Arquivo diário: 18/04/2009

Spurs (0) vs. Mavericks (0) – Playoffs 2009 – Jogo 1

Pré-Jogo – San Antonio Spurs vs. Dalas Mavericks Playoffs 2009 – Jogo 1

Local: AT&T Center

Data: 18/04/2009

Horário: 21:00 (Horário de Brasília)

Situação do jogo

Um dos grandes confrontos da primeira rodada dos playoffs começa hoje em San Antonio.  Spurs e Dallas Mavericks vêm embalados para essa partida. O Mavericks se classificou na sexta posição graças ao grande final de temporada regular em que venceu sete das últimas nove partidas, e tenta passar da primeira rodada após ser derrotado nessa fase em 2007 e 2008 por Golden State Warriors e New Orleans Hornets, respectivamente. O San Antonio vem de quatro vitórias consecutivas e conseguiu a terceira posição da conferência Oeste. Eles conseguiram chegar a sua 12ª pós-temporada seguida. O Time está sem Manu Ginobili, por uma lesão no tornozelo, e ainda há preocupações com as dores no joelho de Tim Duncan.

Fique de Olho

Dallas Mavericks

Jason Terry é um dos fortes candidatos a ser escolhido o melhor sexto homem da liga (AP Photo)

Jason Terry é um dos fortes candidatos a ser escolhido o melhor sexto homem da liga (AP Photo)

Jason Terry é um dos pontes fortes do Mavericks e um dos sérios candidatos a ser escolhido melhor sexto homem do ano. Ele pode ser um ponto chave na série, já que o Spurs não conta com Manu, que fazia a mesma função de Terry. Ele tem médias na temporada regular de 19.6 pontos, uma das melhores de sua carreira.

Anúncios

CSKA Moscow @ Spartak Moscow – Fim do sonho

brunoolhonelesbsq9158X74

Hammon - que pouco brilhou - tenta jogada em cima de Lauren Jackson (Fonte: cska.com.ru)

Hammon - que pouco brilhou - tenta jogada em cima de Lauren Jackson (Fonte: cska.com.ru)

No jogo dois, em casa, o CSKA havia perdido 101 a 80. Na oportunidade, a equipe mandante foi dominada durante toda a partida e teve poucas chances de reagir. O embate derradeiro aconteceu agora há pouco, na casa do Spartak Moscow. Em mais um duelo amplamente dominado pelas donas da casa, o CSKA deu adeus à Superliga Russa e terminou sua temporada sem títulos.

Nem mesmo os 26 pontos e 12 rebotes da belga Ann Wauters foram suficientes para brecar o ímpeto do Spartak, que ao intervalo já tinha boa vantagem. Além de Wauters, apenas Katie Douglas e Ilona Korstin ultrapassaram a barreira dos dez pontos – 14 e 12, respectivamente. Becky Hammon, que teve desempenho discreto nos playoffs, passou despercebida mais uma vez: nove pontos e quatro assistências para ela.

Pelo lado adversário, grande jogo para a superstar Diana Taurasi, que anotou 29 pontos e pegou quatro rebotes. Quem também estava inspirada era a australiana Lauren Jackson, que fez 20 pontos. A russa Tatiana Schegoleva, uma das melhores jogadoras da atualidade, ajudou a afundar o CSKA com 18 pontos. O primeiro jogo das finais, que reunirá Spartak Moscow e  UMMC Ekaterimburg (que eliminou o Dynamo Moscow), acontece na próxima terça-feira.

Começam os playoffs!

A Na Linha dos 3 de hoje não poderia tratar de outro tema. Começam, nesse sábado, as séries dos playoffs que mais me deixaram empolgados desde que comecei a acompanhar a NBA. Talvez, toda essa animação não venha do meu lado torcedor – tenho sérias dúvidas quanto à participação do San Antonio Spurs na pós-temporada – e sim do meu lado fã de basquetebol.

A sempre equilibrada Conferência Oeste tem sim um favorito indiscutível; o Los Angeles Lakers. Mas, a partir daí, de Denver Nuggets a Utah Jazz – passando pelos Spurs – temos sete equipes, no meu modo de ver, muito niveladas. Tudo pode acontecer nesse lado na luta para derrubar Kobe Bryant e companhia e chegar à final da NBA.

Nesse lado, destaco positivamente a excelente campanha da jovem equipe do Portland TrailBlazers, que, de volta aos playoffs, têm condições de irem longe e de começar uma sequência de boas campanhas para a franquia. De negativo, fica a ausência do Phoenix Suns da pós-temporada; a equipe sofreu bastante com o desfalque de Stoudamire, e agora nomes como Steve Nash e Shaquille O’Neal terão de acompanhar os offs pela televisão.

O lado leste tem também um favorito na ponta da língua da maioria dos fãs de basquetebol; o Cleveland Cavaliers tem, talvez, a grande chance de sua história de sagra-se campeão da NBA. Mas Boston Celtics e Orlando Magic aparecem logo atrás de Cavaliers e Lakers na lista de favoritos ao título dessa temporada. Uma conferência com mais potências, e, nesse sentido, mais emocionante.

Como azarões no Leste, temos as jovens equipes do Atalnta Hawks e do Philadelphia 76ers, times que, se bem trabalhados, tendem a crescer nos próximos anos. Além disso, temos o Miami Heat, de Dwayne Wade; se o ala-armador jogar tudo o que pode nesses playoffs, sua equipe pode dar trabalho. Completando a lista de classificados, temos os tradicionais Chicago Bulls e Detroit Pistons; duas equipes acostumadas às decisões, o primeiro históricamente e o segundo recentemente.

Os playoffs dessa temporada prometem mais emoção do que nunca. Um nível elevadíssimo de equipes e jogadores espetaculares tendem a fazer séries memoráveis a partir de logo mais. E, repetindo a pergunta presente no site oficial da NBA: aonde será que o incrível acontecerá esse ano?