Spurs (15-8) vs. Thunder (2-23) – Sufoco no final, mas vitória garantida

resumobrunoxo12109X104

Quem viu apenas o primeiro período de San Antonio Spurs e Oklahoma City Thunder deve ter desistido de assistir o resto da partida. De fato, foi um começo de jogo bastante chato em que a equipe texana exerceu amplo domínio e praticamente não deixou seus adversários jogarem. Quem foi persistente e resolveu assistir até o fim presenciou um duelo interessante, apesar do péssimo segundo tempo feito pela equipe do Spurs.

Parker passa pela marcação do novato Russell Westbrook (AP Photo/Darren Abate)

Parker passa pela marcação do novato Russell Westbrook (AP Photo/Darren Abate)

Como já dito, o jogo começou interessante apenas para os torcedores do Spurs. Logo nos primeiros minutos, o ala-pivô Matt Bonner converteu duas cestas de três pontos seguidas e abriu caminho para o passeio de San Antonio no primeiro período. Ao final do quarto, víamos um placar de 39 a 19 para o time da casa e um Thunder bastante desanimado em quadra. No segundo período, o time visitante equilibrou o jogo e até conseguiu reduzir a vantagem – é bem verdade que em apenas dois pontos, mas já foi alguma coisa. Quando o duelo foi para o intervalo, o marcador apontava 18 pontos de vantagem para o Spurs.

Jeff Green comemora após enterrada; ele foi destaque com 33 pontos (AP Photo/Darren Abate)

Jeff Green comemora após enterrada; ele foi destaque com 33 pontos (AP Photo/Darren Abate)

Veio o segundo tempo e com ele uma pane geral nos comandados de Gregg Popovich. Com muitos erros, San Antonio deixou Kevin Durant e Jeff Green jogarem soltos, o que contribuiu para que o Thunder reduzisse a vantagem drasticamente. Juntos, Durant e Green foram responsáveis por 61 pontos da equipe – mais de 50%. Uma coisa que me chamou a atenção foi a pouquíssima variação ofensiva desse time de Oklahoma. Confesso que é o primeiro jogo que assisto deles nessa temporada, mas tenho de dizer que não gostei do que vi – mesmo no segundo tempo, quando eles conseguiram atuar bem melhor que o Spurs.

De volta ao jogo, no último quarto a equipe texana foi amplamente dominada. Contudo, no final do período, o argentino Manu Ginobili sacramentou a partida ao converter uma bandeja e o lance livre após sofrer falta na jogada. A vitória de hoje foi a sexta consecutiva do San Antonio Spurs, que já almeja chegar longe após a volta de Tony Parker e Manu Ginobili. Para tentar o sétimo triunfo seguido, o Spurs viaja até New Orleans na quarta-feira para enfrentar Chris Paul e o Hornets. Já o Thunder, que tem a pior campanha da liga, recebe o Los Angeles Clippers em casa; o jogo acontece amanhã.

Destaques da Partida

San Antonio Spurs

Tony Parker – 22 pontos e 7 assistências

Tim Duncan – 20 pontos, 12 rebotes e 5 assistências

Matt Bonner- 17 pontos e 8 rebotes

Manu Ginobili – 14 pontos, 5 rebotes e 6 assistências

Roger Mason – 14 pontos

Oklahoma City Thunder

Jeff Green – 33 pontos, 4 rebotes e 4 assistências

Kevin Durant – 28 pontos, 13 rebotes e 4 tocos

Nick Collison – 10 pontos, 8 rebotes e 5 assistências

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, escreveu para o Spurs Brasil entre 2008 e 2012, criou o Destino Riverwalk e o podcast Cultura Pop, e agora está de volta ao Spurs Brasil para dar seus pitacos sobre o maior do Texas.

Publicado em 15/12/2008, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.