Arquivo diário: 17/01/2009

Interativo – Spurs @ 76ers – Temporada Regular

Melhores Momentos de Spurs @ 76ers – 16/01/2009


Top 10 da Rodada de 16/01/2009


Vejam nossa sessão de fotos do jogo clicando aqui

Spurs (25-13) @ Bulls (18-22) – Temporada Regular

Pré-Jogo – San Antonio Spurs @ Chicago Bulls – Temporada Regular

Local: United Center

Data: 17/01/2009

Horário: 23:30 (Horário de Brasília)

Situação do jogo

Na última semana, o San Antonio Spurs disputou três jogos; perdeu dois e ganhou um. A derrota para o Orlando Magic foi superada pela bela vitória sobre o Los Angeles Lakers, mas a derrota para o Philadelphia 76ers no último jogo pode pesar no embate contra o Chicago Bulls, que vem de vitória sobre o poderoso Cleveland Cavaliers. Enquanto o Spurs precisa da vitória para se manter entre os líderes do Oeste, o Bulls precisa do triunfo para manter vivo o sonho de buscar a pós-temporada no Leste.

Série na temporada (1-0)

26/11/2008 – San Antonio Spurs 98 vs. 88 Chicago Bulls

O Spurs se recuperava do péssimo início de temporada e não contava com o armador Tony Parker. O ala-pivô Tim Duncan e o ala-armador Manu Ginobili comandaram a vitória do time texano em casa. Mas a grande surpresa ficou por conta do duplo-duplo do armador reserva e novato George Hill. Duncan fez 21 pontos e coletou oito rebotes, enquanto Manu fez 15 pontos, e Hill completou a vitória com 19 tentos e 11 rebotes, além de quatro assistências. Pelo Bulls, o destaque foi o ala-armador Ben Gordon, cestinha do jogo com 23 pontos.

Fique de Olho

Gordon é o cestinha do Bulls. (Foto: Divulgação)

O ala-armador Ben Gordon é o grande cestinha de seu time na temporada, e mesmo depois de passar por alguns problemas na renovação de seu contrato antes de a temporada começar, vem mantendo boas atuações. Caso o Spurs queira anular o ataque do Bulls, a marcação deverá ser eficiente em Gordon.

Seremos campeões?

Amigo leitor, não vou negar que a vitória sobre o Lakers, na última quarta-feira, me deixou muito empolgado. Geralmente, dou como derrota certa embates contra os angelinos na temporada regular, mas, dessa vez, Manu liderou a equipe à uma emocionante vitória atuando em casa.

Ok, tudo bem; o Lakers vinha de uma sequência mais desgastante, tinha problemas de contusão em alguns jogadores da rotação da equipe e atuava fora de casa. Mas acho que quando jogadores do nível de Kobe, Gasol, Bynum, Fisher e Odom entram em quadra, tudo isso fica um pouco em segundo plano e a partida é disputada em sua máxima intensidade.

Manu jogou um basquete que há tempos não se via. Roger Mason, apesar de ter sofrido para marcar Kobe, foi importantíssimo mais uma vez na hora decisiva. Duncan contribuiu como sempre. Parecia que o time tinha se acertado.

Pois então vem a partida de ontem, contra os Sixers, e a equipe da Filadélfia deve estar esperando até agora os Spurs que devem ter visto em quadra dois dias antes. Uma equipe apática, sem poder de fogo e muito menos poder defensivo para contestar os arremessos adversários.

Mason no lugar de Bowen e Bonner na vaga em que antes revezavam-se Oberto e Thomas; o time ganhou poder de fogo mas perdeu muito de sua capacidade de marcação. E alguém aí um dia disse que ataque ganha jogo, mas o que ganha campeonato é a defesa. E esse sujeito ganhou alguns campeonatos; temo que ele tenha razão.

Spurs (25-13) @ 76ers (19-20) – Jogo de um só time

resumokamuskc13

sas487X109phi1 

O San Antonio Spurs, embalado após vitória sobre o Los Angeles Lakers, foi até Philadelphia enfrentar a equipe do 76ers, que vinha de cinco vitórias consecutivas.

76ers

Iguodala fez mais uma grande partida. Foto: Jesse D. Garrabrant/NBAE via Getty Images

O jogo começou feio, com as duas equipes errando bastante e as defesas se sobresaindo sobre os ataques. Logo a equipe de Philadelphia melhorou e conseguiu abrir uma boa vantagem sobre os visitantes, que não demonstravam muita reação. O período acabou com vatagem de 10 pontos para os donos da casa.

76ers2

Tim Duncan anotou mais um duplo-duplo com 20 pontos e 12 rebotes. Foto: Jesse D. Garrabrant/NBAE via Getty Images

O segundo período começou melhor para a equipe de San Antonio. Com uma corrida de 14-0 no começo do quarto, o Spurs conseguiu a virada faltando ainda 8:40 para as equipes irem para o vestiário. Mas o 76ers, embalados por Iguodala, voltou à liderança do placar. Faltando um segundo para acabar o período, Mason acertou uma bola de três que colocou o Spurs apenas quatro pontos atrás, mas Iggy conseguiu devolver na mesma moeda ao acertar um tiro do perímetro no estouro do cronômetro, devolvendo a vantagem de sete pontos para a equipe da casa.

O segundo tempo foi um replay do primeiro, com o Spurs errando bastante e o 76ers abrindo vantagem. Duncan até tentava trazer os visitantes de volta para o jogo, mas o 76ers não deixava que a equipe de San Antonio encostasse no marcador.

No quarto período, com o jogo já definido, as duas equipes colocaram os chamados garbage team em quadra e o jogo acabou com vitória dos donos da casa pela larga vantagem de 22 pontos.

Destaques da partida

San Antonio Spurs

Tim Duncan – 20 pontos e 12 rebotes

Matt Bonner – 13 pontos (3-3 3pt)

Tony Parker – 12 pontos e 6 assistências

Philadelphia 76ers

Andre Iguodala – 21 pontos e 8 assistências

Thadeus Young – 27 pontos

Louis Willians – 14 pontos e 6 assistências