Arquivo diário: 02/04/2009

Manu diz que Spurs precisa de mais energia

brunonoticiaspa3

Com a má fase enfrentada pelo San Antonio Spurs nos últimos jogos, alguns jogadores vieram à imprensa para se justificar. Um deles foi o argentino Manu Ginobili, que declarou na tarde de hoje que o time precisa trazer mais energia para a quadra nos jogos que faltam para o término da temporada regular.
Em entrevista, Manu (centro) cobrou mais apoio entre os jogadores

Em entrevista, Manu (centro) cobrou mais apoio entre os jogadores

“Nós todos temos que jogar melhor e apoiar um ao outro. Temos também que sermos mais fortes”, declarou o ala, que acabou de se recuperar de problema no tornozelo. Além de trazer mais energia para os jogos, Manu disse que a equipe tem que jogar melhor como um conjunto nos oito jogos que ainda faltam.

“As vezes, quando estamos lutando na partida, pedimos um tempo e ficamos estáticos no banco”, comentou o jogador. “Outras vezes, nos criticamos e dizemos o que está certo ou errado, ou simplesmente dizemos uma palavra de apoio – isso ajuda”, completou o argentino. Ginobili ainda ressaltou a importância de os jogadores se ajudarem uns aos outros: “Tem vezes que não é o treinador que tem que dizer tudo. Semana passada, por exemplo, fomos um pouco relaxados nesse sentido. Isso é algo que toda equipe precisa e já fizemos isso melhor no passado”, finalizou.

Mahinmi em Austin

Ian Mahinmi - San Antonio SpursO ala-pivô-eterna-promessa, Ian Mahinmi, finalmente se recuperou de um problema no joelho direito. O jogador passou por cirurgia no final de janeiro e está de volta. Com a chegada de Drew Gooden, Mahinmi perdeu o pouco espaço que já tinha no elenco e foi mandado mais uma vez para o Austin Toros – equipe filiada ao San Antonio Spurs na liga de desenvolvimento da NBA. Boa sorte, Ian!

Resumo WNBA temporada 2009

brunolinha3kv5

Stars assinam com australiana

O técnico e General Manager do San Antonio Siver Stars, Dan Hughes, anunciou a contratação da ala australiana Belinda Snell, duas vezes medalhista olímpica com a Austrália e ex-jogadora do Phoenix Mercury – também da WNBA.

Belinda Snell (.dir) chega para ajudar o elenco na busca pelo título de 2009

Belinda Snell (dir.) chega para ajudar o elenco na busca pelo título de 2009

Snell jogou durante três temporadas pela equipe do Arizona. Lá, no entanto, teve poucas oportunidades, e, em 80 jogos disputados, suas médias foram de 3.4 pontos e 1.5 rebotes por partida. A australiana também participou da campanha do título do Phoenix Mercury em 2007. Contudo, na última temporada ela preferiu se ausentar para participar do forte treinamento do selecionado aussie para as Olimpíadas de Beijing.

Snell com a camisa do Phoenix; título merecido na temporada 2007

Snell com a camisa do Phoenix; título merecido na temporada 2007

O treinador de San Antonio ficou feliz com a nova atleta: “Estamos gratificados por ter Snell em San Antonio”, disse. “Ela tem muitas habilidades no jogo de perímetro e é muito focada no trabalho. Seu jogo vem evoluindo a cada dia”, declarou o técnico sobre a jogadora de 27 anos. Na temporada européia, Snell tem jogado na Rússia pelo Dynamo Moscow – rival do CSKA, que acompanhamos aqui no De Olho Neles. Lá, ela é uma das cestinhas do campeonato e ajudou a levar sua equipe até as semifinais – que acontecem no próximo dia 12.

