Arquivo diário: 20/01/2009

Interativo – Spurs @ Bobcats – Temporada Regular

Melhores Momentos de Spurs @ Bobcats – 19/01/2009

Top 10 da Rodada de 19/01/2009

Vejam nossa sessão de fotos do jogo clicando aqui

Spurs (27-13) vs. Pacers (15-26) – Temporada Regular

Pré-Jogo – San Antonio Spurs vs. Indiana Pacers – Temporada Regular

Local: AT&T Center

Data: 20/01/2009

Horário: 23:30 (Horário de Brasília)

Situação do jogo

De volta ao Texas depois de passar uma semana jogando contra adversários da conferência Leste fora de casa, o San Antonio Spurs recebe o Indiana Pacers, equipe peculiar na NBA. O Pacers costuma ser uma franquia que dá muito trabalho para grandes adversários como Detroit Pistons, Los Angeles Lakers, Boston Celtics e New Orleans Hornets. O Spurs deve tomar cuidado com o adversário desta noite, uma vez que a sequência de jogos tem sido grande e o time não é mais tão jovem. Especialista nas bolas de três pontos, o Pacers pode dar trabalho ao Spurs nesta terça-feira.

Fique de Olho

Danny Granger é o comandante do Pacers (Photo by Ron Hoskins/NBAE via Getty Images)

Danny Granger é o comandante do Pacers (Photo by Ron Hoskins/NBAE via Getty Images)

O ala Danny Granger explodiu na NBA nesta temporada. Ótimo no ataque e muito eficiente na defesa, o jogador tem um grande arsenal de jogadas ofensivas, dando ênfase às bolas de três pontos. É a grande arma do Pacers para o futuro que a franquia planeja ser brilhante.

Oeste versus Leste – Parte I

Caros leitores, a NBA começa a chegar no ápice de sua temporada regular e finalmente já podemos falar sobre times que são favoritos ao título sem pestanejar. A peneira que separa equipes que apenas disputarão a pós-temporada daquelas que a disputarão com chances de título começa a ficar com a malha mais fina, sendo cada dia mais seletiva. Usando deste critério, farei uma série de análises colocando sempre franquias do Leste contra as do Oeste, com o objetvo de analisar a sempre tão acesa discussão: “Quem é melhor, o Oeste ou o Leste?”.

A pós-temporada no Leste

Não é de hoje que equipes com campanha negativa se classificam na conferência Leste, e a história não deverá ser diferente nesta temporada. Creio que pelo menos uma equipe com recorde de mais derrotas e menos vitórias estará nos playoffs da conferência. Agora, a realidade é que essa é um tendência que vai diminuindo gradativamente. Para isso, comparemos o passado recente da conferência com o presente: na temporada 2005/06, o Leste criou o campeão da NBA, o Miami Heat, e classificou cinco equipes com campanha positiva (duas passaram com 50% de campanha e uma com campanha negativa); em 2006/07 ,o panorama foi idêntica ao do ano anterior; já em 2007/08, novamente um time do Leste foi campeão, o Boston Celtics, e novamente cinco equipes avançaram com campanha positiva (apenas uma passou com 50% em sua campanha e duas passaram com recorde negativo); até o dia 18 de janeiro de 2009, o panorama na temporada 2008/2009 seria de seis classificados com campanha positiva, um com recorde empatado e outro com negativo caso a temporada acabasse agora. É nítida a melhora dos recordes no Leste, assunto a ser tratado logo após analisarmos o Oeste.

A pós-temporada no Oeste

Se no Leste existiu nas últimas temporadas uma evidente facilidade para se classificar sem a necessidade de campanhas estrondosas, no Oeste a situação é bem diferente. A cada ano que passa, o leque de equipes que entram com chances de se classificar parecia diminuir. Entretanto, tantas equipes foram ganhando escolhas de recrutamento altas por suas baixas campanhas que hoje velhos medalhões estão vendo suas hegemonias na pós-temporada ficar cada vez mais ameaçada. Analisemos do mesmo modo como foi feito com o Leste: em 2005/06, todas as equipes que participaram da pós-temporada na conferência se classificaram com campanha positiva (uma única equipe ficou com 50% de campanha e terminou em nono lugar); na temporada 2006/07, novamente todos os oito classificados do Oeste tiveram recorde positivo e todos os desclassificados tiveram campanha negativa; olhando a temporada 2007/08, novamente a constatação se faz, com todos os classificados tendo campanha positiva. O agravante para esta temporada é que uma equipe que teve mais vitórias do que derrotas acabou ficando em nono lugar, e, consequetemente, eliminada; na atual temporada, até a mesma data na qual foi analisado o Oeste a situação é a mesma: todos os oito primeiros tem campanha com mais triunfos do que revezes e o nono colocado tem recorde positivo.

As melhores campanhas

2005/2006 – Detroit Pistons (Leste – 64 vitórias e 18 derrotas)

2006/2007 – Dallas Mavericks (Oeste – 67 vitórias e 15 derrotas)

2007/2008 – Boston Celtics (Leste – 66 vitórias e 16 derrotas)

2008/2009* – Cleveland Cavaliers (Leste – 31 vitórias e sete derrotas)

* até 18 de janeiro de 2009

O que tudo isso quer dizer?

É evidente que a dificuldade para se passar à pós-temporada no Oeste é muito maior do que no Leste, onde pelo menos uma franquia tem passado com recorde de mais derrotas do que vitórias desde 2005/06 (temporada na qual comecei minha análise nesta coluna). Muitas pessoas utilizam apenas este argumento para dizer que o Oeste se sobressai sobre o Leste; acho que usar apenas isso não torna a discussão tão válida, mas diante de fatos não existem argumentos: o Oeste abre vantagem sobre o Leste por ter uma temporada regular mais competitiva e uma pós-temporada que teoricamente é mais equilibrada.

Placar

Oeste 1 x 0 Leste

Não perca na próxima semana a continuação deste “embate de conferências”.