WNBA Playoffs – Só faltou fazer chover

https://i2.wp.com/img127.imageshack.us/img127/4669/resumopongasaa2.png

72X76

Que jogo! Talvez sejam essas minhas únicas e suficientes palavras para definir o duelo de hoje entre San Antonio Silver Stars e Los Angeles Sparks. A vitória foi para o time texano – que pela primeira vez alcança a final da liga – mas o mérito fica por conta da memorável atuação da armadora Becky Hammon. Hammon teve uma noite digna de MVP; anotou 35 pontos – segunda maior marca da história em playoffs – além de pegar sete rebotes e distribuir quatro assistências.

A partida começou feia; os dois times erravam bastante e o primeiro quarto terminou sem grandes emoções. O clima morno continuou até o intervalo, que, ao seu final, sinalizava quatro pontos de vantagem para as visitantes. Foi na volta que o jogo começou a esquentar; ambos os times começaram a acertar, Becky Hammon estava impossível com seu gatilho de três pontos, enquanto a novata Candace Parker lutava para chegar à final da WNBA logo em sua primeira temporada. Faltando 1:57 para o término da partida, a armadora do Sparks – Tameka Johnson – converteu dois lances livres e deixou sua equipe com cinco pontos de vantagem no marcador. Foi então que brilhou a estrela de Hammon; a jogadora empatou o jogo com uma cesta de três pontos à 1:03 do fim.  “Voltamos ao jogo quando as coisas pareciam impossíveis”, disse ela após o triunfo.

Depois de perder sua vantagem, o time de Los Angeles desperdiçou suas duas posses seguintes. Com a chance de atacar para a vitória, Hammon foi à linha de lances livres mais duas vezes e converteu os quatro arremessos que deram números finais ao marcador, 76 a 72. “Tentei derrotá-las a todo custo (…) Isso é repetição; são para esses momentos que se trabalha tão duro como um atleta”, completou a armadora.

Pelo lado das Sparks, o técnico Michael Cooper lamentou a derrota: “Penso que a incapacidade para converter os arremessos decisivos foi chave para a nossa eliminação (…) Quando precisávamos de uma cesta, não conseguimos fazê-la”, disse o desanimado treinador.

Com a vaga garantida, a equipe texana aguarda o vencedor do duelo entre New York Liberty e Detroit Shock. No jogo de hoje, o Detroit fez valer o mando de quadra e empatou a série. O jogo decisivo será disputado amanhã, novamente em Detroit. Vale lembrar que a grande final é disputada em melhor de cinco jogos – não mais em três como nas séries anteriores. 

Destaques da partida

San Antonio Silver Stars

Becky Hammon – 35 pontos, 7 rebotes e 4 assistências

Sophia Young – 18 pontos

Los Angeles Sparks

Candace Parker – 16 pontos, 9 rebotes e 5 assistências

Delisha Milton-Jones- 16 pontos e 10 rebotes

Anúncios

Sobre Bruno Pongas

Acompanha o San Antonio Spurs desde 1998, já escreveu para o Spurs Brasil de 2008 a 2012, criou o Destino Riverwalk e agora volta à velha casa para dar seus pitacos sobre o San Antonio Spurs.

Publicado em 29/09/2008, em Resumo de Jogos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. GO STARS, GO

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s