Arquivo diário: 23/04/2009

Surpresas até aqui

brunolinha3kv52

É claro que ainda é muito cedo para fazer qualquer tipo de prognóstico relacionado aos playoffs. No entanto, logo nos primeiros jogos da primeira rodada, alguns confrontos despertam interesse dos adeptos da liga. Chicago Bulls e Philadelphia 76ers surpreenderam nos primeiros duelos de suas séries, e agora, atuando em casa, prometem complicar ainda mais a vida dos favoritos.

O Bulls enfrentou uma temporada conturbada durante quase todo o ano. Contudo, após a troca que trouxe o ascendente John Salmons para a equipe, o elenco de Chicago melhorou bastante e passou a subir nas tabelas pelo lado leste. Na pós-temporada, após se classificar em sétimo lugar na conferência, seu adversário seria o temido Boston Celtics. Nos dois primeiros embates, em Boston, dois jogos bastante acirrados. Comandado pelo calouro Derrick Rose, o Bulls levou a primeira partida para o tempo-extra e saiu vencedor. No segundo duelo, mais um jogo equilibrado; na oportunidade, sorte para o Celtics, que mesmo com dificuldades garantiu seu primeiro triunfo na série. O jogo três acontece hoje, e todas as espectativas se voltam para Chicago, palco do jogo que acontece às 21:00, horário de Brasília.

Ainda na Coferência Leste, destaco o confronto entre Orlando Magic e Philadelphia 76ers. O Magic fez uma temporada fantástica e conta com um dos melhores elencos da NBA atual. O 76ers, por sua vez, começou decepcionando, ainda mais quando muita gente (inclusive eu) apostava numa ótima campanha da equipe. Com o desenrolar da temporada, o bom jogo do Philadelphia passou a aparecer, e o time finalizou a temporada regular com 41 vitórias e 41 derrotas. O sexto lugar no leste garantiu um confronto contra o Magic, e, no primeiro duelo, em Orlando, melhor para o time visitante, que venceu surpreendentemente por 100 a 98. No segundo jogo, o 76ers continuou com a boa fase; no entanto, o bom último período dos donos da casa garantiram vida à Dwight Howard e companhia na pós-temporada. O terceiro jogo da série acontece na sexta-feira e promete ser eletrizantes.

Como torcedor do San Antonio Spurs, é sempre bom ver os bons adversários fora de combate, apesar de achar duas coisas primordiais. Para mim, será difícil tirar o título do leste de LeBron James, já que o Cleveland Cavaliers vem jogando o fino da bola e engolindo os seus concorrentes. Também acho muito pequenas as chances de Chicago Bulls e Philadelphia 76ers levarem seus respectivos confrontos contra Celtics e Magic. Entretanto, vale pela surpresa e pelo bom basquete que essas equipes apresentaram nos primeiros jogos dos playoffs. Só a título de lembrança, no ano passado o Boston também passou por apuros para eliminar o Atlanta Hawks na primeira rodada. Na oportunidade, o Celtics venceu a série por 4 a 3 e acabou se sagrando vencedor da NBA; será um sinal?

Fator Billups

Como joga Chauncey Billups e como ele deu ritmo a esse time do Denver. Na série contra o Hornets, até aqui, ele vem simplesmente engolindo o ainda jovem Chris Paul. É a experiência a favor do armador, que já liderou uma equipe a um título da NBA. Palmas para ele!

Anúncios

Spurs (1) @ Mavericks (1) – Playoffs 2009 – Jogo 3

Pré-Jogo – San Antonio Spurs @ Dalas Mavericks – Playoffs 2009 – Jogo 3

Local: American Airlines Center

Data: 23/04/2009

Horário: 21:30 (Horário de Brasília)

Situação do jogo

Após perder a primeira partida em casa, o San Antonio Spurs venceu o jogo 2 e agora tenta devolver a derrota sofrida e recuperar a vantagem do mando de quadra. Mas Tim Duncan e Tony Parker não terão facilidades. O Mavericks venceu 32 partidas e perdeu apenas nove jogando em Dallas na temporada regular.

Série nos playoffs (1-1)

18/04/2009 – Jogo 1 – San Antonio Spurs 97 vs. 105 Dallas Mavericks

O Spurs iniciou bem a partida. Porém, no segundo tempo de jogo, permitiu a reação do Mavericks, empurrado pelos coadjuvantes Barea e Bass. Destaque para a atuação de Tim Duncan (27 pontos), Tony Parker (24 pontos) e a mão calibrada de Michael Finley (19 pontos, 70% nos arremessos de quadra e 100% nos arremessos de três pontos). Pelo Mavericks, Josh Howard (25 pontos) e a eficiência de Bass (14 pontos e 77,8%nos arremessos de quadra)   foram os grandes destaques.

20/04/2009 – Jogo 2 – San Antonio Spurs 105 vs. 84 Dallas Mavericks

Com show de Tony Parker e dominando toda a partida, o San Antonio Spurs não deu chances para o rival e venceu sem grandes dificuldades. A equipe de Dallas não teve a mesma facilidade encontrada na primeira partida e  não repetiu o bom aproveitamento nos arremessos de média e longa distância, o que eliminou qualquer chance de vitória.

Fique de Olho

Dallas Mavericks

https://i0.wp.com/blogs.bet.com/news/playahater/wp-content/uploads/2008/08/howardjosh1_article.jpg

Josh Howard parece a chave para uma vitória do Mavs. O bom desempenho do ala, principalmente nos arremessos, é fundamental para a equipe vencer. Na primeira partida da série, Howard foi decisivo para vitória fora de casa. Já no segundo jogo, não teve o mesmo rendimento, e sua equipe foi derrotada com facilidade. Olho nele Bowen!

Kidd gostaria de ter se juntado ao Spurs em 2003

brunonoticiaspa310

Dono do time na época, Kidd rejeitou Spurs

Dono do time na época, Kidd rejeitou Spurs

Em 2003, Tony Parker ainda não tinha amadurecido seu jogo em San Antonio. Gregg Popovich, por sua vez, buscava um armador que pudesse chamar o jogo em partidas importantes como na pós-temporada. Naquele ano, a equipe texana correu insistentemente atrás do já veterano Jason Kiddm que era estrela no New Jersey Nets. Feliz em sua equipe e com prestígio na cidade, Kidd resolveu continuar em New Jersey, deixando uma oportunidade de ouro em San Antonio.

“Pode parecer uma desculpa besta, mas eu queria carregar um time nas costas para conquistar um título, e eu tive essa oportunidade em New Jersey”, disse o jogador ao Dallas Mourning News. “Depois disso, o Nets mudou seu caminho”, lamentou o jogador, que se mostrou ressentido por ter perdido a chance em S.A.: “San Antonio fez tudo certinho, eu que decidi erroneamente”, completou. Quando perguntado se ele desejaria ter ido para o Spurs, Kidd pareceu arrependido e disparou: “Bem, eles venceram dois campeonatos desde aquela época”, falou o jogador. “Eu poderia ter um anel a essa altura”, lamentou.