Arquivo diário: 07/08/2008

Liderança isolada no intervalo pras olimpíadas

linha3brunocq81

Com os jogos olímpicos em pauta, as ligas pelo mundo entraram em um pequeno recesso. Na WNBA não foi diferente; o time americano de basquete é o principal favorito para a conquista do ouro, sendo assim, a parada era inevitável.

Não pretendo julgar se o grande intervalo será prejudicial ou não para nossa equipe, até porque seria muito difícil fazer qualquer tipo de prognóstico a respeiro. Portanto, pretendo apenas me apegar em dados.

Os dados mostram as Stars na liderança isolada, não só da Conferência Oeste, mas também de toda a liga. Foram 27 jogos disputados com 18 vitórias e nove derrotas. Em segundo lugar vem o Seattle Storm (17-9), que tem um jogo a menos e pode empatar na liderança caso vença seu jogo pendente. O badalado Los Angeles Sparks ocupa um módico tercdeiro lugar (15-12). Se os playoffs acabassem hoje, o adversário das Stars seria o irregular Sacramento Monarchs (15-12), quarto colocado na conferência.

Pelo lado leste, mesmo após perder sua principal estrela, a ala Katie Douglas, o Connecticut Sun mantém a ponta com 16 vitórias e dez derrotas. Na sua cola está o New York Liberty (15-10) e o Detroit Shock (16-11). Para fechar as quatro equipes que se classificariam caso a temporada acabasse nessa pausa, o Indiana Fever aparece no quarto lugar com 12 vitórias e 14 derrotas.

Quando a liga voltar do recesso, faltarão apenas sete jogos para o término da temporada regular. Com os playoffs tão próximos, faço uma pequena análise dos nossos próximos adversários e dos possíveis adversários da pós-temporada.

28/08 San Antonio Silver Stars X Phoenix Mercury

Meu Palpite: Vitória

Análise: O Phoenix Mercury não vem num bom ano após ser o campeão da liga. Penny Taylor resolveu não participar dessa temporada pois quis dar prioridade à seleção australiana que disputará os jogos olímpicos. Com a equipe enfraquecida, Diana Taurasi e Cappie Pondexter não têm dado conta do recado, e o Mercury deve amargurar seu ano de atual campeão sem participar dos playoffs.

30/08 – San Antonio Silver Stars X Los Angeles Sparks

Meu Palpite: Derrota

Análise: Jogar for de casa contra o Los Angeles Sparks é pedreira. A equipe de Los Angeles completa, apesar de não estar mostrando seu melhor basquete, ainda é o time a ser batido. Por isso acho que nesse jogo, por ser fora de casa, sairemos derrotados.

05/09 – Los Angeles Sparks X San Antonio Silver Stars

Meu Palpite: Vitória

Análise: As Stars em casa jogam muito bem e dificilmente perdem. Apesar de ser o melhor time da liga, o Sparks também tem suas falhas. A equipe de San Antonio também é muito boa e pode jogar de igual pra igual contra o L.A.

07/09 -San Antonio Silver Stars X Connecticut Sun

Meu Palpite: Vitória

Análise: O Connecticut Sun perdeu sua principal jogadora, como já citado acima no post; mesmo assim, elas fazem a melhor campanha da Conferência Leste. A armadora Lindsay Whalen vem comandando o time na boa campanha. Todavia, vejo os times do lado oeste um nível acima dos adversários.

09/09 – San Antonio Silver Stars X New York Liberty

Meu Palpite: Vitória

Análise: O mesmo caso do Connecticut Sun; o Liberty conseguiu montar um time melhor que na última temporada. Boas escolhas no draft ajudaram na melhora do desempenho. Mesmo assim, o time da grande New York não é páreo para as forças do oeste.

11/09 – Connecticut Sun X San Antonio Silver Stars

Meu Palpite: Vitória

Análise: No fatídico dia 11 de setembro, as Stars enfrentam novamente a equipe do Sun. Como o jogo é em casa, creio que a vitória virá se não houver nenhum imprevisto.

13/09 – Sacramento Monarchs X San Antonio Silver Stars

Meu Palpite: Vitória

Análise: O Sacramento Monarchs é aquele popular time chato. Sempre joga um basquete burocrático e mesmo assim acaba chegando aos playoffs. Nesse ano não deve ser diferente; possivelmente elas ficarão com a última vaga da conferência. A experiente portuguesa Ticha Penichero, junto com a ala Nicole Powell, são os destaques da equipe.

Com as possíveis vitórias no currículo, ficariamos em primeiro lugar na conferência. É bem provável que caso terminemos no topo, o adversário seja o Sacramento Monarchs; nesse possível confronto a vitória seria garantida na minha opinião, já que o Monarchs é chato, mas não é um time muito forte. Em outras circunstâncias, caso meus prognósticos sejam furados, poderiamos enfrentar ou Seattle Storm ou Los Angeles Sparks. São com certeza os outros dois melhores times da liga; contra o Storm, por termos uma melhor rotação e um pouco mais de “gás”, já que o time de Seattle tem o elenco mais velho da liga, acho que conseguiríamos a vitória. Entretanto, contra o Los Angeles Sparks é impossível fazer qualquer tipo de previsão; meu coração de torcedor aposta nas Stars, mas sem dúvidas o Sparks é um excelente time.

Outros póssíveis adversários na primeira rodada dos playoffs poderiam ser Minnesota Lynx e Houston Comets. Apesar do retrospecto negativo contra essas equipes durante a temporada regular, na pós-temporada a história é outra.

Rumores – Pargo próximo de se tornar um Spur

Segunda uma publicação de Nova Orleans, o Hornets não estaria mais interessado em renovar com Jannero Pargo, o que o deixa muito perto de acertar sua ida para o rival San Antonio Spurs. O agente do atleta, Mark Bartelstein, confirmou a informção e declarou: “Nós não entendemos, até uma semana atrás estavamos confiantes que chegaríamos a um acordo com o Hornets, mas algo aconteceu internamente que a postura deles mudou.” O agente ainda disse que haviam alguns interessados em contar com os serviços de seu cliente e que em breve receberiam propostas.

Pargo disse a Bartelstein que estava ansioso para retornar ao Hornets, mas que o Spurs deixou claro que ele teria um importante papel na rotação da equipe, jogando tanto como armador principal quanto como ala-armador. O jogador, na última temporada, obteve médias de 8,1 pontos em 18,7 minutos na temporada regular, e nos playoffs alcançou médias de 10,2 pontos em cerca de 22 minutos por partida.

Pargo, de 28 anos, teria direito a receber 1,08 milhão de dólares na próxima temporada caso continuasse em Nova Orleans, mas optou por sair de seu contrato em busca de uma oferta mais vantajosa nesta off-season. O San Antonio Spurs, que gastou a maior parte de sua Mid Level Exception na contratação de Roger Mason Jr, teria oferecido a Pargo a sua exceção bi-anual que alcança o valor de 1,9 milhão de dólares.

A contratação de Pargo mesmo após a aquisição de Roger Mason Jr pode indicar que o Spurs não renovará o contrato com o experiente ala Michael Finley, o que demonstra a movimentação dos diretores da equipe em busca de renovação, começando pelo banco de reservas.