Arquivo diário: 08/04/2009

Robinson escolhido para o Hall da Fama do Basquete

brunonoticiaspa34

O dia de ontem marcou um acontecimento importante para a história da franquia de San Antonio. O ex-pivô David Robinson, mais conhecido como ‘O Almirante’, foi  eleito para o Hall da Fama do Basquete. Junto com ele, mais quatro pessoas foram escolhidas: a atual técnica da Universidade de Rutgers, no basquete feminino, Vivian Stringer, o lendário treinador do Utah Jazz, Jerry Sloan, o ex-armador do Utah Jazz, John Stockton, e aquele que é tido por muitos o melhor jogador de todos os tempos, Michael Jordan.

Três jogadores do Dream Team foram selecionados nessa leva para o Hall da Fama: Michal Jordan (#9), David Robinson (#5) e John Stockton (#12)

Três jogadores do Dream Team foram selecionados nessa leva para o Hall da Fama: Michael Jordan (#9), David Robinson (#5) e John Stockton (#12)

Tanto Robinson quanto Stockton e Jordan participaram do lendário Dream Team, que disputou as olimpíadas de 1992 e contava, além de tudo, com Magic Johnson e Larry Bird. “É divertido, pois passei grandes momentos com esses caras”, disse o almirante, que passou 14 temporadas com o San Antonio Spurs. “Estávamos lá durante a cerimônia relembrando o time olímpico, o quanto demos duro, como foi bom jogarmos juntos e o quanto aprendemos um com o outro”, completou.

Antes de David Robinson, apenas um atleta do Spurs havia sido eleito para o Hall da Fama do basquete – George Gervin. Gervin marcou época com a camisa de San Antonio, e teve seu número, 44, aposentado pela franquia. No mais, parabéns a todos que foram selecionados nesse ano, especialmente ao Almirante, que é muito querido por todos os torcedores do Spurs.

Spurs (50-27) vs. Blazers (49-28) – Temporada Regular

brunoprejogozb2

Pré-Jogo -San Antonio Spurs vs. Portland Trail Blazers – Temporada Regular

Local: AT&T Center

Data: 08/04/2009

Horário: 20:00 (Horário de Brasília)

Situação do Jogo

Depois do péssimo mês de março, juntado à notícia do fim da temporada para Manu Ginobili, o Spurs conseguiu respirar na noite de ontem ao bater o Oklahoma City Thunder. Mesmo com a vitória, a equipe continua em terceiro lugar na Conferência Oeste, ameaçado ainda pelo Portland Trail Blazers, que está na cola do Spurs. O jogo de hoje serve como prova para o futuro da equipe na temporada; se vencer, o terceiro lugar está praticamente garantido.

Série na Temporada (1-2)

01/11/2008 – San Antonio Spurs 100 @ 99 Portland Trail Blazers

No segundo jogo da temporada, San Antonio viajou até Portland e foi derrotado por muito pouco. Na época, o jogo marcou a segunda derrota consecutiva no começo do ano. Tim Duncan (27) e Tony Parker (24) fizeram grandes partidas.

26/02/2009 – San Antonio Spurs 99 vs. 84 Portland Trail Blazers

Com 39 pontos, o armador Tony Parker comandou a vitória dos texanos em San Antonio. Dos três jogos disputados entre as equipes na temporada, esse foi o que o Spurs melhor atuou – e ainda sem o ala-pivô Tim Duncan, que foi poupado.

02/03/2009 – San Antonio Spurs 84 @ 102 Portland Trail Blazers

Em um dos piores jogos do Spurs na temporada, a equipe foi massacrada pelo Portland. Brandon Roy e LaMarcus Aldridge tiveram ótimos desempenhos e carregaram o time nas costas. Steve Blake também teve sólida atuação.

