Arquivo diário: 17/03/2009

Interativo – Spurs @ Thunder – Temporada Regular

Melhores Momentos de Spurs @ Thunder – 16/03/2009

Top 5 da Rodada de 16/03/2009

Anúncios

Duncan fora contra o T-Wolves

brunonoticiaspa36

Mesmo contra a vontade, Duncan ficará de fora do embate dessa noite

Mesmo contra a vontade, Duncan ficará de fora do embate dessa noite

Segundo o site mysanantonio.com, o ala-pivô Tim Duncan ficará de fora do jogo de daqui a pouquinho contra o Minnesota Timberwolves. Preocupado com as constantes dores sentidas pelo atleta no joelho, o técnico Gregg Popovich optará por deixá-lo de fora para descansar.

“Duncan ficará de fora essa noite”, disse o treinador. “Ele não gosta disso, mas creio que é importante poupá-lo agora para termos ele saudável até o final da temporada. Uma das maneiras de descansá-lo é evitar que ele jogue os jogos seguintes depois longas viagens, e é isso que estou fazendo”, completou.

É o terceiro jogo que Duncan ficará de fora na temporada. Uma das principais causas é o seu joelho, que o incomodou nesse ano em diversas oportunidades. “As vezes seu joelho vai incomodar e atrapalhará seu desempenho (…) Estou apenas o forçando a ficar de fora essa noite”, finalizou Popovich.

Spurs (44-22) vs. Timberwolves (20-46) – Temporada Regular

kamusprejogonz0

Pré-Jogo – San Antonio Spurs vs. Minnesota Timberwolves – Temporada Regular

Local: AT&T Center

Data: 17/03/2009

Horário: 21:30

Situação do Jogo

Após a derrota para o Oklahoma City Thunder, o Spurs recebe a equipe do Minnesota Timberwolves. A vitória é crucial para o time texano se manter na segunda colocação do Oeste, já que o Utah Jazz está na cola do Spurs. Em contrapartida, a equipe do Wolves, que não possui mais chances de playoffs, busca testar seus jogadores para a próxima temporada.

Série na temporada (3-0)

5/11/2008 – Spurs 129 @ 125 Timberwolves

A vitória contra o Minnesota Timberwolves no dia cinco de novembro foi a primeira da equipe na temporada. De quebra, Tony Parker obteve seu melhor desempenho da carreira anotando sua melhor marca em jogos oficiais; 55 pontos, dez assistências e sete rebotes.

12/12/2008 – Spurs 98 @ 86 Timberwolves

Novamente em Minnesota, o Spurs desta vez não teve dificuldades em bater os donos da casa. Contra a excelente atuação do trio Duncan, Parker e Ginóbili, o Wolves não conseguiu demonstrar força para buscar o placar.

23/12/2008 – Spurs 99 vs. 93 Timberwolves

Em casa, o Spurs teve alguma dificuldade para bater o Minnesota. Com brilhante atuação de Jefferson e Foye, os visitantes deram trabalho para a equipe texana, mas, no final do jogo, Tony Parker deu um passe e anotou seis pontos – acabando assim com as chances do Wolves.

Fique de Olho

min

kevin_love

Um dos principais nomes do último draft, Kevin Love vem correspondendo às expectativas nele depositadas. Com uma excelente temporada de estréia na liga, Love é um dos principais novatos do ano. Até aqui, o ex-jogador da UCLA está com médias de 10.3 pontos e 8.8 rebotes em quase 25 minutos em quadra por partida.

Vice de novo?

Cantiga ecoada nos estádios cariocas quando Flamengo e Vasco se enfrentam pelos mais diversos campeonatos futebolísticos – domingo é dia de novo Clássico dos Milhões! – as palavras “Oh, oh, oh, vice de novo!” parecem cada vez mais se encaixarem na NBA. Se encaixam primeiro na temporada regular, que a cada semana dá seus últimos suspiros e se mostra cada vez mais definida (lamentam nessa hora os torcedores do Phoenix Suns). Podem se encaixar também nos playoffs, momento áureo da NBA, e, por final, na própria Final, sem sombra de dúvidas o momento mais esperado do basquete norte-americano e quiçá do basquete mundial.

