnica notável quando se comparam as conferências Oeste e Leste. Enquanto na primeira os times costumam passar sempre com saldo de mais de 50% em suas campanhas (alguns times com campanhas positivas ficam até fora da pós-temporada), na segunda equipes passam quase sempre no limite, com campanhas um tanto quanto discutíveis.

O que importa, no entanto, é que nesse momento tenho muito mais gosto em acompanhar a pós-temporada do Leste. Sem sombra de dúvidas. A cada jogo que assisto nessa conferência e a cada partida que vejo no Oeste tenho mais certeza disso: o Leste está bem melhor! Digo isso pois, enquanto franquias como o Utah Jazz, o New Orleans Hornets e o San Antonio Spurs vão dando adeus aos playoffs de forma vergonhosa, praticamente sem oferecer resistência aos adversários – o Spurs é o único desses que eu acredito que ainda possa engrossar um pouco – no Leste, tirando o fraquíssimo e acabado Detroit Pistons, todas as séries parecem tomar tons de emoção.

Miami Heat e Atlanta Hawks fazem o duelo dos times do meio da tabela e, com atuações de gala do ala-armador Dwyane Wade, o Heat vai se mantendo vivo, com a série empatada em 2×2. Já o Philadelphia 76ers, quem diria, está dando um baita trabalho ao favorito Orlando Magic, mantendo a série empatada em dois jogos para cada time, assim como na outra citada. Por fim, ainda temos os atuais campeões do Boston Celtics, que a cada dia parecem sofrer mais para bater o Chicago Bulls.

Para terminar, ainda vejo que os dois melhores jogadores dessa pós-temporada até o momento estão jogando no Leste. Atropelando todos e tudo, o ala LeBron James vai levando seu Cleveland Cavaliers a ficar cada vez mais perto do que já parece quase certo, a final da conferência. E o jovem armador Rajon Rondo, com médias de triplo-duplo (ISSO MESMO, TRIPLO-DUPLO!), vai fazendo seu Celticas sofrer menos com a ausência do ala Kevin Garnett.

Enquanto isso, no Oeste, temos uma série fechada pelo mais do que favorito ao título de conferência Los Angeles Lakers, duas séries quase definidas em favor de Houston Rockets e Dallas Mavericks e uma série na qual tivemos um dos maiores atropelamentos da história da NBA, com o Denver Nuggets impondo nada mais nada menos do que 58 pontos (não, eu não digitei errado!) sobre o combalido Hornets.

Realmente, o Leste está BEM melhor que o Oeste.