Arquivo diário: 23/12/2008

Interativo – Spurs vs. Kings – Temporada Regular

Melhores Momentos de Spurs vs. Kings – 22/12/2008

Top 5 da Rodada de 22/12/2008

Vejam nossa sessão de fotos do jogo clicando aqui

Anúncios

Interativo – Spurs vs. Raptors – Temporada Regular

Melhores Momentos de Spurs vs. Raptors – 20/12/2008

Top 10 da Rodada de 20/12/2008

Entrevistas após o jogo contra o Raptors com o técnico Gregg Popovich, Roger Mason Jr., Tony Parker e Manu Ginobili


Vejam nossa sessão de fotos do jogo clicando aqui

Spurs (17-10) vs. Timberwolves (4-22) – Temporada Regular

Pré-Jogo – San Antonio Spurs vs. Minnesota Timberwolves – Temporada Regular

Local: AT&T Center

Horário: 23:30 (Horário de Brasília)

Data: 23/13/2008

Situação do jogo

O San Antonio Spurs vem de duas vitórias seguidas, diante de Raptors e Kings, e tenta mais um triunfo em casa. Pela frente, os texanos terão o Minnesota Timberwolves, dono da segunda pior campanha da NBA até o momento, com 22 derrotas e apenas quatro triunfos. Além disso, a equipe vem de uma sequência de 12 revezes, a pior da NBA no momento. O Spurs, jogando pela terceira vez consecutiva em casa, com o apoio de sua torcida, tem tudo para conseguir uma vitória relativamente tranquila.

Fique de olho

Minnesota Timberwolves

Mike Miller ainda é duvida para a partida, passará por exames médicos momentos antes do jogo, mas deverá estar em quadra. O ala vem conseguindo atuações sólidas nesta temporada, e tem médias de 10,7 pontos, 5,9 rebotes e 3,7 assistências. Sua principal arma é o arremesso de longa distância. Ao lado do pivô Al Jefferson, Miller é um dos poucos que vem conseguindo destaque na fraca campanha da equipe de Minneápolis.

Spurs (17-10) vs. Kings (7-22) – Jogo de um período!

resumopandaap22

101X85Sacramento Kings

Confirmando a atual fase dos dois times, o Spurs passou facilmente pelo Sacramento Kings. Após ver o Spurs abrir 11 pontos de vantagem logo no período inicial, o time do Kings desanimou e não chegou a ameaçar a equipe texana pelo restante da partida.

Parker e Duncan observam a fácil vitória do banco de reservas

Parker e Duncan observam a fácil vitória do banco de reservas

Destaque do Kings na temporada, John Salmons tenta a infiltração

Destaque do Kings na temporada, John Salmons tenta a infiltração

Com uma ampla vantagem no placar, o Spurs foi competente e administrou bem os pontos à frente no marcador. Tanto foi assim que o único período em que houve desvantagem no placar para o time texano foi o derradeiro – onde San Antonio perdeu por dois pontos. Devido à definição da partida logo no final do terceiro período, possibilitando assim o garbage time, todo o time do Spurs pontuou, com exceção do armador Jacque Vaughn, que foi o único a não converter nenhum arremesso.

Agora, o Spurs tem compromisso ainda em casa contra o fraco Minnesota Timberwolves – que também vem numa má fase. O Kings pega o irregular Toronto Raptors, que, apesar de não ser uma constante, é um time respeitável.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 18 pontos e 6 assistências

Manu Ginóbili – 10 pontos, 5 rebotes e 3 assistências

Roger Mason – 10 pontos em 18 minutos jogados

Sacramento Kings

John Salmons – 22 pontos

Beno Udrih – 13 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

E se a temporada acabasse hoje…

Leitores do Spurs Brasil,

e lá se foram quase dois meses desde que a bola subiu pela primeira vez na temporada regular 2008/2009 da NBA. Algumas surpresas, alguns recordes quebrados e, é claro, algumas decepções ao longo de pouco mais de um quarto da temporada jogado. Levando em conta este aspecto, permito-me abrir neste espaço uma discussão acerca dos prêmios individuais e coletivos e sobre confrontos de pós-temporada caso David Stern, comissário e chefão da NBA, decidisse que a regular terminaria neste minuto. Vamos lá…

