A história do San Antonio Spurs – A era David Robinson

Por Renan Ronchi

Na parte 1, você viu os primeiros anos do Spurs, desde sua época de Dallas Charrapals, ainda na ABA. Na parte 2, você viu os primeiros anos do Spurs na NBA ao comando de George Gervin, quatro vezes cestinha da liga. Agora, Gervin, em fim de carreira, havia sido trocado para o Chicago Bulls, e o time teria que se virar sem ele. Será que o Spurs conseguiria alguma coisa sem ele? Time para isso ele tinha. Pelo menos no começo.

Na temporada de 1985/1986, o time começou muito bem nos dois primeiros meses, com uma campanha de 19-13. Porém, em dezembro, Johnny Moore sofreu uma contusão que o tiraria da temporada e, consequentemente, da carreira. Embora as médias de 13 pontos fossem baixas, era um jogador extremamente fundamental ao time. Tanto que o Spurs acabou perdendo 10 dos 16 jogos em janeiro e 13 de 15 em março para fechar com um 35-47. Nos playoffs, o time acabou sendo batido sem dificuldade alguma pelo Los Angeles Lakers, em pleno auge na época.

Em 1986/1987, a coisa foi pior ainda. O time fez a segunda pior campanha do oeste, com um 28-54, mas surgiu uma coisa boa nisso tudo. O San Antonio Spurs acabou ganhando a primeira escolha do draft de 1987, que surgiria num dos maiores nomes que a franquia conheceu. O time draftou na primeira escolha o jovem pivô David Robinson, mas ele teria que terminar seu curso na marinha e, portanto, só viria para o time em 1989. No ano de 1988, o time continuava com campanhas pífias à espera de David Robinson. Sobre o comando de Alvin Robertson, o time fez um 31-51 na temporada regular e novamente seria eliminado nos playoffs pelo Lakers, em tranquilos 3 a 0. Em 89, Larry Brown assumiria o comando técnico do time, mas o mesmo faria uma campanha de 21-61 e por pouco não ganhou uma nova primeira escolha de draft.

No final da década de 80, que definitivamente não foi a década do Spurs, o time viria rejuvenecido. Com David Robinson no cargo de pivô, o time adicionou Terry Cummings e em 1989 draftou o ala Sean Elliot para a equipe. Era esperado uma campanha de 50% ou menos de aproveitamento, mas o Almirante, como foi assim chamado pelos seus anos na marinha, mostrou serviço logo no começo. No seu primeiro jogo oficial na NBA, marcou 23 pontos e pegou 12 rebotes. A campanha do time foi um 56-26 que surpreendeu até o fã mais otimista do time. Robinson foi coroado como o rookie do ano e, nos playoffs, deram uma varrida no Denver Nuggets na primeira rodada, mas acabaram perdendo na segunda fase para o Portland Trail Blazers em emocionantes 7 jogos. Era a primeira temporada de sucesso da dinastia que o time iria manter.

Na temporada seguinte, o time acabou perdendo Rod Strickland e Terry Cummings por muito tempo devido à contusões, mas acabou conseguindo um sólido 54-28. Nos playoffs, foi batido pelo Golden State Warriors em 4 jogos. Em 92, Larry Brown acabou saindo e Bob Bass colocou o time em segundo lugar no pacífico, com 47 vitórias, mas o time acabou perdendo de novo no primeiro round, dessa vez para o Phoenix Suns. O ano seguinte seria o último ano da casa do Spurs, a HemisFair Arena, e John Lucas, lenda do New York Knicks, passou a ser o técnico interino. Estava claro a ausência de um bom companheiro de garrafão para o almirante, mas Lucas trabalhou com o mesmo e eles acabaram com um 49-33 na temporada regular. Nos playoffs, finalmente passaram da segunda fase, frente ao Portland Trail Blazers, em 4 jogos. No segundo round, enfrentariam novamente o Phoenix Suns. O time perdeu as duas primeiras partidas, mas na HemisFair Arena o time empatou a série. O jogo 6 permaneceu disputado após o Suns vencer o jogo 5, mas o time acabou sucumbindo com David Robinson errando o arremesso no último segundo, a primeira decepção desse porte em sua carreira.

Em 1994, a coisa finalmente parecia que ia mudar. Diretamente do Detroit Pistons, chegava para ser companheiro do almirante um dos maiores reboteiros que a liga já conheceu, Dennis Rodman. Garrafão renomado, e com casa nova, o Alamodome estava pronto para ver o Spurs ganhar jogos, e assim o fizeram. Com Robinson sendo o cestinha da liga e Rodman o reboteiro, o time fez um sólido 55-27 na temporada regular. Porém, nos playoffs, Dennis Rodman e John Lucas acabaram tendo uma discussão que levaria o Spurs a uma decepcionante derrota nos playoffs para o Utah Jazz em 4 jogos. Tudo parecia levar a uma crise com a suspensão de Dennis Rodman no início da temporada seguinte e com o Spurs começando a temporada com 7-9. Mas a coisa mudou. David Robinson liderou o time a 15 vitórias consecutivas, e acabou ganhando o seu primeiro troféu de MVP. Superaram a crise com pleno sucesso.

Nos playoffs, o Spurs varreu o Nuggets com sucesso. No segundo round, Rodman voltou a ter discussões com o técnico da equipe, mas isso não impediu a equipe de bater o Lakers em 4 jogos a 2. Nas finais de conferência, as discussões internas se agravaram e o time acabou perdendo para o Houston Rockets, também em 6 jogos. Após isso, devido a tantas controvérsias, Rodman acabou sendo trocado para o Chicago Bulls. No próximo post, a era Tim Duncan e a continuação da análise!

Sobre Victor Moraes

Formado em Jornalismo no ano de 2012 pela Universidade Metodista de São Paulo. Fanático por esportes, sobretudo o basquete, passou pela redação do Diário Lance!, trabalhou na Liga Nacional de Basquete e no extinto Basketeria. Se orgulha de fazer parte da equipe do Spurs Brasil desde a criação em 2007.

Publicado em 18/08/2008, em Spurs 35 anos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Otimo artigo. Sou grande fâ do almirante. Passei a gostar do San Antonio por causa dele. Extremamente simpatico e excelente jogador.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.