Arquivo diário: 26/12/2008

Interativo – Spurs @ Suns – Temporada Regular

Melhores Momentos de Spurs @ Suns – 25/12/2008

Top 5 da Rodada de 25/12/2008

Vejam nossa sessão de fotos do jogo clicando aqui

Anúncios

Spurs (19-10) @ Suns (16-12) – Roger “Papai Noel” Mason Jr.

91X90Phoenix Suns

Com cesta de três pontos de Roger Mason Jr. ao soar do apito final, o San Antonio Spurs venceu fora de casa o Phoenix Suns em grande partida da rodada especial de Natal, levando assim o time texano à sua quarta vitória consecutiva – chegando à vice-liderança da Conferência Oeste.

Apesar de atuar mal, Roger Mason foi decisivo nos segundos finais. Na foto, comemorando a cesta que deu a vitória ao Spurs (Foto por Barry Gossage/NBAE via Getty Images)

Apesar de atuar mal, Roger Mason foi decisivo nos segundos finais. Na foto, comemorando a cesta que deu a vitória ao Spurs (Foto por Barry Gossage/NBAE via Getty Images)

O Suns começou arrasando; converteu seus cinco primeiros arremessos, enquanto o Spurs errou todos os cinco que tentou abrindo no início 11 a 0.  Na metade do quarto, Amare Stoudemire já tinha dez pontos, enquanto o San Antonio só havia feito seis. Perto do final, o time texano conseguiu se recuperar, e o Phoenix venceu o primeiro quarto por 27 a 18.

Duncan foi dominante; fez 25 pontos e pegou nove rebotes (Photo by Barry Gossage/NBAE via Getty Images)

Duncan foi dominante; fez 25 pontos e pegou 17 rebotes (Foto por Barry Gossage/NBAE via Getty Images)

No segundo, com Duncan chegando a 11 pontos, o Spurs conseguiu encostar no placar; 27 a 29. Após essa recuperação, o Suns conseguiu abrir uma nova vantagem com Shaquille O’Neal, e o San Antonio buscou novamente. O Phoenix foi para o intervalo com 45 a 39.

Na volta, com oito pontos de Tim Duncan, o Spurs conseguiu virar o placar pela primeira vez; 54 a 52. Porém, novamente o Suns conseguiu a dianteira e ficou à frente por 76 a 71. No último período, o Spurs apertou na defesa e fez um quarto disputado com várias trocas de liderança. Faltando 4.3 segundos para o fim da partida, Stoudemire deu um passe para a conclusão de Grant Hill, colocando o Suns à frente com 90 a 88. O Spurs pediu tempo, e quando voltou em quadra, Tony Parker partiu para cesta e passou Hill; quando Jason Richardson foi marcar o armador, ele passou para Mason, sozinho, acertar a cesta de três pontos da vitória no último momento da partida, vencendo por 91 a 90.

O Spurs volta à quadra no sábado, quando joga em casa diante do Memphis Grizzlies.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 27 pontos, 8 assistências e 4 roubos de bola

Tim Duncan – 25 pontos e 17 rebotes

Michael Finley – 12 pontos

Manu Ginobili – 11 pontos

Phoenix Suns

Amare Stoudemire – 25 pontos e 13 rebotes

Shaquille O’Neal – 23 pontos, 12 rebotes e 4 bloqueios

Grant Hill – 16 pontos

Steve Nash – 13 pontos, 8 assistências e 6 erros de ataque

Jason Richardson – 11 pontos

Só alegria na Liga ACB

Nessa semana, a equipe espanhola do TAU Cerámica, onde joga o pivô brasileiro futuro Spur Tiago Splitter, folgou na Euroliga devido às festividades de fim de ano. Desta maneira, atuou apenas pela Liga ACB, o campeonato espanhol de basquete. Vamos ver como foi a partida:

O jogo

21/12/2008 – CAI Zaragoza 84 x 94 TAU Cerámica

Atuando fora de casa, o TAU Cerámica conseguiu mais uma difícil vitória. O jogo foi extremamente parelho nos três primeiros quartos, mas no período derradeiro o melhor elenco da equipe de Splitter fez a diferença. O brasileiro, aliás, foi bem na partida; 15 pontos e três rebotes para ele. Mas o grande destaque da equipe do TAU Cerámica foi, mais uma vez, Igor Rakocevic; 24 pontos e quatro rebotes para ele. Do lado do CAI Zaragoza, destaque para Taurean Green, com 23 pontos e quatro assistências.

baskonia.com
A equipe do TAU Cerámica segue a boa campanha na Liga ACB. Fonte: baskonia.com

Situação da equipe

A vitória sobre o CAI Zaragoza significou a manutenção da liderança isolada da Liga ACB para o TAU Cerámica; são 12 vitórias e apenas uma derrota para a equipe de Splitter. O Unicaja e o Regal FC Barcelona, segundos colocados, têm uma campanha de 10 vitórias e três derrotas.

Mason garante natal gordo em San Antonio

linha3brunocq83

O ala-armador Roger Mason Jr chegou causando pouco alarde em San Antonio e na NBA. Quando Tony Parker e Manu Ginobili estavam lesionados, Mason chamou a responsabilidade e se tornou um dos líderes da equipe dentro de quadra. Com a volta das duas estrelas, o ex-jogador do Wizards perdeu um pouco de espaço, mas continua sendo um atleta que goza de extrema confiança do técnico Gregg Popovich – o que é bastante difícil.

Prova disso foi o jogo de hoje diante do Phoenix Suns. A poucos segundos do final, o veterano Grant Hill finalizou uma jogada que deixou a equipe do Arizona na frente por dois pontos de vantagem. O treinador do Spurs pediu tempo para armar a jogada final, e, surprendentemente, sacou o experiente Michael Finley para colocar Roger Mason – que até então fazia uma partida ruim.

Na volta do timeout, Tony Parker recebeu a bola para armar a rápida jogada; logo o francês encontrou Roger Mason pronto para executar o ponto final. O ato se deu com maestria e deu números finais ao marcador: 91 a 90 para San Antonio. O ocorrido hoje mostrou a grande importância que Mason conquistou dentro do elenco do Spurs; ele pode não ser uma das primeiras opções de ataque da equipe, mas mostrou que é capaz de definir um jogo da mesma maneira que definiriam Duncan, Ginobili ou Parker. Se o dia de natal foi mais feliz em San Antonio, muito deve-se a Roger Mason Jr.

O giro de hoje pela rodada de natal ainda inclui a arrebatadora vitória do Orlando Magic contra o New Orleans Hornets e a quebra da sequência de vitórias do Boston Celtics, que caiu diante do badalado Los Angeles Lakers. Sobre o jogo do Hornets, Chris Paul passou a noite em branco no quesito roubos de bola, e desta maneira interrompeu sua longa sequência de 108 jogos com pelo menos um steal em cada um deles. Em Cleveland, o Cavaliers conseguiu vencer o Washington Wizards apenas no finalzinho do último período. O brasileiro Anderson Varejão foi de fundamental importância no final, quando pegou um decisivo rebote no ataque e logo em seguida sofreu falta, convertendo assim os dois arremessos livres que colocaram o Cavs na liderança do marcador.

É isso, caro leitor. Peço desculpas pelo atraso na coluna de hoje devido às festividades natalinas; de resto, um feliz natal para todos e que em 2009  San Antonio consiga fazer bonito e brigar pelo título até o final. Por hora, Roger Mason merece as honrarias do dia, palmas para ele.