Arquivo diário: 08/02/2009

Spurs (34-15) @ Celtics (42-11) – A resposta de Popovich

105X99

Toda a polêmica criada em torno da escolha do treinador Gregg Popovich, do San Antonio Spurs, em poupar seus principais jogadores na derrota para o Denver Nuggets foi devidamente enterrada neste domingo. Ao viajar para Boston, o Spurs enfrentou e venceu o poderoso Boston Celtics, atual campeão da NBA, com um show do ala-pivô Tim Duncan, um dos jogadores poupados por Popovich. A partida foi definida apenas em seus momentos finais, com o ala-armador Manu Ginobili, outro poupado, também sendo decisivo. Foi a resposta perfeita do treinador do time de San Antonio aos críticos.

Duncan e Garnett lideraram suas equipes dentro de quadra (Photo by Getty Images)

Duncan e Garnett lideraram suas equipes dentro de quadra (Photo by Getty Images)

A vitória, no entanto, não veio de maneira fácil. Jogar em Boston já é uma dificuldade a mais a ser encarada por qualquer time que enfrente o Celtics e sua fanática torcida. E, talvez embalados pela força de seus fãs, os jogadores do time da casa conseguiram abrir vantagem mínima no primeiro período disputado. A grande surpresa pelo lado do Spurs era a grande atuação do ala-pivô Matt Bonner, que chutava muitas bolas e pontuava muito acima de sua média. Os primeiros 12 minutos do duelo terminaram com os mandantes vencendo por 23 a 22.

Ginobili tenta jogada em cima de Paul Pierce na vitória do Spurs (Photo by AP Photo)

Ginobili tenta jogada em cima de Paul Pierce na vitória do Spurs (Photo by AP Photo)

A reação do Spurs foi imediata. No segundo quarto de jogo, o time do Texas reagiu e massacrou o adversário, encaixando muito bem seu jogo defensivo e principalmente deixando muito melhor sua transição entre defesa e ataque, fator determinante para que a franquia visitante abrisse vantagem de oito pontos antes de descer para o intervalo em Boston. No final do primeiro tempo do embate, o Spurs vencia com vantagem até certo ponto confortável: 60 a 52.

Porém, todo o bom basquete praticado pelo Spurs no período anterior foi esquecido no terceiro quarto, o único no qual a franquia de San Antonio atuou mal em todo o decorrer do jogo. Perdidos em quadra, os jogadores do Spurs viram os do Celtics dominarem inteiramente esta parte do embate e virarem o placar, incendiando sua fanática torcida. Ao fazer 24 pontos e levar apenas 14 no período, o Celtics foi para o último e derradeiro quarto com vantagem de dois pontos, 76 a 74.

Cestinha do Spurs ao lado de Duncan, Bonner encara Garnett e Rondo (Photo by AP Photo)

Cestinha do Spurs ao lado de Duncan, Bonner encara Garnett e Rondo (Photo by AP Photo)

E foi no último período disputado que a resposta de Popovich foi devidamente entendida. Costumeiramente, o time do Spurs não vai tão bem nessa altura do jogo e inclusive já deixou de vencer algumas partidas na temporada por atuar mal nos últimos 12 minutos de seus duelos. Porém neste domingo foi diferente. Com uma gana de vencer muito grande, o time de San Antonio viu os alas-armadores Manu Ginobili e Roger Mason dominarem ao lado de Duncan as ações do período e sacramentarem a vitória ao, com menos de três minutos para o fim do jogo, levarem sua franquia a uma sequência de 11 pontos sem resposta do adversário. No final das contas, bela resposta de Popovich aos críticos: San Antonio Spurs 105 x 99 Boston Celtics.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 23 pontos, 13 rebotes, cinco assistências e 9-16 nos arremessos de quadra

Matt Bonner – 23 pontos, oito rebotes e 10-17 nos arremessos de quadra

Manu Ginobili – 19 pontos, três rebotes, três assistências e três roubos de bola

Roger Mason – 11 pontos e três rebotes

Boston Celtics

Kevin Garnett – 26 pontos e 12 rebotes

Paul Pierce – 19 pontos e oito rebotes

Ray Allen – 18 pontos

Novos rumores: Sacramento Kings está na mira do Spurs

brunonoticiaspa31

John Salmons aparece na mira do San Antonio Spurs (Photo by Rocky Widner/NBAE via Getty Images)

John Salmons aparece na mira do San Antonio Spurs (Photo by Rocky Widner/NBAE via Getty Images)

Seguindo a onda de rumores envolvendo o San Antonio Spurs, a bola da vez agora é um time da Conferência Oeste; trata-se do Sacramento Kings. De acordo com o Sacramento Bee, a equipe texana estaria interessada em dois jogadores; o ala John Salmons e o pivô Brad Miller.

