McDonald’s Championship 1999 – Parte 1

Nesta semana, o “Passando A Limpo” será sobre a participação do San Antonio Spurs em um campeonato mundial de clubes, o McDonald’s Championship, em 1999. Tive essa idéia após ver este vídeo da final entre o Vasco da Gama e o Spurs. Essa foi a única oportunidade em que um time brasileiro jogou uma partida contra um time da NBA. Confiram o vídeo com alguns momentos da partida abaixo:

O McDonald’s Championship, que era conhecido até 1993 como McDonald’s Open, era uma competição internacional disputada entre os campeões continentais e um time convidado da NBA, e promovido pela multinacional de fast-food McDonald’s. Na falta de um torneio mundial de basquetebol entre clubes, o campeão desta competição é creditado como o campeão do mundo, porém a FIBA não reconhece o torneio como oficial da federação. As regras do torneio eram uma mistura entre as da FIBA e da NBA. Todos os campeões do torneio eram da NBA.

O torneio nasceu graças aos esforços do comissário da NBA David Stern e  do secretário geral da FIBA na época, Boris Stankovic. Em 1986 , a FIBA explorava a possibilidade de permitir jogadores profissionais de participarem das Olimpíadas, começando em Seul 1988. Porém, não conseguiram aprovar a medida. Então, eles queriam ver como esses estilos de basquete se comportariam se enfrentando.

Sua primeira edição foi em 1987, na cidade de Milwaukee, com a participação do Milwaukee Bucks, a seleção da URSS e o time italiano Tracer Milano, campeão da Euroleague daquele ano. O campeonato foi disputado nos anos seguintes até 1991, quando começou a ser disputado a cada dois anos.

O Spurs participou do último que foi disputado. Participaram do campeonato o campeão asiático S.C. Sagesse, do Líbano, o campeão da Oceania Adelaide 36ers, da Austrália, o campeão italiano Varese Roosters, o campeão da Euroleague Zalgiris Kaunas, da Lituânia, e o campeão da Liga Sulamericana Vasco da Gama, do Brasil.

Na próxima semana, falaremos sobre a participação do San Antonio no torneio.

Sobre Glauber da Rocha

Estudante de Direito e torcedor do San Antonio Spurs desde 2007

Publicado em 28/12/2008, em McDonald’s Championship 1999, Passando a limpo. Adicione o link aos favoritos. 12 Comentários.

  1. Excelente!
    Sem palavras para d3escrever esse artigo!
    Vi o vídeo até o final e uma coisa chamou a atenção. Milton Leite falando: ” A Globo só dá espaço para aquilo que ela transmite”
    e hj ele está nos canais sportv.. o mundo dá voltas, não?
    hahahahha
    abraços aos amigos do spursbrasil e parabens pelo excelente trabalho!

  2. Pedro Lampert

    Muito foda!

    24 a 2 pro Spurs no ultimo período, certo?!

    Show de bola!

  3. Thiago Velloso

    Muito bom !
    Era até covardia , colocar times da NBA para competir com times nacionais/internacionais , ainda mais com MJ , Magic Jonhson, Larry Bird…
    Mas para as outras equipes que participavam do torneio , a experiencia e ate a gloria era grande

    O Milton Leite dizendo que ”a globo só da espaço para aquilo que ela transmite” é uma verdade até hoje e fazendo um link com o artigo “lições para a mídia brasileira” de Lucas Pastore, eis ai outra liçao para todos os meios de comunicaçao do país, aprenderem que mesmo nao sendo do interesse da emissora , jornal , rádio etc existem muitos querendo saber mais então se forem fazer algo que o façam bem feito e não pela metade !

    quanto ao vídeo, sensacional !

  4. Sensacional, tirou do fundo do baú essa. Parabéns!!!

  5. Rafael Proença

    Parabéns ao Glauber! Realmente é sempre muito gratificante lembrar deste McDonald’s Championship de Milão, onde o Vasco, meu time de coração, enfrentou o Spurs, outra agremiação da qual sou torcedor.

    Muitos não sabem, mas esse time do Vasco rompeu barreiras na América do Sul e mundo afora. Tornou-se bicampeão brasileiro, bicampeão da Liga Sul-Americana e bi-campeão do Sul-Americano de Clubes Campeões, de onde obteve o direito de jogar este campeonato na Itália. Nas semifinais, bateu os campeões europeus do Zalgiris Kaunas na prorrogação em grande atuação de Rogério Klafke e Jose “Grillo” Vargas. Na final contra o Spurs, não tinha jeito mesmo.

    Era boa a existência desse tipo de campeonato. Tínhamos a dimensão de como era uma disputa entre um time da NBA e um de fora. Além do que era uma possibilidade de times sul-americanos, e obviamente brasileiros, disputarem um torneio ao lado de grandes forças do basquete estadunidense e europeu.

    Estarei esperando ansiosamente pela parte II deste artigo.

    Abraços!

  6. Não se iluda !Eu li uns comentarios ali q seria covardia nba x fiba.. mas nao se iluda.
    O lakers quase perdeu pro juventud badalona no inicio da decada de 90.
    e no mac q o vasco jogoju a final, a semi, o spurs por muito pouco nao perdeu pro varese q dominou o 4/5 do jogo … dominou duncam e robinson …. e so perdeu por causa dos super arremessadores super experientes dos spurs … mario elie, terry porter q da zona morta acertaram varios de 3 no final do jogo e venceram a partida … o jogo é ujm classico pq foi a primeira vez q um time fiba realmente quase vence um nba ………………

  7. Poo sóo qeriia sabeer qual jogador do vasco usavaa a camisa 9 !!

  1. Pingback: McDonald’s Championship - Parte 2 « Spurs Brasil - O seu site de notícias sobre o San Antonio Spurs

  2. Pingback: McDonald’s Championship 1999 - Parte 3 « Spurs Brasil - O seu site de notícias sobre o San Antonio Spurs

  3. Pingback: McDonald’s Championship 1999 - Parte 4 « Spurs Brasil - O seu site de notícias sobre o San Antonio Spurs

  4. Pingback: Ex-jogador da seleção brasileira relembra duelo com o Spurs | Spurs Brasil

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s