Arquivo diário: 06/08/2008

Divulgada a tabela de jogos da próxima temporada

A NBA divulgou hoje a lista completa de jogos para a próxima temporada regular. O Spurs estréia na temporada no dia 29 de outubro, uma quarta-feira, jogando em casa contra o Phoenix Suns, às 19 horas no horário do Texas. Clique aqui e confira a tabela completa do San Antonio Spurs.

No dia de Natal, o Spurs enfrentará novamente o Phoenix Suns, só que desta vez jogando no Arizona. A temporada regular se encerra com um confronto contra o New Orleans Hornets, jogando em casa, no dia 15 de abril.

Serão 4 duelos contra as equipes do Oeste, exceto Denver Nuggets, Los Angeles Lakers, Sacramento Kings e Utah Jazz, que serão adversários por 3 vezes. Contra equipes do Leste serão 2 confrontos contra cada uma.

O basquete atual globalizado

A disputa do basquete nos jogos olímpicos desse ano deve ser acirrada e o nível técnico das equipes promete ser alto, o que faz com que a briga pelo ouro seja mais nivelada.

Das doze pátrias participantes, pelo menos seis têm grandes chances de ganhar o ouro. Os EUA, que destoam um pouco dessa competitividade por contarem com os melhores jogadores do mundo; Lituânia, um time forte, que sempre chega como candidata ao título; Grécia, dona de um basquete coletivo impressionante; Espanha, credenciada pelo título mundial; Rússia, campeã européia de 2007; Argentina, atual campeã olímpica. Isso sem mencionar as seleções que podem chegar como surpresa e beliscar uma medalha, como a Alemanha, que possui um forte jogo debaixo da cesta, e a Croácia, que segue o exemplo da Grécia e conta com um ótimo jogo coletivo.

Esse equilíbrio vem crescendo nos últimos tempos. Houve época em que quase todos os torneios de basquete eram vencidos por Estados Unidos ou URSS. Esse basquete atual mais nivelado se deve ao fato de o esporte estar globalizado. Tirando Irã e Angola, que não devem ser adversários à altura dos outros selecionados, todas as equipes contam com jogadores atuando na NBA ou na Europa. Conhecendo e atuando nas melhores ligas de basquete do mundo os jogadores não melhoram apenas tecnicamente, mas também taticamente. Eles trazem para as suas equipes as características do jogo europeu ou norte americano. Com isso, a tendência é que o jogo fique cada vez mais equilibrado e os torneios cada vez mais disputados.

Devem destoar desse equilíbrio os times que não contarem com jogadores nos principais centros do basquete no mundo. Afinal, o fato de Angola e Irã serem apontados como os principais candidatos ao último lugar dos grupos e não terem jogadores atuando nas principais ligas do mundo não é apenas uma coincidência.

Colangelo: Pop seria uma grande escolha para o time americano

https://i1.wp.com/img521.imageshack.us/img521/8131/noticiasglauberth8.png

https://i1.wp.com/images.usatoday.com/sports/nba/_photos/2005-06-23-inside-pop.jpgAntes de contratar Mike Krzyzewski para comandar a seleção americana masculina de basquete, Jerry Colangelo, diretor geral do USA Basketball, considerou contratar o técnico do San Antonio Spurs Gregg Popovich.

“Eu tive de compreender que ele era o cara,” disse Colangelo. “Popovich teria sido uma maravilhosa escolha, mas eu finalmente cheguei à conclusão que Mike era quem eu queria para esse trabalho.”

“Não poderia dar errado das duas maneiras, mas estou orgulhoso da decisão que tomei. Tudo que aconteceu nos últimos três anos endossou isso.”

Popovich era o favorito para o cargo de técnico logo após o “vexame” da conquista da medalha de bronze pela seleção americana masculina nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004. Porém, Colangelo optou pelo lendário treinador da universidade de Duke Mike Krzyzewski.