Arquivo diário: 13/09/2008

Análise dos adversários do sudoeste

WNBA chegando em suas semanas mais emocionantes, times da NBA fazendo seus ajustes finais. Esse deve ser o cenário dos próximos dias do basquetebol norte americano. E, enquanto as Silver Stars vão fazendo bonito no feminino e Gregg Popovich deve estar quebrando a cabeça para encontrar alternativas consistentes para a ausência de Manu nos primeiros jogos, ocupo esse espaço com uma análise sobre o que esperar de nossos rivais de divisão.

Comecemos pelo Dallas Maverrcks, considerado por muitos o principal rival do San Antonio Spurs. Sétimo colocado da Conferência Oeste na última temporada, a equipe conta com Dirk Nowitzki, que dificilmente deixa de apresentar-se de maneira, no mínimo, consistente. Porém, para almejar algo grande na Liga, a equipe dependerá muito do seu armador Jason Kidd. De volta a Dallas desde o fim da temporada passada, o jogador não teve muito tempo para se adaptar, o que levou os Mavericks a caírem logo na primeira rodada dos playoffs. A expectativa é que, durante a temporada, ele cresça de produção, encontre o entrosamento ideal com seus colegas e eleve o nível da equipe.

Temos também o Houston Rockets, o outro rival texano e que contará nessa temporada com um velho conhecido do torcedor dos Spurs; Brent Barry. O ala deve ser uma alternativa para fazer uma interessante dupla de alas com Tracy McGrady; o veterano tem um estilo cadenciado e confia nos arremessos de longe, enquanto T-Mac explora a velocidade e as infiltrações. Porém, a grande contratação da equipe para a temporada é Ron Artest, que, considerado por muitos um jogador problema, se der certo, deve aumentar em muito as esperanças dos torcedores dos Hockets. A equipe ainda conta com o retorno de Yao Ming, lesionado no fim da última temporada, para formar com Luis Scola, jogador que a cada partida me encanta mais, uma respeitável dupla de garrafão.

A sensação da temporada passada, o New Orleans Hornets, conta com o amadurecimento de sua jovem equipe, mas que já alcançou o segundo lugar da Conferência Oeste na última temporada, para sonhar com algo grande nessa temporada. A base ainda foi reforçada, e, o principal jogador da equipe, Chris Paul, recentemente participou da campanha dos Estados Unidos que rendeu a medalha de ouro olímpica; o amadurecimento do atleta é fundamental para que os Hornets possam sonhar com o título.

Por fim, temos o Memphis Grizzlies, mais uma vez candidato a saco de pancadas da equilibrada divisão sudoeste. A equipe tem jovens jogadores de talento, que, no futuro, quem sabe podem render algo de maior para a franquia. Por enquanto, dar mais experiência para jogadores como Marc Gasol, Darrell Arthur e O.J. Mayo é tudo o que a equipe pode fazer.

Esse é o panorama da complicada divisão sudoeste da conferência oeste. Temos aqui, contado com o San Antonio Spurs, quatro equipes de respeito que podem sair da temporada 2008-2009 com o título da Liga.