Arquivo diário: 13/02/2009

A história do Spurs no All-Star Game da NBA – Parte 2

No “Passando a Limpo” dessa semana, já no clima do All-Star Weekend, continuaremos a falar sobre a participação dos jogadores do San Antonio Spurs no All-Star Game. Na Parte 1, citamos sobre as participações de 1977 a 89. Hoje, mostraremos os jogadores que estiveram presente dos anos 90 até a última edição, em 2008.

Sean Elliott comemora após converter arremesso decisivo

Sean Elliott comemora após converter arremesso decisivo

Em seu primeiro ano, o pivô David Robinson participou do All-Star Game de 1990. Esteve em quadra por 25 minutos, anotando um duplo-duplo com 15 pontos e 10 rebotes. Escolhido o Novato do Ano na temporada de 89/90, Jogador Defensivo do Ano em 91/92 e MVP da temporada de 94/95, Robinson, entre 1990 e 2001, só não esteve presente no Jogo das Estrelas por uma lesão que o tirou de toda temporada. Teve sua melhor participação em 93, quando marcou 21 pontos e pegou 10 rebotes em 26 minutos de quadra.

Até 1997, apenas o ala Sean Elliott foi convocado para jogar o All-Star Game, em 93 e 96. Elliott foi melhor na sua última participação, quando jogou por 22 minutos, adicionando 13 pontos e cinco rebotes.

As "Torres Gêmeas", Tim Duncan e David Robinson
As “Torres Gêmeas”, Tim Duncan e David Robinson (Fonte: nba.com)

O ala-pivô Tim Duncan teve sua primeira participação no Jogo das Estrelas em 98, na mesma temporada em que foi escolhido o Novato do Ano, jogando 14 minutos e anotando dois pontos e 11 rebotes. De 98 a 2001, Robinson e Duncan, as “Torres Gêmes” como eram conhecidos, estiveram presentes juntos no All-Star Game.

France Press)

Duncan e O'Neal recebendo o prêmio de MVP do All-Star Game de 2000 (Fonte: France Press)

Em 2000, Duncan teve sua melhor participação até o momento. Ele jogou por 33 minutos e fez 24 pontos, pegou 14 rebotes, sendo  sete ofensivos, distribuiu 4 assistências e teve aproveitamento de 85,7% (12-14) dos arremessos de quadra, sendo escolhido, juntamente com o pivô, na época, do Los Angeles Lakers Shaquille O’Neal, o MVP da partida. Tim jogou todos os All-Star Game, até agora, desde que entrou NBA na temporada 1997/98.

O ala-armador argentino Manu Ginobili participou apenas uma vez do Jogo das Estrelas em 2005. O argentino este por 22 minutos em quadra, mas teve uma participação apagada, com apenas oito pontos e três rebotes.

Em 2006 e 2007, o armador francês Tony Parker foi convocado para a reserva do All-Star Game. MVP das Finais de 2006/07, Parker teve sua melhor apresentação na última oportunidade, em que esteve por 24 minutos em quadra e anotou oito pontos e 10 assistências.