Arquivo diário: 15/02/2009

Tiago Splitter volta às quadras

Tiago Splitter, pivô brasileiro que tem seus direitos da NBA ligados ao San Antonio Spurs, voltou essa semana às quadras após lesão muscular. O TAU Cerámica teve importantes jogos nos últimos dias; recuperou-se na Euroliga mas teve sua histórica campanha invicta na Liga ACB, o campeonato espanhol de basquete, interrompida. Vamos ver então como foram essas partidas:

Os Jogos

08/02/2009 – TAU Cerámica 95 x 69 Bruesa GBC

No dominho passado, a equipe do TAU Cerámica atingiu sua décima sétima vitória consecutiva na Liga ACB ao bater o Bruesa GBC em casa. Após sair perdendo no primeiro quarto, a equipe de Pete Mickeal passeou no segundo e no terceiro períodos e chegou a colocar vinte e nove pontos de vantagem no placar. O citado jogador, aliás, foi o grande destaque do TAU Cerámica na partida, com 23 pontos e seis rebotes. Pelos visitantes, destaque para Andy Panko, com 17 pontos, cinco rebotes e três roubadas de bola.

baskonia.com/es

Ainda machucado, Splitter teve que acompanhar de fora a vitória de sua equipe sobre o Bruesa GBC. Fonte: baskonia.com/es

11/02/2009 – TAU Cerámica 108 x 90 AJ Milano

Na partida mais importante do TAU Cerámica na última semana, a equipe espanhola bateu o AJ Milano em casa e agora encontra-se em situação um pouco mais confortável no seu grupo do Final Four da Euroliga. O primeiro quarto da partida foi bastante equilibrado, e novamente o TAU Cerámica soube decidir o jogo nos segundo e terceiro períodos. Do lado espanhol, o grande nome da partida foi Sergi Vidal, com 26 pontos e quatro rebotes. Pelos visitantes, destaque para Pape Sow, com 25 pontos e cinco rebotes.

baskonia.com/es

Equipe do TAU Cerámica agradece o apoio de sua torcida na "Buesa Arena". Fonte: baskonia.com/es

14/02/2009 – Real Madrid 81 x 79 TAU Cerámica

Na volta de Tiago Splitter, o Real Madrid, atuando em seus domínios, conseguiu uma espetacular vitória diante do TAU Cerámica. Os madrilhenhos entraram no último período perdendo por 16 pontos, mas recuperaram-se no quarto, venceram-no por 28 x 10, com dois lances livres convertidos por Sergio Llull no finalzinho da partida, e conquistaram o resultado positivo, quebrando uma sequência de 17 vitórias consecutivas do TAU Cerámica na Liga ACB. Nem mesmo a boa atuação de Igor Rakocevic, com 25 pontos e seis rebotes, e o retorno de Tiago Splitter, que veio do banco, atuou por pouco mais de 21 minutos, fez 10 pontos e pegou três rebotes foram suficientes para o TAU Cerámica bater o Real Madrid, que contou com a bela atuação de Louis Bullock, com 22 pontos, três rebotes e três assistências.

baskonia.com/es

O retorno de Tiago Splitter não foi suficiente para o TAU Cerámica bater o Real Madrid. Fonte: baskonia.com/es

Situação da equipe

A derrota para o Real Madrid colocou um ponto final na sequência invicta de 17 jogos do TAU Cerámica atuando pela Liga ACB. Porém, a equipe continua tranquila na liderança isolada na competição, com 20 vitórias e apenas dois insucessos. O vice-líder segue sendo o Regal FC Barcelona,com duas derrotas a mais do que a equipe de Splitter.

Na Euroliga, o TAU Cerámica respirou com a vitória sobre o AJ Milano. A equipe agora lidera o Grupo E da segunda fase da Euroliga, com duas vitórias e uma derrota, mesma campanha do Olympiacos e do AJ Milano. Porém, os espanhóis levam vantagem no saldo de cestas; são 37 pontos, contra 26 dos gregos e -14 dos italianos.

Duncan veta vinda de Carter

brunoallstarhv92

Duncan mostrou claro posicionamento quando perguntado sobre a novela Carter (Photo by Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images)

Duncan mostrou claro posicionamento quando perguntado sobre a novela Carter (Photo by Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images)

O All-Star do San Antonio Spurs, o ala-pivô Tim Duncan, se mostrou contra o negócio envolvendo sua equipe e o New Jersey Nets para adquirir o ala Vince Carter. Para ele, seria absurdo trocar ‘meio time’ por apenas um só jogador.

“Sem ofensas ao Vince, obviamente ele é um grande jogador. Adorariamos contar com ele; no entanto, desistir de metade do time em detrimento de um só atleta não faz parte da nossa filosofia”, disse o jogador ao site Hoops World durante as festividades do All-Star Weekend que acontece em Phoenix, Arizona.

Duncan foi enfático nas críticas e disparou mais sobre os rumores: “É uma temporada longa e nós temos jogadores que estão conosco há muito tempo e entendem a maneira como nós jogamos”, disse o ala-pivô. “Adicionar um novo jogador e tentar ensiná-lo com apenas meia temporada pela frente não é a maneira como trabalhamos”, completou. “Meio time por Carter é inviável”, finalizou Duncan.

Injustiça no Torneio de Enterradas

Nesse sábado foi disputado o tradicional torneio de enterradas do All-Star Weekend. O vencedor, pela segunda vez na carreira, foi o armador do New York Knicks, Nate Robinson. E sim, ele fez por merecer – sua enterrada final por cima do pivô Dwight Howard foi simplesmente sensacional. Contudo, é absolutamente insatisfatório e difícil de digerir o parecer dos juízes em relação às enterradas do espanhol Rudy Fernandez.