Fique de Olho

Portland Trail Blazers

Roy lidera a equipe em mais um triunfo (Photo by Layne Murdoch/NBAE via Getty Images)

Roy lidera a equipe em mais um triunfo (Foto por Layne Murdoch/NBAE via Getty Images)

Brandon Roy se tornou rapidamente um jogador de grande porte na NBA. No panorama atual, ele vem jogando um dos basquetes mais vistosos e liderando o Blazers na bela campanha da equipe até aqui. Na temporada, médias de 22.9 pontos, 4.8 rebotes e 5.2 assistências por partida.

Interativo – Spurs @ Thunder – Temporada Regular

Melhores Momentos de Spurs vs. Thunder – 07/04/2009

Top 10 da Rodada de 07/04/2009

Spurs (50-27) @ Thunder (21-56) – Um novo “Big Three”?

sas299X89okc

O San Antonio Spurs foi até Oklahoma City enfrentar a jovem equipe do Thunder, e, após dar um susto na torcida texana, saiu com a vitória, contando com a boa atuação de Drew Gooden saindo do banco de reservas. Esta foi a 50ª vitória da equipe na temporada, o que coloca o Spurs em um seleto grupo de equipes que conseguiram 50 ou mais triunfos por pelo menos dez temporadas seguidas. Apenas o Boston Celtics de Bill Russel e o Los Angeles Lakers de Magic Johnshon e Abdul-Jabbar haviam conseguido este feito.

Duncan tenta a jogada, observado de perto por Gooden e Parker. (Foto por Layne Murdoch/NBAE via Getty Images).

Duncan tenta a jogada, observado de perto por Gooden e Parker. (Foto por Layne Murdoch/NBAE via Getty Images).

O primeiro período da partida teve um início equilibrado e marcado pela vantagem dos ataques sobre as defesas. Nos últimos minutos, um apagão na equipe texana permitiu que os donos da casa abrissem cinco pontos de vantagem, fechando o período em 32 a 27.

Gooden fez sua melhor partida com a camisa do Spurs (Foto porSue Ogrocki/AP Photo)

Gooden fez sua melhor partida com a camisa do Spurs (Foto por Sue Ogrocki/AP Photo)

Para os mais pessimistas, parecia que esta seria mais uma frustrante derrota dos Spurs, que agora não poderão contar mais com Manu Ginóbili, fora da temporada com um problema no tornozelo. Mas os torcedores ficaram mais tranquilos quando, no último minuto, Parker anotou quatro pontos seguidos e virou a partida; 51-50.

Na volta dos vestiários, o Thunder conseguiu retomar a liderança no marcador, porém não por muito tempo. Com Parker, Duncan e Gooden combinando boas jogadas, os texanos finalmente conseguiram se impor, retomaram o comando do placar e fecharam o quarto com vitória, 24 a 22.

Nos doze minutos finais, coube ao Spurs segurar a empolgação adversária e administrar, esperando o final de jogo. Apesar da diferença não ultrapassar os dez pontos, os visitantes tinham o comando das ações em quadra e não tiveram a vitória ameaçada neste último período.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 25 pontos, 15 rebotes e três bloqueios

Tony Parker – 21 pontos e dez assistências

Drew Gooden – 20 pontos, quatro rebotes e dois bloqueios

Oklahoma City Thunder

Kevin Durant – 24 pontos, sete rebotes e seis assistências

Jeff Green – 16 pontos

Thabo Sefolosha – 13 pontos e nove rebotes

Mason assumirá vaga de Manu

brunonoticiaspa32

83007443LM004_SPURS_HORNETSDe acordo com o treinador Gregg Popovich, quem substituirá Manu Ginobili na equipe titular será mais uma vez o ala-armador Roger Mason Jr. Até aqui, o atleta vindo de Washington vem jogando pouco mais de 3o minutos por partida, e vem com médias de 11.6 pontos, 3.1 rebotes e 2.1 assistências.

Mason elogiou o companheiro, que perderá o restante da temporada: “Ele é um superstar e acho que nenhum de nós é capaz de fazer o que ele faz em quadra”, disse o jogador. “Eu penso coletivamente, todos nós temos que melhorar nossos desempenhos e isso significa que temos que defender um pouco melhor e pegar muito mais rebotes. Temos que fazer tudo melhor”, finalizou o novo titular.