Arquivo diário: 09/03/2009

Interativo – Spurs vs. Suns – Temporada Regular

Melhores Momentos de Spurs @ Suns – 08/03/2009

Top 10 da Rodada de 08/03/2009


Defesa de George Hill em Nash foi fundamental para vitória dos Spurs

Os Spurs começaram o quarto período da vitória sobre o Phoenix Suns vencendo por quatro pontos de diferença. Porém, essa vantagem já havia chegado a 13 pontos, e estava caindo. Por isso, Popovich resolveu tomar uma atitude; colocou em quadra George Hill, que até então tinha atuado por apenas 42 segundos, para marcar ninguém menos do que Steve Nash.

Nash tenta infiltrar na defesa de San Antonio (Fonte: yahoo.com)

Nash tenta infiltrar na defesa de San Antonio (Fonte: yahoo.com)

Hill conta que o treinador Popovich falou simplesmete “George, entre. Tome conta de Nash”. O armador respondeu apenas “OK”, e seu treinador insistiu: “Eu quis dizer para você realmente tomar conta de Nash, então marque ele na quadra toda e trabalhe ele”.
Hill foi a sombra de Nash durante todo o quarto quarto. Fonte: cbssports.com

Hill foi a sombra de Nash durante todo o quarto quarto. Fonte: cbssports.com

Draftado pela franquia de San Antonio principalmente por causa de sua habilidade defensiva, Hill jogou o quarto quarto inteiro e ajudou a conter a reação do Suns, guardando seu principal cérebro, o armador Steve Nash. Popovich se mostrou feliz com a atuação do novato:

“Eu achei que ele fez um bom trabalho em Steve, o que diz bastante. Ele cuidou bem dele, não fez faltas e tornou difícil para ele arremessar. Isso realmente nos ajudou, porque você sabe que Steve será capaz de tentar e de pontuar nessas situações”.

Os dois turnovers cometidos por Nash, aliados a um arremesso errado do armador, bem contestado por George Hill, ajudaram os Spurs a aumentarem sua vantagem para dez pontos. Os créditos das roubadas foram para Parker e Thomas, mas foi Hill quem forçou os erros de Nash.

Bowen também perseguiu Nash durante alguns minutos (Fonte: yahoo.com)

Bowen também perseguiu Nash. Fonte: yahoo.com

O armador reserva da franquia texana disse que para marcar alguém nomeado duas vezes como MVP, é preciso ser sólido: “Steve Nash é um grande jogador, um desses jogadores que eu assisti na NBA antes de eu chegar aqui. Eu apenas tentei dar a ele o devido respeito e defender da melhor maneira que posso”.

Bruce Bowen também já havia feito seu papel característico contra o Suns; tentar parar Steve Nash. Sobre o histórico confronto, Bowen declarou: “Se você já viu alguma de nossas séries contra o Suns, é simplesmente lógico esperar que eu terei uma oportunidade de fazer isso”.

Sobre o desempenho de seu colega Hill, o veterano ala declarou: “George fez um bom trabalho. Quando nós o marcamos quadra-inteira, foi um pouco demais para ele. Naquela altura do jogo, ele estava cometendo alguns turnovers que ele não costuma cometer”.

Folga na Superliga Russa

brunoolhonelesbsq91

Nessa semana, a equipe do CSKA Moscow está de folga na Superliga Russa. Após a fatídica eliminação na Euroliga diante do Halcon Avenida, a equipe da capital – que antes estava invicta no torneio nacional – caiu de produção e vem em má fase. Nesse período, foram duas vitórias e três derrotas para o CSKA. Confira aqui no Spurs Brasil uma retrospectiva desses cinco duelos.

Se o período pós-euroliga tem sido turbulento, a boa notícia fica por conta da volta da ala Katie Douglas (Fonte: cskabasket.ru)

Se o período pós-euroliga tem sido turbulento, a boa notícia fica por conta da volta da ala Katie Douglas (Fonte: cskabasket.ru)

07/02/2009 – CSKA Moscow 42 x 68 UMMC Ekaterimburg

No primeiro enfrentamento após o baque da Euroliga, o CSKA duelou em casa contra o fortíssimo UMMC Ekaterimburg. Pouco motivada e com muitos erros (31.8 % FG), a equipe sucumbiu ao bom desempenho da ala-armadora polonesa Agnieszka Bibrzycka, que anotou 24 pontos. 

10/02/2009 – CSKA Moscow 73 x 78 Dynamo Moscow

Três dias depois, foi a vez de enfrentar o também forte Dynamo Moscow – mais uma vez em casa. Ainda desmotivada mas com um basquete bem mais apresentável do que contra o UMMC, as comandadas de Igor Grudin até que tentaram, mas o bom jogo em conjunto do Dynamo ajudou a afundar as adversárias.

Cartazes misteriosos, pelo menos para nós brasileiros, sempre aparecem no ginásio do CSKA. Alguém sabe o que significa esse? (Fonte: cskabasket.ru)

Cartazes misteriosos, pelo menos para nós brasileiros, sempre aparecem no ginásio do CSKA. Alguém sabe o que significa esse? (Fonte: cskabasket.ru)

13/02/2009 – CSKA Moscow 96 x 66 Dynamo Novosibirsk

A redenção veio na partida contra o Dynamo Novosibirsk – penúltimo colocado na Superliga. No terceiro jogo consecutivo em seus domínios, o CSKA finalmente fez valer o mando de quadra e venceu com extrema facilidade. Destaque para o conjunto da equipe Moscovita – cinco jogadoras fizeram dez ou mais pontos.

21/02/2009 – Slavyanka 77 x 94 CSKA Moscow

Após a sequência de jogos mal aproveitada em casa, o CSKA pegou estrada para duelar com o Slavyanka – pior time do campeonato. Sem grande resistência do adversário, Ann Wauters e companhia passearam em quadra. Mais uma vez, o destaque foi o conjunto; das nove atletas que estiveram em quadra, seis anotaram dez ou mais pontos.

01/03/2009 – Nadezhda Orenburg 90 x 78 CSKA Moscow

Liudmila Sapova ganhou espaço e jogou bem após a saída de Katie Douglas

Liudmila Sapova ganhou espaço e jogou bem após a saída de Katie Douglas

No jogo disputado no último dia 01/03, o CSKA voltou a perder, dessa vez para o regular Nadezhda Orenburg – quinto colocado no torneio. Na oportunidade, o time da capital até jogou bem e errou menos do que nas derrotas anteriores. No entanto, o desempenho pungente da ala russa Olga Ovcharenko, que fez 25 pontos, acabou com as esperanças do CSKA. O embate contra o Nadezhda também marcou a volta da ala Katie Douglas, que ficou longo período afastada devido a problemas físicos.

 O CSKA volta às quadras na próxima quinta-feira, para enfrentar o Spartak SP. Com o período turbulento, o time que antes era primeiro colocado caiu para terceiro – atrás de UMMC Ekaterimburg e Dynamo Moscow.