Rudy Fernandez completa enterrada com ajuda de Pau Gasol; polêmica marcou o torneio de enterradas desse ano (Photo by Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images)

Rudy Fernandez completa enterrada com ajuda de Pau Gasol; polêmica marcou o torneio de enterradas desse ano (Photo by Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images)

Fernandez, acusado de pouco criativo por alguns, deu um show em quadra. Com duas belas enterradas, uma com ajuda do seu compatriota Pau Gasol, ele merecia passar para a final junto com Nate Robinson. No entanto, a fama de D12, aliada ao protecionismo para com os jogadores americanos, contribuiram para o pequeno boicote contra o espanhol. Muitos disseram que Rudy estourou o tempo da segunda enterrada; e daí? All-Star Weekend é show, e, nesse quesito, Rudy Fernandez esteve anos luz de Dwight Howard. Lamentável.

All-Star Game da D-League

Também nesse sábado foi disputado o All-Star Game da D-League – liga de desenvolvimento da NBA. Malik Hairston, atualmente no Spurs, foi convidado para participar do duelo, já que passou grande parte da temporada no Austin Toros – equipe filiada ao Spurs na liga. No entanto, ele ficou de fora da disputa.

Blake Ahearn (.esq) e Courtney Sims (.dir) seguram o prêmio de MVP da partida

Blake Ahearn (.esq) e Courtney Sims (.dir) seguram o prêmio de MVP da partida

No duelo dividido por times azul e vermelho, melhor para os reds, que venceram por 113 a 103. O jogo, que foi bastante disputado, teve dois MVP’s. Um deles, inclusive, já atuou com a camisa do Spurs nessa temporada; trata-se do armador Blake Ahearn. Ahearn terminou o embate com 13 pontos e 13 assistências. O outro eleito como melhor jogador da partida foi o pivô Courtney Sims, que assinou ontem um contrato de dez dias com o Phoenix Suns. Sims anotou 15 pontos e pegou oito rebotes.

Spurs decepcionam no sábado da ASW

Na madrugada de ontem para hoje, deram-se em Phoenix os tradicionais campeonatos de sábado da All-Star Weekend. Das quatro atrações do evento, três contavam com participação de representantes do San Antonio Spurs; porém, nenhum deles sequer passou da primeira fase do que disputou.

Começando pelo Shooting Stars, competição em que um jogador da NBA, um ex-atleta e uma representante da WNBA, todos da mesma cidade, têm de converter cestas de diferentes partes da quadra. Becky Hammon, Tim Duncan e David Robinson entraram em quadra para defender o título por San Antonio. Porém, completando o percurso em um minuto e seis segundos, a equipe ficou na frente apenas do selecionado de Los Angeles (1:16) e ficou de fora da final. Os classificados foram Detroit (59:30) e Phoenix (53:30). O time de Arron Aflalo, Katie Smith e Bill Laimbeer voltou à quadra primeiro, e baixaram seu tempo ao fazer novamente o percurso: pouco mais de 58 segundos para Detroit. Em seguida, a equipe de Phoenix – de Tangela Smith, Dan Majerie e do brasileiro Leandrinho Barbosa – começou muito bem a final, mas teve dificuldades para converter a cesta do meio da quadra e, acertando todas as cestas em um minuto e quinze segundos, deixou o título com a equipe da Conferência Leste.

sports.yahoo.com

Trio de San Antonio composto por Duncan, Robinson e Hammon foi eliminado na primeira rodada do Shooting Stars. Fonte: sports.yahoo.com

Logo em seguida, foi a vez do Skill Chalenge, campeonato em que vários atletas têm que realizar determinadas tarefas que testem suas habilidades. Tony Parker representou o San Antonio Spurs no torneio, mas teve um desempenho muito aquém do esperado; completando o trajeto em 50,8 segundos, foi eliminado juntamente com Mo Williams, do Cleveland Cavaliers, que o fez em 37,5 segundos. Os classificados para a final foram Devin Harris (36,9s) e Derrick Rose (33,3s). Na final, o atleta do Chicago Bulls foi novamente mais rápido; foram 35,3 segundos, contra 39,7 do armador do New Jersey Nets. A cravada na cesta final deu o título em grande estilo para o novato de Chicago.

sports.yahoo.com

Parker foi eliminado na primeira rodada do Skill Chalenge. Fonte: sports.yahoo.com

No Three-Point Shootout, Roger Mason Jr. era grande esperança de conquista para os torcedores do San Antonio Spurs. Porém, com 13 pontos em 30 possíveis, o ala armador foi eliminado logo na primeira fase juntamente com Mike Bibby (14) e Danny Granger (13). Na final, Jason Kapono tentaria o tricampeonato contra Rashard Lewis e Daequan Cook. Porém, com 14 pontos, o jogador do Toronto Raptors viu seus adversários empatarem com 15 tentos e tirarem a chance dele entrar para a história do mini-torneio. No desempate, pífio desempenho de Lewis; com apenas oito pontos, ele deu a vitória de presente para o jogador do Miami Heat.

sports.yahoo.com

Mason foi eliminado na primeira rodada do "Three-point Shootout". Fonte: sports.yahoo.com

Fim do evento, Slam Dunk Contest, a competição mais esperada da noite. Porém, sou todo críticas à edição de 2009; seleção sem graça de jogadores, protecionismo à Dwight Howard e bairrismo em relação à Rudy Fernandez são apenas algumas das reclamações que tenho a fazer. De qualquer modo, parabéns à Nate Robinson, campeão do torneio de enterradas dessa temporada.

sports.yahoo.com

Para encerrar a noite com estilo, o baixinho Nate Robinson conseguiu grande enterrada com ajuda de Dwight Howard. Fonte: sports.yahoo.com