Arquivo diário: 19/02/2009

Agora o Bulls vai?

brunolinha3kv51

É sempre assim; entra ano, sai ano, e, perto da trade deadline, sempre chovem rumores na NBA, e consequentemente nos sites especializados no assunto. Nesse ano não foi diferente; um dos times que mais se envolveu em rumores foi o Chicago Bulls, que, mesmo com a vinda do calouro Derrick Rose, não conseguiu engrenar na temporada até aqui.

Com uma campanha ruim de  30 derrotas e apenas 24 vitórias, o Bulls ocupa hoje a nona colocação na Conferência Leste – pouco atrás do Milwaukee Bucks. É bem capaz que a equipe se classifique com um recorde negativo, mas, mesmo assim, as chances nos playoffs seriam nulas. Se com um time apenas mediano o Bulls lutava por uma vaga na pós-temporada, com as trocas realizadas ontem posso afirmar que a equipe de Illinois está quase lá.

Essa é a parte que o leitor menos informado deve estar se perguntando: “Será que o LeBron James ou o Dwyane Wade vieram para o Bulls em troca do Joakim Noah?”. Bom, não querendo desanimar os torcedores mas já desanimando, não foi nem o LeBron nem o Wade que chegaram em Chicago. Buscando alternativas para levantar o time, o General Manager John Paxson executou uma inteligente troca com o Sacramento Kings – inteligente ao meu ver, pelo menos.

Quem chega é o pivô Brad Miller – que inclusive já jogou pelo Bulls – e o ala-armador John Salmons, que tem feito uma boa temporada com o Kings. Quem sai é o argentino Andres Nocioni e o ala-pivô Drew Gooden. Vamos analisar: Miller é um bom pivô, isso é indiscutível; o que pesa contra ele é o fato da idade estar começando a pesar em suas costas; embora ainda seja um bom jogador e um pivô com inteligência acima da média, Miller vem em decadencia e já não é mais o mesmo de outros tempos.

John Salmons é um jogador curioso. Seu nome foi ventilado em diversos rumores, talvez um dos nomes que mais se falou nesse rebuliço todo. Contudo, vale lembrar que nesse ano o jogador completa 30 anos; ou seja, Salmons já não é nenhum garoto – é mais um daquela série que despontou depois de ‘velho’. Nesse sentido, achei que o Bulls poderia ter buscado outras alternativas, já que conta com algumas moedas de troca interessantes e possui muitos jogadores que podem executar esse posto. No entanto, é inegável que Salmons vem jogando um bom basquete nessa temporada, e na medida do possível é um bom reforço.

Achei a troca vantajosa por quê? Bom, eu acho o Drew Gooden um bom jogador; voluntarioso, esforçado, brigador – e só. Drew Gooden é apenas um bom carregador de piano, embora viesse fazendo bons jogos com a camisa do Bulls. Mesmo assim, atletas do seu tipo é o que mais tem na NBA; partindo desse principio, creio que ele fará pouca falta à equipe. Andres Nocioni já fez grandes temporadas com a camisa de Chicago – e inclusive também o acho bom jogador; contudo, parece que Nocioni esqueceu seu basquete em algum lugar – provavelmente na Argentina, já que ultimamente seu desempenho vem apenas caindo. Provavelmente, o que pesou na saída do argentino foi o longo e relativamente alto salário – que duraria até a temporada 2012-2013.

O período de trocas se encerra hoje, e possivelmente algumas mudanças ainda devem ser feitas. O Chicago Bulls ainda está envolvido em alguns rumores. Kirk Hinrich – para mim um dos jogadores mais superestimados da NBA – pode estar de saída; mas isso é apenas rumor, nada de concreto. Mesmo com um time razoável, é bem provável que o Chicago consiga se classificar para a pós-temporada com o time que aí está. No entanto, se quiser alcançar voos mais altos, Paxson terá que quebrar a cabeça e buscar reforços melhores.

Mason descarta ser trocado

Mason descartou ser trocado e ganhou pontos com a comissão técnica do Spurs (Photo by Kevork Djansezian/Getty Images)

Mason descartou ser trocado e ganhou pontos com a comissão técnica do Spurs (Photo by Kevork Djansezian/Getty Images)

Um dos principais envolvidos nos rumores que tomam San Antonio nas últimas semanas, o ala-armador Roger Mason descartou qualquer possibilidade de deixar o San Antonio Spurs, e deste modo praticamente acabou com qualquer esperança dos torcedores da franquia de que uma grande troca seja realizada ainda hoje, data limite para que as equipes da NBA realizem negociações entre si.

“Quero permanecer aqui [Spurs] por muito tempo, foi uma franquia com a qual me identifiquei. Claro que as decisões são tomadas pelos dirigentes, mas eu não quero ser trocado”, afirmou Mason em entrevista. “Foram muitos rumores e alguns inclusive nem devem ter fundamento, mas isso não me preocupa, pelo contrário. Sei que isso é fruto do meu trabalho e fico feliz por estar sendo reconhecido, mas quero ficar. Quero ser campeão com o Spurs”.

