Surpresas de início de temporada

Início de temporada regular e como sempre as previsões feitas anteriormente não se concretizam totalmente. Times de quem se esperava muito decepcionam e times de quem pouco se esperava surpreendem positivamente.

Três equipes se enquadram bem nesse perfil. A começar com o Atlanta Hawks. A franquia lidera a divisão leste da NBA com seis vitórias e nenhuma derrota, deixando pra trás o gigante Celtics. Desses seis triunfos, três foram contra equipes que figuram entre as oito primeiras de suas conferências (Orlando, New Orleans e Toronto) e estariam classificadas aos playoffs.  Contando com uma equipe competente, com muitos jogadores jovens, como Al Horford (com 10.2 rebotes por jogo), e alguns experientes, como Mike Bibby e Joe Johnson (15.5 e 23.8 pontos por jogo respectivamente), o time que há dois anos era saco de pancadas da NBA tem reagido e se mostrado candidato a entrar na briga.

Por outro lado, duas equipes têm surpreendido por seus péssimos desempenhos nesse início de temporada. Os rivais do Texas, San Antonio Spurs e Dallas Mavericks, começam muito mal a competição. O Spurs é apenas o 11º da conferência oeste, seguido pelo Mavs, 12º. San Antonio sempre contou demais com as boas atuações de seu trio, Parker, Ginóbili e Duncan, mas nunca teve tão pouco apoio a ele. Com a contusão de Ginóbili antes mesmo do início da temporada, a equipe ficou ainda mais perdida. Contando com fracas atuações de seus outros jogadores e perdendo também Parker por alguns meses, a situação parece cada vez pior.

O Dallas Mavericks parece ter o mesmo problema de seu rival. Apenas com as boas atuações de Dirk Nowitzki, as assistências de Jason Kidd e a regularidade de Josh Howard, o time vai tendo um de seus piores inícios dos últimos anos. Com duas vitórias e cinco derrotas, a equipe tem como único resultado expressivo na temporada a ótima vitória sobre o próprio Spurs em San Antonio.

Ambas as equipes texanas precisam de renovação urgentemente. Há anos praticam o mesmo jogo e tem dado certo, mas uma hora os adversários entenderiam e aprenderiam a anular. Aparentemente isso tem acontecido. Talvez devam seguir o exemplo do Atlanta, que com uma equipe jovem tem surpreendido à NBA.

Publicado em 12/11/2008, em Artigos. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.