Prêmio Individuais

MVP – Não é nada fácil escolher o melhor jogador de uma temporada com tantos destaques. Nomes como Kobe Bryant, Chris Paul e Dwyane Wade soam com força, mas no momento minha escolha fica para LeBron James. Com médias de 27.4 pontos, 6.7 rebotes e 6.4 assistências por partida, o ala tem levado seu Cleveland Cavaliers à segunda melhor campanha do Leste, surpreendendo muitos críticos. James é o MVP até o momento.

Rookie do Ano –  O leque de opções se torna menor neste prêmio uma vez que vejo apenas os armadores OJ Mayo e Derrick Rose como possíveis candidatos até o momento. Neste momento, a disputa é acirrada, mas escolho Mayo, do Memphis Grizzlies, como novato da temporada até aqui. Suas médias até agora são de 20.3 pontos, 4.0 rebotes e 2.8 assistências. Faço tal escolha pois, apesar de achar o nível dos dois parecido demais, o estilo de jogo de Mayo me agrada mais do que o do jogador do Chicago Bulls. OJ Mayo é o rookie do ano até o momento.

Melhor defensor do ano –  As duas equipes que lideram a conferência Leste – Boston Celtics e Cleveland Cavaliers – são as duas menos vazadas da NBA até o momento. Porém, minha escolha não será oriunda de nenhum destes dois times, mas sim da equipe com a sétima melhor defesa até o momento, o Atlanta Hawks. Falo de Josh Smith, ala com ótima defesa no perímetro e no garrafão e que vem aprimorando a cada partida a arte de dar tocos e conseguir parar adversários. Com 2.0 bloqueios, 1.5 roubadas de bola e apenas 2.9 faltas por partida, Smith é, até o momento, o defensor do ano.

MIP – O prêmio de jogador que mais evoluiu até o momento, para muitos, deve ser do brasileiro Nenê, que superou drama pessoal e voltou a jogar muito bem no Denver Nuggets. Porém, meu prêmio de jogador que mais evoluiu vai para Devin Harris, do New Jersey Nets.  Com médias de 24.4 pontos e 6.7 assistências, o jogador vem liderando o Nets em sua surpreedente campanha e já chegou a anotar 50 pontos em uma só partida. Harris é o MIP até o momento.

Prêmios Coletivos

All-NBA First Team – Chris Paul (New Orleans Hornets), Kobe Bryant (Los Angeles Lakers), LeBron James (Cleveland Cavaliers), Kevin Garnett (Boston Celtics) e Dwight Howard (Orlando Magic).

All-NBA Second Team – Tony Parker (San Antonio Spurs), Dwyane Wade (Miami Heat), Paul Pierce (Boston Celtics), Tim Duncan (San Antonio Spurs) e Chris Bosh (Toronto Raptors).

All-NBA Third Team – Devin Harris (New Jersey Nets), Brandon Roy (Portland Trail Blazers), Danny Granger (Indiana Pacers), Pau Gasol (Los Angeles Lakers) e Al Jefferson (Minnesota Timberwolves).

All-NBA Defensive Team – Chris Paul (New Orleans Hornets), Dwyane Wade (Miami Heat), Josh Smith (Atlanta Hawks), Kevin Garnett (Boston Celtics) e Dwight Howard (Orlando Magic).

All-NBA Rookie Team – Derrick Rose (Chicago Bulls), OJ Mayo (Memphis Grizzlies), Michael Beasley (Miami Heat), Brook Lopez (New Jersey Nets) e Marc Gasol (Memphis Grizzlies).