Arquivo diário: 12/11/2008

Interativo – Knicks @ Spurs – Temporada Regular

Melhores Momentos de Knicks @ Spurs – 11/11/2008

Top 10 da Rodada de 11/11/2008

Vejam nossa sessão de fotos do jogo clicando aqui

Atuação de Hill agrada Gregg Popovich

A ausência do armador Tony Parker devido a uma lesão no tornozelo sofrida pelo jogador foi minimizada pelo novato armador George Hill em sua estréia como titular no San Antonio Spurs. Tais palavras foram concedidas pelo treinador da equipe, Gregg Popovich, após a vitória sobre o New York Knicks na noite da última terça-feira. O jovem foi um dos destaques da equipe ao lado do veterano ala-pivô Tim Duncan.

A boa partida de ontem agradou o técnico Gregg Popovich (Photo by D. Clarke Evans/NBAE via Getty Images)

A boa partida de ontem agradou o técnico Gregg Popovich (Photo by D. Clarke Evans/NBAE via Getty Images)

“George fez até mais do que esperávamos. Ele é um garoto e substituir um jogador como Parker é uma missão que causaria assombros em qualquer veterano, mas ele se saiu muito bem”, disse Popovich. “A atuação dele é um alívio para mim e para o resto da comissão técnica, estávamos desesperados com a ausência de Tony e parece que temos um bom rapaz para atuar nesse meio tempo no qual não contaremos com nosso titular. E o fato de ele ser um novato ainda o blinda de possíveis críticas em caso de atuações menos vistosas. Pode ser que estejamos usando esta ausência de Parker para formar um ótimo reserva para ele. Quem sabe até um substituto num futuro mais distante”.

Hill vem se mostrando cada vez mais entrosado com os companheiros (Photo by D. Clarke Evans/NBAE via Getty Images)

Hill vem se mostrando cada vez mais entrosado com os companheiros (Photo by D. Clarke Evans/NBAE via Getty Images)

Entusiasmo também não faltou ao próprio jogador, que anotou 12 pontos e coletou cinco rebotes na vitória sobre os nova-iorquinos. Hill concedeu entrevista na qual fez o típico discurso do novato que ganha uma chance, agradecendo aos companheiros, à comissão técnica e descartando uma titularidade em um futuro próximo, sempre enaltecendo o titular da posição.

“Realmente acho que as pessoas esperavam que eu não desse conta do recado, mas eu consegui”, afirmou Hill. “Vou trabalhar muito para recompensar a confiança que Pop, o time e a torcida depositaram em mim. Farei de tudo para conseguir vencer aqui no Spurs, mesmo sabendo que quando Tony voltar ele reassumirá sua posição natural, que é ser titular. É um prazer muito grande realizar minha fase de aprendizagem na NBA com esse elenco e essa comissão técnica”.

Popovich comentou também a atuação do veterano ala Bruce Bowen, que pela primeira vez desde sua chegada à San Antonio em 2001, começou uma partida no banco de reservas estando em plenas condições físicas.

“Bruce é macaco velho, ele sabe que não estou preterindo seu jogo”, metaforizou o treinador. “Seu rendimento realmente melhorou e vindo do banco ele fez sua melhor partida. Sem ele como titular, confundimos o adversário e tudo acabou dando certo, mas isso não quer dizer que essa é a nova condição natural dele”.

Surpresas de início de temporada

Início de temporada regular e como sempre as previsões feitas anteriormente não se concretizam totalmente. Times de quem se esperava muito decepcionam e times de quem pouco se esperava surpreendem positivamente.

Três equipes se enquadram bem nesse perfil. A começar com o Atlanta Hawks. A franquia lidera a divisão leste da NBA com seis vitórias e nenhuma derrota, deixando pra trás o gigante Celtics. Desses seis triunfos, três foram contra equipes que figuram entre as oito primeiras de suas conferências (Orlando, New Orleans e Toronto) e estariam classificadas aos playoffs.  Contando com uma equipe competente, com muitos jogadores jovens, como Al Horford (com 10.2 rebotes por jogo), e alguns experientes, como Mike Bibby e Joe Johnson (15.5 e 23.8 pontos por jogo respectivamente), o time que há dois anos era saco de pancadas da NBA tem reagido e se mostrado candidato a entrar na briga.

