McDonald’s Championship 1999 – Parte 3

No “Passando a Limpo”  extraordinário dessa semana, continuaremos a falar sobre o Campeonato Mundial de Clubes de 1999, o McDonald’s Championship. Na Parte 1 contamos um pouco da história do torneio, e na Parte 2 explanamos sobre o primeiro dia das disputas. Hoje, na terceira parte, falaremos sobre o segundo dia de disputas do campeonato.

Dia 2 – 15 de Outubro

Spalding Three-Point Shootout

Durante o torneio, aconteceu um campeonato de três pontos antes dos jogos semifinais, no segundo dia. E o campeão do torneio foi a ala Jaren Jackson, do San Antonio Spurs. Ele venceu o armador australiano Brett Maher, do Adelaide 36ers, e o ala-armador lituano Donatas Slanina, do Zalgiris Kauna, na rodada final.

Semifinais

Zalgiris Kaunas (Lituânia) 86 X 92 Vasco da Gama (Brasil)

O ala Rogério em grande partida contra o Zalgiris (tripod.com/vascohoje)

O time lituano iniciou a partida muito bem na defesa, e, liderado pelo armador americano Corey Beck, conseguiu uma corrida de 11 a 2, e os fortes jogadores bálticos fecharam o primeiro quarto a frente por 24 a 14. Mas eles permitiram que os brasileiros fizessem uma corrida de 4 a 14 no segundo período e fossem ao intervalo encostados no placar, com 40 a 36.

Na volta, o Vasco, empurrado pelo armador americano Charles Byrd e pelo ala Rogerio Klafke, conseguiram a liderança na partida, porém Beck e o pivô Mindaugas Timinskas, com uma corrida de 13 a 1, colocaram o Kaunas de volta ao controle da partida, e terminaram o terceiro quarto com 60 a 52. Na parte final do jogo, o time brasileiro imprimiu forte ritmo, e, faltando um minuto para o fim da partida, o time até conseguiu a dianteira com 72 a 73. Mas, após alguns pedidos de tempo, e com a cesta final de Slanina, a partida foi para a prorrogação em 76 a 76. No tempo extra, o Vasco iniciou bem anotando, oito dos nove primeiros pontos do período. O Zalgiris até conseguiu reagir, contudo o bom desempenho nos lances livres ajudou o time brasileiro a vencer a partida por 86 a 92.

O Vasco foi liderado pelo ala Rogerio Klafke, com 21 pontos, 19 desses na segunda metade da partida, pelo pivô José Vargas, com 19 pontos e nove rebotes, e pelo armador americano Charles Byrd, que adicionou 18 pontos  jogando 51 minutos dos 53 possíveis no jogo. Pelo Kaunas, o pivô Mindaugas Timinskas anotou 22 pontos e o armador americano Corey Beck fez 19.

San Antonio Spurs (EUA) 96 X 86 Varese Roosters (Itália)

O Spurs foi surpreendido pelo Varese no início com uma corrida de 2 a 13 e forçou o técnico Gregg Popovich a pedir tempo logo no início, mas ele conseguiu mudar pouco a partida e o primeiro quarto foi vencido pelos italianos com apenas 22 a 29. No segundo período, o time americano pouco conseguiu mudar, continuando num jogo parelho com o audacioso time italiano. Até aquele momento, o San Antonio tinha convertido apenas 40% dos seus arremessos em quadra, e foi para o intervalo com a derrota parcial de 44 a 49; a primeira vez que um time da NBA terminou metade de uma partida atrás do placar.

Quando voltou a quadra, o Spurs continuou sendo vencido pelo Roosters até metade do terceiro quarto por 46 a 54. Com a determinação das “Torres Gêmeas”, David Robinson e Tim Duncan, eles conseguiram empatar em 54 a 54, mas com cestas co ala-pivô Glenn Sekunda, os italianos tomaram a frente novamente e fecharam com 60 a 63. No último período, com uma bandeja do armador Avery Johnson, o San Antonio conseguiu a liderança por 81 a 79 faltando 4 minutos para o fim da partida;  a melhora na porcentagem dos arremessos convertidos no quarto, com 65% de acerto, e  uma corrida de 16 a 3 acabaram com a esperança do Varese de conseguir uma vitória histórica.  Assim, o Spurs  conseguiu vencer por 96 a 86.

O San Antonio foi liderado por Johnson, com 18 pontos, pelo ala-armador Mario Elie, com 16 – desses, metade foram marcados no último período – e também pelo ala-pivô Tim Duncan, que adicionou 15 pontos e 16 rebotes. Pelo Varese, o ala Francesco Vescovi anotou 20 pontos e o ala-armador alemão Denis Wucherer adicionou 14. Vejam aqui alguns vídeos da partida.

O armador Avery Johnson, #6, passando pela marcação do armador italiano Gianmarco Pozzecco, #9, do Varese (AP Photo/sportsillustrated.cnn.com)

O armador Avery Johnson, #6, passando pela marcação do armador italiano Gianmarco Pozzecco, #9, do Varese (AP Photo/sportsillustrated.cnn.com)

No “Passando a Limpo” de domingo teremos a última parte sobre o McDonald’s Championship de 1999, falando sobre o último dia do torneio com as disputas de 5º e 3º lugar e a grande final entre o San Antonio Spurs e o Vasco da Gama.

Sobre Glauber da Rocha

Estudante de Direito e torcedor do San Antonio Spurs desde 2007

Publicado em 07/01/2009, em McDonald’s Championship 1999, Passando a limpo. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.