A reforma ortográfica

Hoje, o Na Linha dos Três deixará o basquetebol um pouco de lado para falar sobre a reforma ortográfica por que estão passando todos os países cuja língua oficial é a portuguesa. Para aqueles que não sabem, as novas normas ainda não são obrigatórias, mas já começam a valer em 2009. E, assim como o resto do país, o Spurs Brasil também vai se adaptar à elas. Confira então, a seguir, as principais alterações ortográficas:

1) As letras k, w e y foram incorporadas oficialmente ao alfabeto.

2) A trema continuará existindo apenas em nomes próprios e palavras deles derivadas.

3) Não usaremos mais o hífen quando a primeira parte de uma palavra composta terminar em vogal e a segunda parte começar com uma vogal diferente. Exemplos: extraescolar e autoestrada.

4) Não usaremos mais o hífen quando a segunda parte de uma palavra composta começar com r ou s; trocaremos o sinal de pontuação por uma dobra na consoante em questão. Exemplos: Contrarregra e antissemita.

5) O acento agudo desaparecerá nos ditongos “oi” e “ei” em palavras paroxítonas. Exemplos: ideia e jiboia.

6) O acento agudo desaparecerá nas letras “i” e “u” tônicas que vem depois de ditongos em palavras paroxítonas. Exemplo: feiura.

7) O acento circunflexo desaparecerá em formas plurais dos verbos crê, dê, lê e vê.

8 ) O acento circunflexo desaparecerá em palavras terminadas com “oo”. Exemplo: voo.

9) O acento diferencial, antes usado em duas palavras iguais com significados difrerentes, deixará de existir em palavras como para, polo e pelo.

Essas serão as principais mudanças na ortografia brasileira. Quem quiser uma leitura mais específica, pode procurar na sessão de Educação da Folha Online, que tem matérias interessantes sobre o assunto. Espero que você, leitor, entenda nosso período de adaptação, afinal somos um veículo escrito e sofreremos um pouco nessa transição.

Sobre Lucas Pastore

Um dos fundadores do Spurs Brasil, seu maior orgulho na carreira jornalística. Formado em Jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2010, é editor do LANCE!Net desde 2013, três anos após ter sido estagiário do Diário LANCE!. Neste meio tempo, foi repórter de automobilismo na agência mob36, redator do UOL Esporte e colunista no Basketeria.

Publicado em 03/01/2009, em Na linha dos 3. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Muito legal a iniciativa, queria ver mas tinha preguiça

  2. Legal, foi o melhor lugar que explicou as mudanças, gostei da ideia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 60 outros seguidores