Por outro lado, duas equipes têm surpreendido por seus péssimos desempenhos nesse início de temporada. Os rivais do Texas, San Antonio Spurs e Dallas Mavericks, começam muito mal a competição. O Spurs é apenas o 11º da conferência oeste, seguido pelo Mavs, 12º. San Antonio sempre contou demais com as boas atuações de seu trio, Parker, Ginóbili e Duncan, mas nunca teve tão pouco apoio a ele. Com a contusão de Ginóbili antes mesmo do início da temporada, a equipe ficou ainda mais perdida. Contando com fracas atuações de seus outros jogadores e perdendo também Parker por alguns meses, a situação parece cada vez pior.

O Dallas Mavericks parece ter o mesmo problema de seu rival. Apenas com as boas atuações de Dirk Nowitzki, as assistências de Jason Kidd e a regularidade de Josh Howard, o time vai tendo um de seus piores inícios dos últimos anos. Com duas vitórias e cinco derrotas, a equipe tem como único resultado expressivo na temporada a ótima vitória sobre o próprio Spurs em San Antonio.

Ambas as equipes texanas precisam de renovação urgentemente. Há anos praticam o mesmo jogo e tem dado certo, mas uma hora os adversários entenderiam e aprenderiam a anular. Aparentemente isso tem acontecido. Talvez devam seguir o exemplo do Atlanta, que com uma equipe jovem tem surpreendido à NBA.

Marbury no Spurs?

noticiasbrunozl91

O problemático Marbury pode ser mais um veterano em San Antonio

O problemático Marbury pode ser mais um veterano em San Antonio

Surge novamente o rumor de que Stephon Marbury poderia se juntar ao San Antonio Spurs. A notícia vem do próprio jogador e foi vinculada no New York Post. Marbury disse que o Spurs é um dos principais interessados em seus serviços e que é também um de seus destinos preferidos.

“Quem não gostaria de jogar por San Antonio?” disse o veterano ao jornal. “Jogar ao lado de Tim Duncan, quem reclamaria disso? É uma grande equipe, muito organizada; eles vencem campeonatos. Têm um grande sistema e eu gosto do Popovich como treinador. Posso jogar tanto de 1 quanto de 2; se eu fosse free agent, sim”, completou o jogador, dizendo que jogaria em San Antonio caso fosse agente livre.

O general manager do Spurs, R.C Buford, disse que procuraria por um armador no mercado após perder Tony Parker por um mês. Caso se juntasse à equipe, Stephon Marbury seria mais um veterano – ele já tem 31 anos. Conhecido por ser um jogador fominha e com problemas extra-quadra, Marbury tem médias de 19.7 pontos e 7.8 assistências na carreira.

Spurs (2-4) @ Bucks (3-5) – Temporada Regular

Pré-Jogo – San Antonio Spurs @ Milwaukee Bucks

Local: Bradley Center

Horário: 23:00 (Horário de Brasília)

Data : 12/11/2008

Situação do jogo

Os Spurs se saíram bem ontem em seu primeiro teste sem Parker e Ginobili; vitória sobre o New York Knicks, a primeira atuando no AT&T Center. Agora, comandados por Duncan, os garotos da equipe terão que continuar mostrando serviço fora de casa contra os Bucks. Se George Hill, Roger Mason, Michael Finley e Bruce Bowen atuarem bem novamente, as ausências dos principais jogadores de perímetro da equipe texana serão menos sentidas.

Fique de olho

imagecache2.allposters.com

Entra ano, sai ano, Redd continua sendo o melhor jogador do Bucks (Fonte: imagecache2.allposters.com)

Com sua canhota certeira, principalmente nas bolas de três pontos, o campeão olímpico Michael Redd lidera a equipe dos Bucks em pontos por jogo; são 21,3 tentos por partida anotados pelo ala-armador. Se Popovich mantiver o último quinteto inicial, Mason e Udoka terão trabalho para minimizar os danos da atuação de Redd.