Segundo a fonte, San Antonio estaria estudando maneiras de concretizar a troca. Uma delas seria envolvendo o já aposentado Robert Horry. De acordo com o site, o Spurs faria um acordo com Horry para em seguida envolvê-lo em uma possível troca envolvendo ou Salmons ou Miller – especialistas acreditam ser essa a única alternativa viável. Vale lembrar que, no plano, Horry também seria dispensado pelo Kings por uma recompensa em dinheiro.

Junto com Horry, outro jogador que deverá sair caso isso se concretize é o ala Michael Finley. Finley tem um contrato expirante de 2.5M e pode ser interessante no plano de reconstrução do Kings. A saída de Salmons, que ganha 5.1M por ano, aliada ao contrato expirante de Finley, abriria um bom espaço na folha de pagamento da equipe para o próximo ano – o que permitiria ao Kings ir atrás de um bom jogador ou esperar para ser agressivo em 2010.

Outro problema que pode interferir no negócio é se o Sacramento achar que a oferta é pouca. Nesse caso, há poucas alternativas a se discutir; as equipes poderiam usar suas escolhas de draft para finalizar a troca.

Primeira derrota no “Final Four”

Hoje, a De Olho Neles estréia em novo horário. Enquanto Bruno Pongas continua cobrindo as garotas do CSKA às segundas-feiras, passarei a falar sobre o TAU Cerámica aos domingos, trocando de dia com a Passando a Limpo.

Nos jogos dessa semana, a equipe espanhola em questão não pode contar com o pivô brasileiro Tiago Splitter, futuro jogador do San Antonio Spurs. Além de estar se recuperando de uma contusão muscular, o atleta teve que lidar com o falecimento de sua irmã. Vamos ver como a equipe se saiu sem ele, um dos seus principais jogadores:

Os Jogos

01/02/2009 – C. B. Granada 86 x 87 TAU Cerámica

Em sua primeira partida na Liga ACB, o campeonato espanhol de basquete, sem Tiago Splitter, a equipe do Tau Cerámica visitou o C. B. Granada e suou para garantir a vitória. Jogando um belo terceiro quarto, a equipe do pivô brasileiro manteve-se no jogo até os últimos segundos, quando Pete Mickeal, com uma enterrada, deu números finais ao jogo. O atleta foi um dos destaques do TAU Cerámica na partida; foram 26 pontos, 11 rebotes, três assistências e quatro roubadas. Igor Rakocevic também foi muito bem; 30 pontos e quatro rebotes para ele. Do lado dos mandantes, boa partida de N. Gianella, com 19 pontos, oito rebotes e três assistências.

Tiago Splitter acompanhou in locus a vitória do seu time

Tiago Splitter acompanhou in locus a vitória do seu time. Fonte: baskonia.com/es

05/02/2009 – Olympiakos 73 x 70 TAU Cerámica

Na última quinta-feira, o TAU Cerámica foi até a Grécia enfrentar o forte time do Olympiakos e conheceu sua primeira derrota em dois jogos pela segunda fase da Euroliga, denominada Final Four. Após um grande primeiro quarto da equipe espanhola, os gregos souberam usar o fator casa para se imporem e saírem com a vitória. Nem mesmo a boa atuação de Igor Rakocevic, com 23 pontos, foi suficiente para o TAU Cerámica bater o Olympiakos, que foi comandando por Terence Greer Lynn, com 21 pontos.

baskonia.com/es

A boa atuação de Rakocevic foi insuficiente para o TAU Cerámica. Fonte: baskonia.com/es

Situação da equipe

Pela Liga ACB, a equipe do TAU Cerámica chegou à décima quinta vitória consecutiva, mantendo-se na liderança isolada da competição. Já pela euroliga, a situação do time é um pouco mais complicada; já com duas partidas disputadas pelo Final Four, o TAU Cerámica soma uma vitória e uma derrota. Desse modo, a equipe encontra-se atrás do AJ Milano, que já coleciona duas vitórias, e empatada com o Olympiakos na segunda colocação.