Vamos começar então falando da temporada regular, mais especificamente da conferência Oeste. Disparado na liderança está o Los Angeles Lakers, time que passa longe do meio termo para os fãs. Ou é amado ou é odiado. Eu não os amo, mas acho melhor deixar minha opinião neste caso de lado… Voltando ao assunto, a franquia que abriga o astro Kobe Bryant sobra na conferência em que está o San Antonio Spurs na vice-liderança. Neste caso, já é certa a definição do primeiro colocado. A segunda colocação ainda não está definida, mas o Spurs parece quase certo como detentor da colocação ao fim dos 82 jogos regulares. Na última temporada, o vice na regular ficou com o New Orleans Hornets, com campanha idêntica à do time de San Antonio. Como não gosto de critérios de desempate… será que o Spurs será vice de novo?

Passando para a pós-temporada, podemos finalmente fazer uma análise mais completa sobre o embate Spurs x Lakers. Principais favoritos do lado Oeste, os dois times têm tudo para fazer a final de conferência pela segunda vez seguida. E é aí que entra o principal “vice de novo”. Se chegarem à final, como penso que chegarão, as equipes se enfrentarão em melhor de sete jogos, sendo o último desses embates disputado em Los Angeles, devido às regras da NBA, que concedem mais mando de quadra à franquia de melhor campanha na temporada regular. E, neste caso o equilibrado duelo entre as franquias requer mando de quadra, uma vez que em San Antonio costuma dar Spurs e em Los Angeles o Lakers. Seria o Spurs vice de novo?

Por fim, a grande Final da NBA, colocando frente à frente os campeões do Oeste e do Leste. Seguindo a teoria do “vice de novo”, os Lakers estariam classificados para o evento, e provavelmente enfrentariam algum desses times: Cleveland Cavaliers, Orlando Magic ou Boston Celtics. Acredito, confio e torço pelo Cavaliers, time com o qual simpatizo. E aí entra a sina do vice. Na única vez que chegou à final, o Cavs foi varrido pelo Spurs e somou um vice-campeonato para sua história. Na última temporada, no entanto, o Lakers chegou à série decisiva com pompas de grande time e acabou sendo destroçado pelo Celtics, ficando com o vice. Caso minhas previsões “viceístas” se confirmem, onde será gritado vice de novo? Pelos fãs de Cleveland ou de Los Angeles?

O que espero é que, ainda baseado nas torcidas cariocas, os fãs de San Antonio possam gritar, no final das contas, que “o Spurs é o time da virada, o Spurs é o time do amor”.

Derrota para o Thunder ofusca milésimo jogo de Popovich

brunonoticiaspa35

Por muitas vezes mal humorado e rabugento, Popovich é um grande treinador

Por muitas vezes mal humorado e rabugento, Popovich é um grande treinador

Na derrota de ontem para o Oklahoma City Thunder, o técnico do San Antonio Spurs, Gregg Popovich, completou seu milésimo jogo como treinador da NBA.

Com a marca, Pop se junta a um seleto grupo de técnicos que alcançaram mil jogos na liga – ele é apenas o 24º. O buraco é ainda mais fundo quando é levado em conta os jogos disputados por uma única equipe. Gregg Popovich passou toda sua carreira com o Spurs; desta maneira, ele é o sétimo treinador da história da NBA a alcançar mil jogos por um só time.

Entre todas as partidas que Popovich comandou até aqui, ele tem uma excelente porcentagem de vitórias. Foram 676 triunfos em mil duelos disputados – o que dá uma generosa média de 67.6% de aproveitamento.