Arquivo diário: 27/04/2009

Final de Temporada: Estatísticas

cska-moskva3

Anúncios

Duncan: “Vencer ou ir para casa”

brunonoticiaspa311

Duncan sabe que terá que jogar muito para classificar o Spurs na série

Duncan sabe que terá que jogar muito para classificar o Spurs na série

Tim Duncan sabe a dificuldade que é virar uma série em que se está perdendo por 3 a 1. Ainda que o jogo cinco da série entre Spurs e Mavericks seja em San Antonio, a chance dos comandados de Gregg Popovich virarem a série pra cima de um dos seus maiores rivais é pequena.

Preocupado com a iminente saída dos playoffs, Duncan disse que o jogo de hoje é de vida ou morte para o Spurs: “Temos que vencer, ou voltaremos para casa”, disse o ala-pivô, que vem com desempenho apenas regular na série. “Não existe nenhum outro jeito nem resposta mágica; temos que ir para casa e tentar vencer o jogo”, finalizou Duncan.

Desde sua chegada a San Antonio, em meados de 1997, o Spurs foi para a pós-temporada em todas as oportunidades. No entanto, em apenas uma dessas vezes a equipe foi eliminada precocemente na primeira rodada. Será que acontecerá o mesmo dessa vez? O jogo cinco entre Spurs e Mavs acontece amanhã, em San Antonio.

Spurs (1) vs. Mavericks (3) – Playoffs 2009 – Jogo 5

Pré-Jogo – San Antonio Spurs vs. Dalas Mavericks – Playoffs 2009 – Jogo 5

Local: At&T Center

Data: 28/04/2009

Horário: 22:30 (Horário de Brasília)

Situação do Jogo

Dramática. Essa é a palavra que resume a situação do jogo para o San Antonio Spurs. Mesmo contando com o apoio de sua torcida, a franquia do Texas terá que reunir seus cacos e tentar ganhar um pouco de ar na série contra seu grande rival Dallas Mavericks. Sem fazer até o momento nenhum jogo com sua marca – defesa em alta e jogadas eficazes – o Spurs parte para o tudo ou nada nesse que pode ser o seu último jogo na atual temporada.

Série nos Playoffs (1-3)

18/04/2009 – Jogo 1 – San Antonio Spurs 97 vs. 105 Dallas Mavericks

Após um bom começo de jogo, equilibrado e cheio de alternativas, a equipe do San Antonio Spurs fez um péssimo quarto quarto, e, apesar das boas atuações de seus principais astros Tim Duncan (27 pontos, nove rebotes) e Tony Parker (24 pontos, oito assistências), padeceu frente ao Dallas Mavericks, que teve, além da grande partida de Josh Howard (25 pontos), as atuações dos reservas Jose Juan Barea e Brandon Bass como grandes pilares de sua vitória.

20/04/2009 – Jogo 2 – San Antonio Spurs 105 vs. 84 Dallas Mavericks

O grande trabalho defensivo de Jose Juan Barea sobre Tony Parker não voltou a aparecer no jogo dois da série. O armador francês fez nada mais nada menos do que 38 pontos, distribuiu oito assistências e comandou sua equipe à vitória. Nem as boas atuações de Jason Terry (16 pontos), Jason Kidd (14 pontos, cinco assistências e três roubadas) e Dirk Nowitzki (14 pontos, seis rebotes) foram suficientes para dar esperança à equipe.

23/04/2009 – Jogo 3 – San Antonio Spurs 67 @ 88 Dallas Mavericks

Uma partida para esquecer. O San Antonio Spurs nem de longe foi a equipe que estamos acostumados a ver, e perdeu feio na primeira partida em Dallas da série. As atuações de Dirk Nowitzki (20 pontos, sete rebotes) e Josh Howard (17 pontos, oito rebotes) foram os principais trunfos dos mandantes. Do lado dos Spurs, nenhum jogador merece destaque.

25/04/2009 – Jogo 4 – San Antonio Spurs 90 @ 99 Dallas Mavericks

Duncan e Parker foram as únicas figuras de destaque do Spurs em mais uma partida dominada pelos adversários. Juntos, os dois jogadores anotaram nada menos do que 68 dos 90 pontos do time de San Antonio. Com 17 pontos, sete assistências e sete rebotes, o veterano armador Jason Kidd foi o grande nome do Mavericks no embate.

Fique de Olho

Sucessor do ala-armador Manu Ginobili no posto de melhor sexto homem da NBA, o também ala-armador Jason Terry é um jogador que, vindo do banco, tem enorme contribuição na pontuação de seu time. Se inspirado, pode trazer diversos problemas ao setor defensivo do Spurs.