Ao meu ver, como mero espectador da liga e torcedor fervoroso das Silver Stars, Dan Hughes acertou em cheio mais uma vez. Snell é uma jogadora muito valorizada no selecionado australiano e uma peça muito importante no esquema de jogo da equipe. Na WNBA, contudo, ela nunca teve grandes oportunidades – talvez essa seja a grande chance de mostrar seu jogo na forte liga americana.

Mais uma nova jogadora

Completando a onda de contratações, Dan Hughes também anunciou a chegada da pivô Bernadette Ngoyisa, que esteve temporada passada junto ao Indiana Fever. No ano de 2005, a jogadora esteve em San Antonio e conseguiu discretas médias de 4.3 pontos e 2.3 rebotes por partida. Welcome Back!

Ann Wauters de volta

A pivô Ann Wauters, destaque da equipe na campanha do ano passado – quando San Antonio chegou às finais da WNBA -, declarou que irá continuar na equipe texana por mais uma temporada. A notícia vem do blog da equipe e foi confirmada pelo site oficial. Ou seja, mais uma temporada com a belga indica que poderemos brigar pelo título novamente.

O dilema de Lauren Jackson

Estrela do selecionado australiano, Lauren Jackson está indecisa sobre seu futuro

Estrela do selecionado australiano, Lauren Jackson está indecisa sobre seu futuro

Talvez a jogadora mais badalada da WNBA atual, a australiana Lauren Jackson ainda não sabe se retornará ao Seattle Storm. Fontes próximas à aussie dizem que ela está num grande dilema. O que se sabe até agora é que o próprio Seattle Storm e o Phoenix Mercury tentam fechar com a atleta a todo custo. É possível que o desgaste após inúmeras temporadas em Seattle possa fazer com que a australiana mude de ares. A loira, no entanto, ainda parece indecisa: “Não quero tomar nenhuma decisão errada”. Se ela for para o Arizona, a parada será difícil, já que juntarão-se quatro grandes ícones em um único time – Lauren Jackson, Penny Taylor, Cappie Pondexter e Diana Taurasi. E o pior é que as quatro podem jogar tranquilamente juntas.

Será que alguém segura as Sparks?

Tina Thompson é apresentada cheia de pompa em Los Angeles; time imbatível?

Tina Thompson é apresentada cheia de pompa em Los Angeles; time imbatível?

Se no ano passado muita gente dava como certo o título para o Los Angeles Sparks, nesse ano as perspectivas devem ser ainda maiores. Além das já badaladas Lisa Leslie e Candace Parker, a bola da vez é a veteraníssima Tina Thompson. Lenda da liga e multicampeã com o Houston Comets – que infelizmente faliu – a ala-pivô vem para sua 13ª temporada com sede de título. O pior de tudo (para os torcedores adversários, pelo menos) é que além das três já citadas, o elenco de apoio ainda é muito bom; conta com jogadoras como Marie Ferdinand-Harris, Sidney Spencer, Shannon Bobbitt e DeLisha Milton-Jones. Olho nas Sparks!

O draft está chegando

'Gordinha' Courtney Paris é uma das favoritas

'Gordinha' Courtney Paris é uma das favoritas

Antes do começo de temporada sempre tem o draft – recrutamento das jogadoras universitárias. Nesse ano, o evento está marcado para o dia nove de abril, daqui a exatamente uma semana. O Spurs Brasil acompanhará o recrutamento e publicará na íntegra as selecionadas. Para os torcedores das Silver Stars, a equipe terá a 14ª escolha – o que, diferentemente da NBA, é considerada uma escolha alta, com poucas chances de se conseguir uma grande jogadora. Confira abaixo a ordem de seleção da primeira rodada:
.
1º Atlanta Dream

2º Washington Mystics

3º Chicago Sky

4º Minnesota Lynx

5º Phoenix Mercury

6º Indiana Fever

7º Sacramento Monarchs

8º New York Liberty

9º Connecticut Sun

10º Minnesota Lynx

11º Detroit Shock

12º Seattle Storm

13º Los Angeles Sparks