O possível êxodo europeu

A NBA se acostumou, durante toda sua existência, a ver jogadores de seus times indo jogar basquete na Europa. Jogadores medianos, que dificilmente entravam em quadra, ou que eram jovens demais, eram constantemente contratados por clubes do velho continente e faziam carreira por lá. A lógica para os bons jogadores sempre foi inversa. Muitos saiam da Europa quando começavam a se destacar e iam jogar no melhor basquete do mundo.

Mas essa lógica parece estar ameaçada. Alguns desses jovens jogadores que se destacam na liga européia têm preferido ficar por lá mesmo nos últimos tempos. Jogadores como Dejan Bodiroga, que preferiu construir carreira no Barcelona, Tiago Splitter, que optou por passar mais um tempo na Espanha, acabaram fazendo essa opção pelos salários. Na NBA, há um limite de salários, chamado “Cap Rom”, que cada equipe pode gastar com todo seu elenco, e, se sair desse limite, a franquia é obrigada a pagar uma multa de um dólar à liga por cada um gasto acima do teto salarial.

Com essa norma e com os clubes europeus se organizando cada vez mais e criando estrutura para o basquete, começam a surgir rumores sobre a transferência de grandes jogadores para lá. Em 2010, jogadores como Kobe Bryant, LeBron James, Chris Bosh e Dwyane Wade se tornam free agents, ou seja, ficam sem vínculo contratual com suas equipes. Um dos grandes especialistas de NBA e mentor de Kobe, Sonny Vaccaro, já declarou que acredita que a possibilidade do astro do Lakers deixar a NBA rumo à Europa é grande. Segundo ele, Kobe seria o maior astro da história do basquete europeu, o jogador mais bem pago da história do basquete e arrecadaria como nunca no marketing. Além de poder voltar para os EUA um ou dois anos depois em condições de continuar a carreira.

Talvez o que segure esse astros à NBA seja o nome, o status de estar jogando no melhor basquete do mundo. Mas se esse tipo de transferência se tornar comum, os cofres das franquias darão uma esvaziada e sabe-se lá o que isso poderá ocasionar. O que deve acontecer de fato é o aumento desse Cap Rom, porque senão, a hegemonia da NBA poderá ser ameaçada.

Anúncios

Publicado em 01/10/2008, em Artigos, Um outro olhar. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s