As declarações do ala-armador acontecem em um momento no qual se revela que o New Jersey Nets teria feito novas investidas para envolver o jogador em troca com o também ala-armador Vince Carter. Ainda no começo da semana, alguns diretores do Spurs descartaram a vinda de Carter; mas, pelo que se vê, os executivos de Nova Jersey não desistiram do negócio. As outras negociações nas quais se citava o Spurs – com Milwaukee Bucks e Washington Wizards – também envolviam o nome de Mason, e desse modo não devem passar de rumores.

As palavras de Mason impressionaram os executivos do Spurs e também parte da comissão técnica da franquia, que afirmam preferir contar com um atleta muito motivado a um allstar que possa trazer problemas ao time, em clara referência ao negócio que envolveria Carter.

Ginobili fora do restante da rodeo trip

Derrota para o Raptors foi último jogo do qual Manu participou. (Photo by Getty Images)

Derrota para o Raptors foi último jogo do qual Manu participou. (Photo by Getty Images)

Desde o final de janeiro passado, o San Antonio Spurs realiza uma viagem denominada rodeo trip, na qual atua apenas fora de casa devido aos rodeios realizados em San Antonio nesta época do ano. E nessa viagem que termina no próximo sábado, a franquia terá que lidar a partir de agora com um desfalque certo: o ala-armador Manu Ginobili. Depois de perder a partida contra o New York Knicks e ser confirmado como desfalque para o embate desta noite, contra o Detroit Pistons, o jogador perderá também o duelo que fechará a viagem, no próximo sábado, contra o Washington Wizards.

Incomodado com uma lesão no tornozelo direito, que o persegue desde os Jogos Olímpicos de Pequim, em agosto de 2008, Manu deverá sofrer tratamento pesado na região visando sua melhora já para o primeiro jogo em casa depois de quase um mês atuando fora, na partida contra os rivais locais do Dallas Mavericks, na próxima terça-feira. Há a possibilidade, no entanto, de o argentino ficar algum tempo a mais sem condições de jogo para que seu desempenho na pós-temporada não seja afetado. Neste primeiro momento, os médicos do Spurs descartam que o jogador possa ficar afastado de todo o restante da temporada.

Entretanto, diretores do Spurs já cogitam a hipótese de perder o ala-armador, um dos principais jogadores da equipe, por todo o restante da temporada, e começam a se movimentar mais intensamente nos bastidores. Com a data limite para trocas sendo hoje, os diretores da franquia texana deverão correr atrás de jogadores que possam suprir a falta de Ginobili sem deixar o nível de jogo da equipe cair muito. Tal negociação, no entanto, é vista como muito difícil por grande parte dos especialistas que acompanham o time. Nomes como Caron Butler, do Wizards, e Richard Jefferson, do Milwaukee Bucks, são os mais cotados em San Antonio.

Pré-Jogo – Spurs (35-17) @ Pistons (27-25) – Temporada Regular

brunoprejogozb21

Pré-Jogo – San Antonio Spurs @ Detroit Pistons – Temporada Regular

Local: The Palace of Auburn Hills

Data: 19/02/2009

Horário: 22:00 (Horário de Brasília)

Situação do Jogo

Na noite de terça-feira, o San Antonio Spurs foi até New York para enfrentar o Knicks. Em jogo muito parelho, a equipe do Spurs foi derrotada no tempo extra. Já o Pistons, que faz sua pior temporada dos últimos anos, vem de quatro derrotas consecutivas – a última delas para o Milwaukee Bucks. No duelo contra o Pistons, Manu Ginobili deverá ficar de fora novamente; o problema no tornozelo do argentino vem tirando o sono do técnico Gregg Popovich.

Série na Temporada (0-1)

02/12/2009 – Detroit Pistons 89X77 San Antonio Spurs

Naquele dia, o San Antonio Spurs jogou bem durante os três primeiros períodos. Contudo, uma pane no quarto final possibilitou que o Detroit abrisse vantagem e conseguisse o triunfo mesmo jogando em San Antonio. O destaque do elenco texano foi Tim Duncan, que anotou 23 pontos e pegou 13 rebotes.

Fique de Olho

Detroit Pistons

Mesmo em uma das piores temporadas da carreira, Iverson ainda foi lembrado no All-Star Game (Photo by Garrett Ellwood/NBAE/Getty Images)

Mesmo em uma das piores temporadas da carreira, Iverson ainda foi lembrado no All-Star Game (Photo by Garrett Ellwood/NBAE/Getty Images)

Mesmo criticado por muita gente, Allen Iverson ainda é um jogador que deve ser respeitado. Desde que foi trocado para Detroit, o ala-armador não conseguiu desempenhar um grande basquete; no entanto, é sempre bom ficar de olho no baixinho, pois se ele resolver jogar, a parada vai ser dura. Na temporada, médias de 18.0 pontos e 5.2 assistências para ele.