Arquivo diário: 23/06/2008

EUA convoca time que disputará as Olimpíadas

O diretor geral da seleção americana de basquete, Jerry Colangelo, anunciou hoje, em Chicago, os jogadores que farão parte do elenco norte-americano para a disputa das Olimpíadas de Beijing. A lista não teve surpresas, confira os nomes:

Pivô

Dwight Howard (Orlando Magic)

Ala-pivôs

Carlos Boozer (Utah Jazz)
Chris Bosh (Toronto Raptors)

Alas

Carmelo Anthony (Denver Nuggets)
LeBron James (Cleveland Cavaliers)
Tayshaun Prince (Detroit Pistons)

Ala-armadores

Kobe Bryant (Los Angeles Lakers)
Dwyane Wade (Miami Heat)
Michael Redd (Milwaukee Bucks)

Armadores

Jason Kidd (Dallas Mavericks)
Chris Paul (New Orleans Hornets)
Deron Williams (Utah Jazz)

Os Estados Unidos buscam sua décima terceira medalha de ouro em Olimpíadas, e, na tentativa de apagar o vexame dos últimos jogos, quando foram derrotados pelos argentinos nas semifinais, a seleção base deverá ser a mesma que disputou e venceu o pré-olímpico das Américas, disputado em Las Vegas. Naquele campeonato os titulares foram Dwight Howard, Carmelo Anthony, LeBron James, Kobe Bryant e Jason Kidd.

A minha opinião: Acho que o time dos EUA vem forte e mordido para Beijing. O fracasso em Atenas ainda deve estar entalado na garganta dos americanos, especialmente dos jogadores da atual seleção que estiveram na Grécia em 2004. Por isso, creio que esse ano a medalha de ouro não escapa. Os principais adversários devem ser os mesmos de sempre. A Argentina é sempre uma equipe perigosa; se Ginobili estiver apto á atuar, é forte candidata ao título. Rússia e Espanha, finalistas do último europeu de seleções, têm times fortes e entrosados, sem dúvidas também darão muito trabalho. Outra equipe que eu julgo bastante forte é a Grécia, que deve se classificar com facilidade no pré-olímpico mundial.

Se fosse o técnico americano, meu time ideal seria: Dwight Howard (Pivô), Carlos Boozer (Ala-pivô), LeBron James (Ala), Kobe Bryant (Ala-armador) e Chris Paul (Armador).

Anúncios

J.R. Smith no Spurs?

Após rumores que davam conta de um possível interesse do Spurs pelo pivô do Denver Nuggets, Marcus Camby, a bola da vez agora é o ala-armador problemático J.R. Smith. O ala quase veio para San Antonio em 2006, quando ainda era jogador do New Orleans Hornets. Na época, Smith viria em troca de Brent Barry, mas o negócio acabou não dando certo na última hora.

Smith, apesar de viver muitos problemas fora de quadra, dentro das quatro linhas é muito bom jogador. Resta saber se Popovich iria saber discipliná-lo como faz com o resto da equipe. O que dificulta a vinda dele é o fato do Spurs não possuir grandes moedas de troca, mas, como o Nuggets também já não está muito satisfeito com o desempenho do jogador, talvez ele venha em uma troca à lá Gasol.